Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Quem é Robert Kiyosaki? Conheça o autor best-seller de “Pai Rico, Pai Pobre”

Robert Kiyosaki é empresário, investidor, economista e o autor do clássico “Pai Rico, Pai Pobre”, além de muitas outras obras que ensinam sobre finanças e educação financeira!

perfil
Camille Guilardi Estagiária de Finanças e Investimento

Você já deve ter ouvido falar da obra “Pai Rico, Pai Pobre”, certo? Ela é um clássico das finanças pessoais e foi escrita por Robert Kiyosaki, tendo mais de 26 milhões de cópias vendidas no mundo e gerando discussões até hoje. Entretanto, você conhece o autor?

Robert Kiyosaki é um escritor, empresário, economista e investidor. Dessa forma, seu nome ficou mundialmente conhecido após lançar uma de suas obras mais famosas, “Pai Rico, Pai Pobre”, além de ser um dos defensores do ensino financeiro desde cedo na vida das pessoas.

Continua após a publicidade

Portanto, trouxemos este artigo sobre a vida do escritor e suas principais obras e ensinamentos para lhe inspirar a botar a sua organização financeira nos trilhos. Vamos conferir?

Quem é Robert Kiyosaki?

Primeiramente, vamos conhecer um pouco da história do economista. Robert Toru Kiyosaki nasceu em 1947, no Hawaii, sendo o primeiro filho do acadêmico Ralph Kiyosaki e da enfermeira Marjorie Kiyosaki. Assim, seu sonho sempre foi viajar o mundo todo e conhecer outros mercados, por isso, em 1969, Robert se forma na Academia de Marinha Mercante dos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

Posteriormente, essa formação lhe garantiu um emprego em uma das maiores companhias de petróleo, a Standard Oil Company. Entretanto, após seis meses atuando na empresa, Robert teve que abandonar o cargo para entrar no grupo de Fuzileiros Navais e prestar seus serviços na Guerra do Vietnã, onde ficou até 1974 estudando os meios de liderança das tropas.

Ao retornar, Kiyosaki acabou adentrando o time de funcionários da Xerox, onde aprendeu técnicas de venda. Dessa forma, devido aos conhecimentos adquiridos, ele funda a Cash Flow Technologies, tornando-se um empresário e investidor. Porém, o que realmente fez com que seu nome ficasse conhecido foi a sua carreira como escritor.

Atualmente, Robert Kiyosaki é autor de mais de 30 livros, sendo “Pai Rico, Pai Pobre” o mais conhecido deles, tornando-se sua marca. A Cash Flow, inclusive, é responsável pela licença de publicação da obra. No total, seus livros ultrapassam mais de 41 milhões de cópias, sendo traduzidas para cerca de 40 línguas e circulando por mais de 40 países.

Ademais, também atuou como jornalista ao participar de uma coluna denominada “Por que os ricos se tornam mais ricos?” e fazer uma participação especial na coluna “10 Questions” da Time Magazine. Em ambas, Robert basicamente tirava dúvidas, incentivava pequenos investimentos e comentava sobre a importância da educação financeira ser inserida desde cedo na vida das pessoas.

Continua após a publicidade

Como Robert Kiyosaki ficou rico?

A fortuna de Robert Kiyosaki veio, basicamente, do sucesso do seu best-seller “Pai Rico, Pai Pobre”. Entretanto, é importante mencionar que o mesmo soube aproveitar muito bem todas as oportunidades e portas abertas que o livro lhe rendeu.

Assim, não apenas escreveu e publicou uma obra sobre finanças pessoais, como também passou a dar palestras, seminários e consultorias acerca de temas que envolviam a educação financeira. Além disso, também passou a ter bastante atuação no mundo dos investimentos, onde passou a multiplicar o seu dinheiro ao investir na Bolsa. Ademais, sendo um economista, soube investir bem em imóveis e petróleo.

Mas Robert ainda almejava mais, por isso, ele fundou mais duas empresas: a Rich Dad Company e a Rich Global LLC, ambas voltadas para a educação financeira. Partindo disso, o autor buscava passar adiante os seus princípios acerca da educação monetária ser ensinada desde cedo para crianças e adolescentes. Assim, ele ainda cria jogos que incentivariam os jovens a aprender sobre dinheiro, como o Cash Flow.

Livros de Robert Kiyosaki

Mas, afinal, o Robert Kiyosaki só escreveu “Pai Rico, Pai Pobre”? Por mais que seja sua obra mais conhecida e comentada, o empresário já escreveu cerca de outros 30 livros na área de finanças e educação. Sendo assim, trouxemos os principais livros de Robert Kiyosaki e os seus ensinamentos!

Continua após a publicidade

1) Empreendedorismo não se aprende na escola

Capa de

O livro trata de como é preciso que as pessoas superem os ensinamentos escolares de hoje em dia, que são, em maioria, limitantes. Para Robert, para sair da pobreza é necessário mudar a mentalidade de classe média, livrando-se, assim, de poupanças ruins, dívidas e empregos mal remunerados.

Na obra, o autor busca tratar de exemplos reais e casos de sucesso, além das ferramentas necessárias para que você possa se libertar do conceito de “pessoa pobre” e mudar sua realidade. No mais, a obra costuma ser repetitiva e pode ser polêmica ao tratar, por exemplo, da possível ineficiência do sistema educacional infantil, além do fracasso da previdência e assistência social.

2) Independência Financeira: o guia para a sua libertação

Capa de

Robert começa a obra afirmando que a independência financeira é um desafio e implica na contraposição ao senso comum de que a segurança econômica reside em um emprego estável, afirmando que esta mentalidade impede as pessoas de alcançarem seus objetivos. Assim, o autor resume a questão em quadrantes do Cashflow, onde a sua posição acarreta a sua forma de encarar e gerir as suas finanças.

Dessa forma, retorna com a discussão acerca da educação ao abordar a possível razão de como milionários como Bill Gates e Michael Dell, por exemplo, chegaram onde chegaram se largaram suas faculdades. Afinal, todos abandonaram a segurança do ambiente acadêmico e, atualmente, compõem o grupo de pessoas mais ricas do mundo. Portanto, o livro retrata este enigma e guia você a encontrar a sua independência financeira.

Continua após a publicidade

3) Pai Rico, Pai Pobre

Capa de

O livro “Pai Rico, Pai Pobre”, como já mencionamos, é o mais famoso de Robert Kiyosaki. Assim, ele tem como objetivo principal abrir os olhos da sociedade acerca da necessidade do planejamento das finanças pessoais, principalmente desde a infância.

Para o autor, a questão é simples: os problemas comuns da vida cotidiana podem ser quase todos resolvidos através de uma maior inteligência financeira. Dessa forma, ele inventa a “corrida dos ratos”, uma metáfora para o ciclo de vida financeiro que a maioria das pessoas esta presa, e define que o objetivo pessoal de cada um deveria achar um jeito de fugir da corrida.

Ademais, trata de como cada decisão sua afeta o seu futuro. Todas as suas escolhas dizem se você quer ser rico ou pobre, desde o modo como cria seus filhos até o tipo de investimento que escolhe para a sua vida. O uso de ativos e passivos, por exemplo, é algo constante no livro, que diferenciaria os ricos dos pobres, tendo em vista que os ricos buscam maximizar seus ativos e minimizar seus passivos.

4) Por que os ricos cada vez ficam mais ricos

Capa de

Neste livro, Robert fala sobre a mudança na forma como enxergamos o dinheiro e, diante disso, seria preciso compreender os motivos que levavam as pessoas ricas a ficarem cada vez mais ricas. O autor trata dos impostos afetarem de maneira negativa os pobres ao mesmo tempo que enriquecem quem já tem dinheiro.

Continua após a publicidade

Além disso, também retrata como poupar não é a melhor opção para alcançar a riqueza e como os Estados imprimem cada vez mais dinheiro para não colapsar a economia, o que desvaloriza a moeda e gera crises. Assim, o ponto central do livro gira em torno de os ricos continuarem ricos pois sabem se adaptar às transformações do mundo no que diz respeito ao dinheiro.

Conclusão

Em conclusão, Robert Kiyosaki foi uma pessoa comum, como eu e você, que desde cedo se importou com a própria educação financeira, e, por isso, conseguiu chegar onde chegou. Entretanto, Robert buscou, durante a sua vida toda, democratizar o seu conhecimento e repassar a sua visão acerca da economia do mundo atual.

Suas obras, apesar de gerarem algumas discussões e serem repetitivas, acordaram uma geração para que a mesma prestasse atenção nas próprias finanças. Por exemplo, “Pai Rico, Pai Pobre” que acabou se tornando basicamente um clássico da gestão financeira pessoal. Assim, é importante se atentar aos seus ensinamentos e aplicá-los onde faz sentido dentro da sua organização financeira.

Ademais, conta pra gente o que achou do artigo! Já leu algum livro do Robert Kiyosaki e, se sim, o que achou? Conta pra gente nos comentários, será nosso prazer responder!

Perguntas Frequentes

  1. Como Robert Kiyosaki ficou rico?

    Robert Kiyosaki ficou rico, principalmente, após o lançamento do best-seller “Pai Rico, Pai Pobre”. Porém, soube aproveitar as oportunidades e passou a investir o seu dinheiro, além de abrir a sua própria empresa, tornando-se um empresário e investidor.

  2. Onde Robert Kiyosaki investe?

    Recentemente, Robert Kiyosaki afirmou estar investindo na criptomoeda Bitcoin, além de ouro e prata.

  3. O que é a “corrida de ratos”?

    A corrida dos ratos é uma expressão para o ciclo financeiro cansativo e falho que uma pessoa segue ao longo da vida. Para Robert, as pessoas devem buscar sair da corrida dos ratos para conseguirem ter controle total sobre suas finanças.

  4. O que são passivos e ativos segundo Robert Kiyosaki?

    Para Robert Kiyosaki, ativos é tudo o que pode gerar um retorno em renda para você, como investimentos. Já o passivo é tudo que apenas tira dinheiro do seu bolso, como as despesas.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.