Como limpar nome sujo? Entenda o que é, como evitar e mais

Se você está com o nome sujo na praça e deseja arrumar essa situação, saiba como proceder para limpar seu nome. Explicamos tudo sobre o passo a passo para retirar seu nome dos maus pagadores.

perfil
Camille Guilardi

Ficar com o “nome sujo na praça” pode acarretar em uma série de transtornos para o consumidor. Por isso, muitas pessoas estão em busca de maneiras para limpar o nome sujo, no entanto, este ainda é um assunto que costuma gerar dúvidas.

Assim, é popularmente conhecido como “estar com o nome sujo na praça” quando o consumidor tem seu nome inserido no cadastro de inadimplentes do SPC e Serasa. No geral, as penalidades por estar nessa lista envolvem uma dificuldade maior em conseguir liberação de crédito, financiamentos e empréstimos no mercado.

Continua após a publicidade

Porém, a boa noticia é que limpar o nome e voltar a ter acesso ao seu crédito normalmente é mais simples do que parece. Pensando nisso, separamos algumas informações úteis que irão lhe ajudar!

O que significa estar com o nome sujo?

Primeiramente, vamos entender o que significa estar com o nome sujo? Esse é um termo popularmente usado para os casos em que o CPF de alguém está registrado em algum banco de restrição ao crédito. Portanto, essa é uma prática que só ocorre com aqueles que possuem dívidas pendentes.

Continua após a publicidade

Dessa forma, isso acontece quando, por exemplo, contas não são pagas, você atrasa a fatura do cartão de crédito ou repassa um cheque sem fundo. Assim, por conta da dívida, os birôs de crédtido são notificados da sua situação pelo credor. Após, você reberá um prazo máximo de 10 dias para quitar sua dívida. Do contrário, seu nome será posto na lista dos negativados.

Como saber se meu nome está sujo?

Mas então, como saber se o seu nome está sujo? A forma mais simples e eficiente de tirar essa dúvida é através da consulta de CPF no site da Serasa, o principal banco de restrição ao crédito no Brasil. A consulta é gratuita e necessita de cadastro prévio, entretanto, também é disponibilizado um aplicativo para Android e IOS.

Portanto, após o cadastro, será possível conferir tanto se seu nome esta sujo, quanto a sua situação com a Receita Federal. Ainda, é possível analisar o seu score bancário e ver quais as possibilidades de uma pessoa arcar com as suas dívidas pelos próximos doze meses.

Afinal, por que você deveria limpar o seu nome?

Este pode ser um questionamento recorrente, porém, é muito importante que você se atente à sua situação de crédito. Afinal, junto do nome sujo, você será submetido a algumas situações, dentre elas:

Continua após a publicidade

  • Produtos, como cartões de crédito, e serviços, como concessão de empréstimos, negados pela maioria das instituições financeiras;
  • Bloqueio do cheque especial e impedimento da abertura de contas correntes;
  • Para alunos inadimplentes, existe a possibilidade de recusa na renovação de matrícula de escolas e faculdades;
  • Concursos públicos, especialmente os que se destinam a órgãos financeiros, exigem do candidato o nome limpo;
  • Demasiadas empresas consultam o nome dos candidatos nos órgãos de crédito, evitando contratar inadimplentes.

Conseguiu compreender o quão grande um CPF negativado pode se tornar na sua vida? Por isso, se você está com o nome sujo, é imprescíndivel que busque reverter a situação o mais rápido possível. Mas não se preocupe, o processo não é complicado e nós iremos explicá-lo para você.

Como limpar nome sujo

Seguindo alguns passos, que apesar de simples são de suma importância, é super possível limpar o seu nome e voltar a realizar operações de crédito no mercado tradicional.

1º Passo: Identifique as pendências

A primeira coisa a ser feita é identificar as pendências que atrelaram o seu nome ao status de mau pagador. Ou seja, identifique quais empresas te inscreveram na lista e faça um levantamento do valor atual da dívida com cada uma.

A parte preocupante é que, sim, você terá que pagar todas essas pendências para voltar a ser considerado um bom pagador e conseguir novas liberações de crédito. Porém, existem diversas formas de fazer isso!

Continua após a publicidade

Limpar o Nome
Descubra como limpar seu nome.

2º Passo: Mapeie sua condição financeira

Quando você já tiver ciência do tamanho da sua dívida, faça o mesmo processo para a sua condição financeira. Entenda quanto você realmente pode se comprometer a pagar por mês, com o objetivo de quitar esses débitos, sem comprometer outras contas e acabar gerando novas dívidas.

Nesse caso, identifique se você tem algum recurso financeiro guardado, se vale a pena vender algum bem para levantar novos recursos. Carros e motos, por exemplo, costumam ser uma maneira de levantar uma quantia interessante para as negociações futuras. É importante ter esses dados bem esclarecidos para que sirvam de argumentos ao confrontar as empresas para as quais você está devendo.

3º Passo: Negocie suas dívidas

É chegada a hora de negociar! O indicado aqui é procurar as empresas nas quais você é credor e negociar valores com cada uma delas. Nessa parte, oferecer valores de entrada e financiar o restante costuma ser bem vantajoso, já que em muitos casos é possível conseguir uma redução nas taxas de juros através desse método.

Ainda nessa linha de negociação, caso você tenha conseguido juntar uma quantia considerável, vale tentar propor a quitação da divida oferecendo o valor inicial a vista. Nesse caso, se a proposta for aprovada, seria uma forma de limpar o nome sem pagar os juros atrelados a ela.

Continua após a publicidade

Ademais, é possível parcelar os valores em longas prestações, de modo que a quantia mensal não seja tão elevada. Assim, as taxas de juros costumam ser altas, porém a quantia comprometida por mês é mais baixa, ou seja, se sua capacidade de pagamento mensal é menor.

Entretanto, se você não tem tanta urgência em limpar seu nome, é possível negociar as dividas com as empresas e ir quitando uma a uma. Assim, pode pagar na medida em que conseguir acesso a novos recursos financeiros, da mais cara para a mais barata, começando com a de juros mais altos.

4º Passo: Cumpra com os seus novos prazos

Agora vem a parte mais simples, porém a mais difícil. Cumpra com esses novos compromissos de maneira religiosa. No geral, ao atrasar ou não pagar alguma prestação proveniente de renegociação de dívidas, você perde todos os benefícios conquistados no momento da negociação.

Após seguir os 4 passos indicados, começar a quitar suas dívidas e limpar o nome sujo, ele já é retirado da lista de inadimplentes e você volta a ter acesso ao seus limites de crédito. Ou seja, basta negociá-las e começar a pagar para o mercado entender que agora você merece o status de bom pagador.

Continua após a publicidade

Como evitar que o nome fique sujo?

Pronto, você conseguiu retirar seu nome da lista dos negativados, mas e agora? Primeiramente, é importante conhecer estratégias que irão te ajudar a nunca mais estar na mesma situação.

Portanto, é imprescíndivel que você mantenha uma organização financeira. Atualmente, existem milhares de aplicativos que ajudam no controle das finanças, além das famosas planilhas. É a partir disso que é possível compreender qual o seu padrão de vida, quais os seus obejtivos a curto e longo prazo e qual o valor total dos seus gastos mensais.

Dessa forma, com tudo isso anotado e visível, é possível se organizar de maneira mais fácil e eficiente. Evitando, assim, o crédito negativado.

Quanto tempo leva para limpar o nome sujo?

É dado uma data limite de 5 dias úteis após o pagamento integral das dívidas, negociação à vista ou pagamento da primeira parcela, para que o seu nome seja retirado da lista dos negativados.

Continua após a publicidade

No entanto, caso isso não ocorra, é possível pedir exclusão ao serviço de proteção ao crédito ou ao credor. Se mesmo assim o seu nome continuar sujo, é possível entrar com uma ação judicial alegando a negativação indevida.

Ademais, ao concluir 5 anos, o credor fica responsável por retirar o nome do devedor da lista de inadimplentes. Isso é o que nós chamamos de “caducar uma dívida”, dessa forma, seu nome volta a ficar limpo;

Conclusão

Conseguiu entender a importância de se manter por dentro dos processos de negativação do CPF? É preciso sempre contar com imprevistos, no entanto, com o nome sujo, você se torna impossibilitado de realizar basicamente qualquer ação que te livre de algum aperto financeiro.

Portanto, busque se organizar financeira, tente manter uma reserva financeira para não ter que recorrer a empréstimos e pague suas contas em dia. Dessa forma, você estará mantendo seu nome bem longe da lista de negativados.

E aí? Curtiu nosso artigo referente a como limpar o nome sujo? Ademais, ficou com alguma dúvida ou tem algum comentário? Será nosso prazer te responder!

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.