Lugares baratos para viajar: Confira dicas e destinos para quem quer economizar!

Você quer viajar barato, mas tem dúvidas de como seguir o orçamento? Veja dicas para seguir o planejamento e ainda aproveitar.

perfil
Camille Guilardi

Com o real desvalorizado, é preciso considerar alternativas de lugares baratos para viajar. Pode parecer uma tarefa desafiadora, principalmente considerando outras questões como as restrições por conta da pandemia de Covid-10. Mas, acreditamos que seja possível colocá-las em prática.

Como? Você pode fazer um mochilão, trocar alguns luxos e escolher destinos mais econômicos. De fato, há várias dicas que podem ser usadas para aproveitar ao máximo as suas férias, um feriado ou até mesmo só um final de semana.

Continua após a publicidade

Assim, basta fazer seu planejamento financeiro, guardar o dinheiro necessário e escolher o local que deseja ir. Então, que tal conferir as recomendações para começar a se programar?

7 dicas de como viajar barato

Para começar, é preciso se organizar. Portanto, mais do que pensar nas finanças, é importante considerar vários fatores, se você quer economizar. Essa é uma tarefa, inclusive, de reflexão, afinal, o que é prioridade para uma pessoa é pouco interessante para outra e vice-versa.

Continua após a publicidade

Por isso, é importante ver o que você prefere para, então, aproveitar a viagem. Entenda o que avaliar nesse processo para fazer a sua escolha.

1. Veja o que você prefere ao viajar barato

O que é melhor: fazer um mochilão ou escolher alguns lugares baratos para viajar? Ficar em um hostel ou abrir mão de alguns passeios pagos para ficar em um hotel?

Pensar sobre esses detalhes ajuda a definir o que fazer. Além disso, é importante considerar o seu orçamento. Para algumas pessoas, gastar R$ 1.000 ou R$ 5.000 é totalmente possível. Para outras, é muito caro.

No entanto, ambos os grupos podem aproveitar uma viagem e achar que ela foi barata. Afinal, o parâmetro de cada um deles é diferente.

Continua após a publicidade

2. Defina seus limites de gastos

Se a ideia é saber como viajar barato, o orçamento precisa ser seguido. Logo, veja quanto pretende gastar, se necessita economizar até o dia da viagem e o que fará para garantir seu planejamento financeiro.

Lembre-se de que o orçamento da viagem deve ser trabalhado de modo igual ao doméstico. Controle os números e prepare-se antes.

Dessa forma, pesquise sobre possíveis gastos anteriores, como visto, passaporte, seguro de saúde e mais. Pela internet, você também tem uma ideia de quanto despenderá com alimentação, hospedagem etc. E, com base nessas informações, ficará mais fácil alcançar seu objetivo e seguir o limite preestabelecido.

3. Escolha as melhores datas

Mais do que escolher países baratos para viajar, vale a pena pensar sobre as datas. Quando você tem filhos, precisa considerar o período das férias escolares.

Continua após a publicidade

No entanto, se você não tem essa restrição, pode aproveitar datas menos procuradas, que costumam ser mais econômicas. Aqui, vale a pena pensar qual é a alta temporada para aquele destino.

Por exemplo, lugares frios têm a alta temporada no inverno. As cidades mais quentes são mais procuradas no verão.

Nesse período de alta temporada, os valores são sempre mais altos, de passagens a restaurantes. Portanto, você gasta muito mais. Por outro lado, é preciso se certificar de que a baixa temporada ainda terá atrativos. De nada adianta ir a um lugar e não ter nada para fazer, certo?

4. Programe-se

Antecipar a sua viagem é uma maneira de economizar. Quando você planeja a sua viagem, compra passagens aéreas antecipadas, que tendem a ser mais baratas.

Continua após a publicidade

Da mesma forma, reserva os hotéis com o melhor custo-benefício. Assim, você deixa de ficar com aqueles menos procurados, que tendem a ser mais caros.

Com a programação, você também tem a chance de procurar os melhores locais para passear e se alimentar. Desse modo, reduz um pouco mais os custos.

5. Busque as melhores opções de hospedagem

Um dos principais gastos com viagens é a hospedagem. Mas você também pode economizar com essa categoria. Atualmente, existem várias formas de fazer isso:

  • hostel: são mais baratos do que os hotéis e têm quartos compartilhados ou únicos. Costumam ser mais simples, mas são uma alternativa bastante viável. Em muitos casos, incluem internet e café da manhã;
  • bed and breakfast: é uma modalidade comum em alguns países. Consiste em alugar um quarto na casa de alguém. Você tem o café da manhã incluído na diária;
  • couchsurfing: é um serviço que consiste em encontrar um sofá para dormir na casa de alguém. É um projeto com mais de 1 milhão de membros em mais de 180 países e territórios;
  • aplicativos de aluguel de casas e apartamentos: oferece uma série de imóveis que você aluga por um tempo e consegue economizar. Há vários apps, sendo o AirBnB um dos mais famosos;
  • hotéis: é possível encontrar desde os mais simples até os 5 estrelas. Tudo depende do seu orçamento e das suas preferências;
  • pousadas: podem ser caras ou baratas, mas costumam oferecer alguns atrativos diferentes dos hotéis, como um contato maior com a natureza.

De qualquer maneira, vale a pena pesquisar as opções disponíveis e encontrar um lugar que atenda às suas necessidades. Vale a pena escolher um lugar perto dos pontos turísticos, para evitar gastos com deslocamentos.

Continua após a publicidade

6. Evite gastar muito com alimentação

Tenha cuidado com o total que vai gastar com restaurantes. Muitas vezes, vale a pena fazer apenas algumas refeições fora. No resto dos dias, prefira cozinhar, comer um fast food ou até algo do supermercado. Outras dicas são:

  • caso viaje entre uma cidade e outra, opte por levar um sanduíche simples;
  • tome café da manhã em alguma padaria, se o hotel não oferecer essa opção de graça;
  • peça sua comida para viagem. Em muitos países da Europa, a refeição é mais barata dessa forma;
  • embale o que não comer para viagem. Essa é uma tática válida para economizar, especialmente nos Estados Unidos, onde as porções são grandes.

7. Cuide com o tamanho da sua mala

Acredite ou não, o tamanho da sua vagem influencia os seus gastos na viagem. Geralmente, se você leva uma mala pequena, gasta menos, porque não tem espaço para guardar as compras na volta.

um óculos com fotos ao lado e um caderno com lápis. No fundo, um mapa, que simboliza uma pesquisa por um destino para viajar
Ao pesquisar, você tem mais chance de viajar barato.

Lugares baratos para viajar

Agora que você viu quais são as boas práticas para viajar de forma econômica, chega o momento de definir o melhor destino. Existem várias opções, tanto no Brasil quanto no mundo.

Para você ter uma ideia, as opções de lugares para viajar barato podem surpreender. De quebra, você conhece mais uma cultura e tem a chance de sair daqueles destinos tradicionais.

Continua após a publicidade

Então, que tal ver algumas ideias? Confira as opções, divididas pelo mundo e pelo Brasil.

Lugares baratos para viajar no mundo

Viajar para outro país de forma econômica é desafiador. Mas existem boas alternativas de passeios.

Além das dicas já apresentadas, você ainda pode procurar cupons em sites de compra coletiva e fazer outras pesquisas para ajudar nessa empreitada. De toda forma, existem alguns países baratos para viajar. Que tal ver quais são eles?

Países mais baratos para viajar

Para aproveitar bem sua viagem, vale a pena sair dos destinos mais tradicionais. Nada de Estados Unidos, Itália ou Alemanha.

Continua após a publicidade

O foco para economizar é conhecer países diferenciados. Ainda assim, eles são lindos, têm muita cultura e passeios a oferecer. Veja algumas opções!

Indonésia

É formado por 17 mil ilhas e é muito barato. Os lugares mais famosos são Sumatra, Bali e Comodo.

Além de serem paradisíacas e terem um toque místico, as ilhas indonésias oferecem hospedagens e voos baratos. Tanto é que você pode gastar cerca de 40 dólares por dia com alimentação, hospedagem e compras.

paisagem da Indonésia em que aparece o mar e uma espécie de ponte com turistas. Do lado esquerdo há vegetação e apenas o topo de construções em estilo indonésio
Egito

Já pensou em visitar as pirâmides? O Egito traz essas belezas e muitas outras, como a Mesquita de Muhammad Ali, o Vale dos Reis e o Templo de Luxor.

Continua após a publicidade

O turismo é um dos principais focos da economia local. O país recebe, em média, 9 milhões de visitantes ao ano.

Um dos motivos são os preços. Para você ter uma ideia, é possível gastar apenas 35 dólares por dia por pessoa.

esfinge do egito com uma pirâmide atrás
Índia

Pode ser caótico, mas o país tem muito a oferecer. Por lá, também é possível economizar muito, já que transporte, comidas de rua e hospedagem são baratos.

O máximo que você vai gastar é 40 dólares por dia — isso se optar por ter luxo.

Continua após a publicidade

templo bada bagh da Índia
Nepal

Tem a Cordilheira do Himalaia e muitos outros atrativos, como trilhas, escaladas e atividades espirituais. Ainda assim, é um dos destinos baratos para viajar.

Na capital, Katmandu, você pode gastar apenas 25 dólares por dia por pessoa. Nesse valor estão incluídos passeios, guias, hospedagem e alimentação.

cordilheira ao fundo com o sol nascendo e várias bandeirinhas coloridas na parte da frente da foto
Polônia

Quer ir para a Europa? A Polônia é uma opção barata de viagem. O país tem muitas opções culturais e históricas.

Inclusive, você encontra castelos, cidades medievais, muitas cervejas artesanais e montanhas. O gasto médio por dia é de 45 dólares por pessoa, já com hospedagem e alimentação.

Continua após a publicidade

cidade velha de Varsóvia, na Polônia,
Laos

localizado entre a Tailândia e o Vietnã, o Laos fica na Ásia. Apesar de ser pouco procurado, tem paisagens maravilhosas, já que 70% do território é composto por montanhas e florestas tropicais.

Uma das principais curiosidades são os elefantes e os templos espirituais. Eles são até mesmo utilizados como transportes. O melhor é que você gasta cerca de 30 dólares por dia, com tudo incluído.

estatua budista dourada em Laos com uma figura central e outras 4 reverenciando a que está em evidência
Honduras

Com praias paradisíacas e valores baixos, Honduras fica na América Central e é banhado pelo mar do Caribe. Por lá, você vê muitas praias, florestas e montanhas.

Ainda tem mais. O país tem grandes atrações históricas e culturais, inclusive por ser o maior sítio arqueológico da civilização maia.

Continua após a publicidade

Para visitar, você consegue gastar cerca de 35 dólares por dia por pessoa. Os gastos incluem alimentação, turismo e hospedagem.

ruínas maias em Honduras
Marrocos

Situado no norte da África, o Marrocos é um país árabe e barato. Você conhece muitas mesquitas, comércios tradicionais, montanhas maravilhosas, praias e gastronomia diferenciada.

Em uma viagem, você gasta aproximadamente 40 dólares por dia. É possível desembolsar um valor maior. Tudo depende do que você busca.

cidade de marrocos com paisagem ao fundo. Tudo em cor de barro e sem destaques
Bolívia

Mais perto do Brasil, a Bolívia é um dos lugares para viajar barato. Esse país é ideal para quem gosta de aventuras e tem bom condicionamento físico.

Continua após a publicidade

Os principais passeios incluem trilhas, escaladas e viagens de ônibus. Tudo isso mais alimentação, transporte e hospedagem fica por volta de 25 dólares por dia por pessoa.

Lago de Sal na Bolívia com montanhas ao fundo
Tailândia

Oferece praias paradisíacas, gastronomia exótica e muita espiritualidade. Tem santuários milenares, como o Wat Pho, o Buda Reclinado.

A gastronomia também é maravilhosa e chama a atenção dos visitantes. Os custos com alimentação, hospedagem, compras e transporte interno ficam em torno de 35 dólares por dia por pessoa.

praia com águas cristalinas na Tailândia com um barco perto da areia. Ao fundo, montanhas e, na parte da frente da foto, vegetação.

Lugares baratos para viajar no Brasil

Se você não quer gastar em dólar devido à desvalorização do real, saiba que também há vários lugares baratos para viajar no Brasil. O turismo interno pode ser uma boa saída para conhecer outros locais e suas culturas.

Continua após a publicidade

Então, que tal ver algumas ideias de passeios econômicos? Confira as alternativas!

Porto Seguro

A cidade baiana fica perto do Sudeste e é bastante procurada para turismo. Para economizar, vale a pena ficar no centro de Porto Seguro, que é longe das praias.

É possível visitar outros lugares por meio de transporte público. Você ainda pode visitar Trancoso e Arraial d’Ajuda, que ficam próximos.

A média de gastos por dia por pessoa chega a R$ 160.

parte da cidade de Porto Seguro, com o mar e um banco de areia com vegetação ao fundo

Maragogi

A cidade alagoana é um dos melhores destinos para viajar barato. Além das águas cristalinas, oferece diferentes opções de hospedagem.

É um lugar para relaxar. Apesar disso, as passagens aéreas podem ser um pouco salgadas. Por isso, vale a pena pesquisar. A média por pessoa é de R$ 190 por dia.

Continua após a publicidade

praia de Maragogi com o mar e barcos ao fundo e um coqueiro na frente

Cabo Frio

É um lugar barato para viajar e ainda fica perto de outras cidades conhecidas, como Búzios, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Araruama.

Como fica no Sudeste, é possível economizar na passagem aérea. Além disso, as praias são de fácil acesso. O gasto por dia é de cerca de R$ 130 por pessoa.

Mar em Cabo Frio com montanhas e vegetação ao fundo e um barco a vela no meio

Foz do Iguaçu

Quer conhecer uma das 7 maravilhas da natureza? Ela está aqui no Brasil, mais precisamente em Foz do Iguaçu.

As Cataratas são lindas e valem muito a pena. Você ainda aproveita as belezas do parque, com muitos animais, e pode passear de bote em meio às águas do rio Iguaçu.

Continua após a publicidade

O momento mais marcante é quando o bote chega próximo à Garganta do Diabo, o maior salto com 150 metros de largura e 80 metros de altura.

Na cidade de Foz do Iguaçu, você ainda pode ir para Punta del Este, no Paraguai, e para Puerto Iguazú, na Argentina.

O transporte público na cidade paranaense é eficiente e você paga pouco. A média de gastos por pessoa é de R$ 210 por dia.

Quedas das Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, com o rio na frente e um arco-íris

Chapada dos Veadeiros

É um dos destinos para viajar barato, porque os passeios são muito acessíveis. As trilhas são autoguiadas ou fáceis. Além disso, o valor de entrada fica em até R$ 30 por pessoa.

Continua após a publicidade

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros também é barato e não requer guias. O ponto negativo é que não existem muitos passeios em grupo.

Por isso, é importante ter um carro à disposição. Ainda assim, você gasta em média R$ 202 por dia por pessoa.

rio com pedras na chapada dos veadeiros

Ouro Preto

A cidade mineira tem muita história. Lá, você encontra obras de Aleijadinho, como a fachada da Igreja de São Francisco de Assis. Além disso, Ouro Preto também foi o centro da Inconfidência Mineira e tem o museu que conta essa história.

Apesar de boa parte parte dessas atrações serem cobradas — inclusive igrejas —, o valor é baixo. Você ainda pode acrescentar um guia. Ainda existem outros museus, como a Casa de Tomás Antônio Gonzaga, um dos escritores mais ilustres que já viveu no Brasil.

Continua após a publicidade

Você ainda pode fazer uma mina de ouro da região e ir para outras cidades próximas, como Mariana e Ouro Branco. A média de gastos por dia fica em R$ 170.

cidade de Ouro Preto com a igreja em destaque no topo do morro

Barreirinhas

A cidade fica nos Lençóis Maranhenses e é difícil de chegar. Por isso, os valores ainda são baixos.

Apesar disso, Barreirinhas oferece ótima infraestrutura. Ainda tem muito a fazer para aproveitar as praias com águas cristalinas.

A média de gastos diários por pessoa é R$ 215.

lençóis maranhenses que ficam em Barreirinhas

Guarapari

A cidade do Espírito Santo tem mais de 50 praias e muitas opções de passeios. A infraestrutura é excelente, mas prepare-se: há muitos turistas por lá.

Continua após a publicidade

Uma dica é curtir os mirantes das praias mais centrais. A média de gastos por pessoa é de R$ 190 por dia.

praia central em Guarapari, no Espírito Santo. A imagem mostra areia, mar e os prédios ao fundo

Bento Gonçalves

Se você curte um friozinho ou quer fazer um turismo voltado para os vinhos, Bento Gonçalves é uma ótima opção. Próxima a Gramado e Canela, é um destino bem mais barato para viajar.

Vale a pena ter um carro para se locomover para as cidades citadas e também para outras, como Garibaldi. Em toda a região, você encontrará muita comida italiana, vinhos, uvas e passeios românticos.

A média de gastos por dia é de R$ 260 por pessoa. No entanto, pode ficar mais caro se você optar por ir a várias vinícolas ou fazer o passeio na Maria Fumaça.

Continua após a publicidade

área rural em Bento Gonçalves, com muitas parreiras, uma estrada de pedras e e casas ao fundo

Cambará do Sul

A cidade-sede do Parque Nacional Aparados da Serra conta com os maiores cânions do Brasil. O principal é o do Itaimbezinho, com 5,8 km de extensão e 720 metros de altura.

O parque ainda tem muitas trilhas, cachoeiras, vales e uma fauna diversificada. Tem até lobos-guará e jaguatiricas. Por lá, você também pode sentir o frio característico do Sul.

Entre os atrativos estão os próprios cânions, os passeios a cavalo, a natureza e a gastronomia típica gaúcha, inclusive com churrasco em fogo de chão.

A hospedagem é um pouco cara e fica entre R$ 300 e R$ 600, em média. Mas é possível economizar com alimentação e ficando na cidade de Praia Grande, em Santa Catarina.

Continua após a publicidade

O município catarinense fica próximo e também oferece acesso aos cânions, que dividem Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A vantagem é que a diária pode cair para R$ 150, em média.

Com isso, você consegue passar o dia gastando em torno de R$ 200 por pessoa.

cânions de Cambará do Sul, que fazem a divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Aplicativos para viajar barato

Todas essas dicas de atitudes e lugares baratos para viajar pelo Brasil e pelo mundo podem ser complementados com os aplicativos. Isso porque eles ajudam a economizar.

Como? Uma resposta é pela comparação de preços. Eles permitem encontrar as opções com o melhor custo-benefício e até entrar em contato com outras pessoas para fazer viagens mais baratas.

Continua após a publicidade

Desse modo, você tem mais chance de conseguir um hotel com café da manhã, um lugar para alugar um carro e até uma promoção de passagens aéreas.

É claro que esse processo exige um pouco de tempo. Ainda assim, vale muito a pena e faz parte daquela programação — lembra que indicamos no começo?

Assim, os aplicativos para viajar barato mostram diferentes opções, que permitem alinhar todos os critérios desejados por você. Para isso, eles atuam em várias frentes, como comparação de preços de:

  • hospedagem;
  • passagens aéreas;
  • cotações cobradas por casas de câmbio;
  • preços de locadoras de carros;
  • preços de restaurantes.

Além disso, existem opções de aplicativos que ajudam a gerenciar suas viagens. Na verdade, eles são voltados para a gestão financeira, mas permitem definir objetivos.

Continua após a publicidade

A partir deles, você sabe quanto precisa guardar para viajar e acompanha ao longo dos meses para saber se a sua ideia está dando certo.

Quer ver quais são os melhores em cada uma das categorias que apresentamos? Conheça 31 sites e aplicativos primordiais para quem quer viajar barato.

Conclusão

Como você viu ao longo deste post, o dólar pode estar valorizado e você ainda consegue viajar e aproveitar muito! Seja no Brasil, seja no exterior, há várias opções de países e cidades brasileiras.

O principal é deixar de lado os destinos mais tradicionais e focar aqueles mais exóticos, mas que ainda trazem muita beleza e cultura.

Continua após a publicidade

Você ainda tem chance de fazer desde trilhas e aventuras até descansar à beira da praia. Tudo depende do que deseja.

O importante é que viajar barato é possível. Então, que tal pesquisar sobre um dos destinados apresentados e aproveitar? Vale muito a pena aproveitar as dicas para ter alguns dias de descanso com sua família.

O que achou das dicas deste artigo? Assine a nossa newsletter e receba outras dicas úteis para a sua vida financeira!

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.