Nota Carioca: veja como se dar bem com o programa de CPF na nota fiscal

Neste artigo, saiba o que é Nota Carioca e como funciona este programa para o consumidor ou empresário do Rio de Janeiro. Veja!

Victor Leitao
Victor Leitão

Nota Carioca: veja como se dar bem com o programa de CPF na nota fiscal

Se você mora no estado do Rio de Janeiro, já reparou que alguns estabelecimentos perguntam se você deseja colocar o CPF na nota fiscal, não é mesmo?

Continua após a publicidade

Talvez o momento corrido não permita, mas seria importante que o vendedor explicasse para quem não sabe que, ao fazer isso, o cidadão pode ter bons descontos em seus impostos e até receber prêmios.

Fazendo isso, ele estaria participando do programa Nota Carioca. É claro que antes ele precisa se cadastrar, mas é muito simples.

Continua após a publicidade

Nós, do iDinheiro, encorajamos todo e qualquer esforço que seja feito para poupar dinheiro, principalmente quando ele gasta poucos segundos do seu dia. Você, pensa assim também? Então continue a leitura para saber mais da Nota Carioca, seus benefícios e outras dúvidas.

O que é a Nota Carioca?

A Nota Carioca, ou Nota Fiscal de Serviços Eletrônico (NFS-e), é uma modalidade encontrada pela Secretaria Municipal da Fazenda do Rio de Janeiro para contribuir com a diminuição da sonegação de impostos na região.

Este benefício é cedido ao cliente que fornece o CPF no ato da compra para o estabelecimento. E em seguida, o empreendedor precisa gerar uma nota fiscal eletrônica, que pode ser consultada no site do governo.

Como se inscrever no programa da nota fiscal carioca

A inscrição no Nota Carioca pode ser feita por meio do aplicativo do celular ou no site do programa.

Continua após a publicidade

Para se inscrever, vai ser preciso preencher o formulário abaixo, criar uma senha de 8 à 10 caracteres e clicar no botão “Enviar Solicitação”.

nota fiscal carioca rj
Cadastro no programa da Nota Carioca

Acesso ao Nota Carioca RJ

Assim que tiver se cadastrado, para acessar o sistema da nota fiscal eletrônica vai ser preciso informar o CPF ou CNPJ e a senha para login. Além disso, é importante que você informe os caracteres que aparecem na imagem.

Esta verificação é uma forma de tornar o seu acesso seguro e garantir que você não é um robô tentando simular o acesso!

nota carioca rio de janeiro
Captcha para dar segurança ao acesso

Como funciona o programa Nota Carioca

Neste bloco, vamos mostrar para você, leitor, como funciona o programa Nota Carioca:

  1. Em primeiro momento, você precisa adquirir algum produto em um estabelecimento comercial na região do Rio de Janeiro que seja participante. No caixa, faça a solicitação para o funcionário incluir o seu CPF na nota caso ele não ofereça.
  2. O funcionário vai emitir a nota com o seu dado para a Receita Estadual. Lembrando que esta nota fiscal é uma garantia que a tributação vai chegar aos cofres do estado do RJ e que tem diversas aplicações para a gestão pública.
  3. Em cada fechamento contábil, o dono do estabelecimento precisa verificar e transmitir todas as notas fiscais eletrônicas emitidas para realizar o cálculo do imposto que precisa repassar ao estado.
  4. Então, ao acessar o site do programa, o cliente tem a possibilidade de acompanhar todas as notas que foram emitidas em seu nome e também seus números para participar dos sorteios mensais.

Viu como é simples o funcionamento deste programa do governo? Além da praticidade, precisamos reforçar sobre os benefícios que ele proporciona tanto para os clientes, quanto para os empreendedores brasileiros. Portanto, sempre que possível, inclua o seu CPF na nota.

Continua após a publicidade

Nota Carioca: por que colocar o CPF na nota?

Ao entrar em um estabelecimento em terras cariocas, provavelmente já deve ter escutado a seguinte frase “CPF na nota? ”.

Todavia, com a falta de conhecimento, muitas pessoas acabam respondendo automaticamente com um sonoro “Não, obrigado! ”.

Mas, existe uma parcela de pessoas que acabam soletrando os números referentes ao cadastro de pessoa física mesmo sem entender o que significa a inclusão do mesmo na nota fiscal.

Esta situação é tão normal pois são poucos estabelecimentos que explicam aos seus clientes os benefícios da inclusão do documento na nota fiscal carioca, não é mesmo?

Continua após a publicidade

Então, basicamente, o CPF na nota tornou-se uma medida do governo de conseguir combater a sonegação fiscal, além de garantir o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

A prática de colocar o CPF na nota também ajuda no combate à pirataria e na tributação fiscal do comércio. Por isso, é muito comum esbarrar com vendedores que insistem na não utilização deste serviço do governo.

Outro ponto que é interessante, e que quase ninguém conhece, é a participação de programas de benefícios do Estado com o Nota Carioca.

Mas para isso, é preciso fazer o cadastro no programa que mostramos acima. Logo depois, basta solicitar no estabelecimento o acrescimento do seu CPF na nota fiscal e você estará participando de sorteios e outros benefícios.

Continua após a publicidade

Para suas finanças pessoais, isso é muito importante. Como você sabe, os impostos brasileiros fazem com que os brasileiros gastem uma boa parte de seus salários anuais só para estarem em dia com tais obrigações.

Nesse sentido, quando você consegue diminuir seus valores, ainda que pouco, já é uma estratégia relevante para suas finanças.

Mulher com um lápis na mão tem a expressão de quem conclui uma boa ideia
Toda economia possível vai ajudar nas suas finanças pessoais

Os benefícios do Nota Carioca para os cidadãos

Como forma de incentivo, o programa carioca oferece algumas vantagens para quem começa a colocar, na prática, o seu CPF na nota fiscal eletrônica.

O primeiro que iremos citar são os descontos. O cliente que incluir o seu CPF na nota pode acumular créditos que podem ser abatidos no valor do IPVA, IPTU ou algum outro imposto.

Continua após a publicidade

Outro benefício é a oportunidade de participar de sorteios e ganhar prêmios que podem chegar até R$1.000.000,00 de reais.

Além disso, os sorteios acontecem mensalmente e as chances de ganhar são proporcionais as vezes que pediu para incluir o CPF na Nota Carioca.

E por último, mas também muito interessante, é a possibilidade de ter uma parte do dinheiro de volta. E aí, já imaginou conseguir uma renda extra por meio da nota fiscal?

FAQ: 7 dúvidas mais comuns do Nota Carioca

1. Como ver o saldo da nota Carioca?

Você pode consultar o saldo da Nota Carioca por meio do site do programa, ou no aplicativo instalado no seu smartphone. Mas para isso, você precisa ter em mãos o seu CPF/CNPJ e a SENHA WEB.

Continua após a publicidade

2. Como recuperar minha senha do Nota Carioca?

Para recuperar a senha de acesso no sistema online do Nota Carioca, vai ser preciso seguir os seguintes passos:

  1. No site do Nota carioca, clicar no menu “Acesso ao sistema” e preencher o seu CPF/CNPJ, o código da imagem e clicar no link “Esqueceu sua SENHA WEB?”;
  2. Você vai precisar informar novamente o CPF/CNPJ e digitar código da imagem e clicar em “Clique aqui”;
  3. Vai ser enviado uma mensagem para o e-mail utilizado no cadastro com as instruções para a criação de uma nova SENHA WEB.

Se por ventura você não tem mais acesso ao e-mail do cadastro, então vai ser preciso fazer uma nova solicitação. E para as pessoas jurídicas (CNPJ), o uso do certificado digital será indispensável para a criação da nova senha.

3. Como deve ser emitida a NFS-e?

A nota Carioca deve ser emitida no aplicativo ou no próprio site da Prefeitura. Esta atividade é de obrigatoriedade dos prestadores de serviços do Município do Rio de Janeiro.

Assim, para emitir a nota fiscal eletrônica, vai ser preciso utilizar a SENHA WEB ou o Certificado Digital.

Continua após a publicidade

4. Onde posso consultar o Regulamento relativo ao sorteio de prêmios?

No próprio site da Nota Carioca, acessando a opção de menu “Ajuda e Orientações” >> “Legislação”.

5. Quem tem direito a participar do Sorteio?

Possui o direito de participar do Sorteio da Nota Carioca, as pessoas que apresentaram o CPF para os estabelecimentos, e em seguida, emitiram a NFS-e.

6. Como proceder para cadastrar uma empresa nova no programa?

Para o programa Nota Carioca, é considerado uma empresa nova, aquela que deu início as suas atividades nos últimos 180 dias.

Então, se a sua empresa se enquadra nesta característica, vai ser preciso criar uma senha WEB que vai estar bloqueada para uso. Isto mesmo! Mas não se assuste pois o desbloqueio é feito no sistema em “Solicitação de Desbloqueio de Senha Web”.

Continua após a publicidade

Na sequência, você vai precisar clicar em “Visualizar solicitação”, imprimir o documento, assinar e reconhecer firma. Em seguida, vai precisar dirigir ao endereço apresentado no documento, com os documentos solicitados.

Os endereços e horários de atendimento encontram-se listados aqui.

7. Quais os benefícios da Nota Carioca para o estabelecimento?

Existem vários benefícios, dentre eles:

  • Redução de custos de impressão e de armazenagem da NFS-e;
  • Dispensa de Autorização para Impressão de Documentos Fiscais – AIDF para a NFS-e;
  • Emissão de NFS-e por meio da internet, com preenchimento automático dos dados do tomador de serviços, desde que conste da base de dados do sistema;
  • Geração automática da guia de recolhimento por meio da internet;
  • Possibilidade de envio de NFS-e por e-mail;
  • Maior eficiência no controle gerencial de emissão de NFS-e;
  • Dispensa de escrituração dos livros Registro de Apuração do ISS – modelo 3 e Registro de Apuração do ISS para a Construção Civil (RAPIS) – modelo 5;
  • Dispensa da apresentação da Declaração de Informações Econômico –fiscais (DIEF).

Conclusão – vale a pena solicitar a Nota Carioca para o orçamento pessoal?

Após a leitura deste artigo, provavelmente você deve ter entendido que a Nota Carioca é muito interessante para as pessoas conseguirem um retorno financeiro por meio dos créditos e sorteios realizados de tempos em tempos.

Entretanto, não podemos deixar de frisar que este retorno é relativamente proporcional a quantidade de pessoas que solicitam a Nota Carioca no determinado estabelecimento.

Portanto, a nossa recomendação é que você comece a criar o hábito de solicitar o CPF em nota o quanto antes, e não deixe de contribuir para disseminação dessas informações compartilhando esse conteúdo.

Além disso, caso você tenha interesse em conhecer outros tipos de Nota Fiscal e dicas de finanças, não deixe de acompanhar o blog do iDinheiro assinando nossa newsletter.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.