De acordo com as simulações realizadas pela Secretaria de Política Econômica (SPE), os empréstimos pessoais que utilizarão como garantia a quantia recebida através do saque aniversário do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), terão taxas de juros 55% menores do que as operações tradicionais do mercado.

Segundo Gustavo Tillmann, diretor do Departamento de Gestão de Fundos, atualmente existem cinco agentes financeiros aptos para fornecer crédito utilizando o saque aniversário como garantia. 

Continua após a publicidade:

A proposta é de que essa operação realmente seja mais atrativa para quem precisar da liberação de crédito extra e que as taxas sejam menores que as do crédito consignado, que operavam entre 20,6% ao ano apenas em maio. 

Numa operação de crédito pessoal anual,essa taxa foi ainda mais impactante, marcando o total de 104%.

Bancos participantes do crédito de FGTS

As informações que circulam na mídia especializada é a de que a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil devem anunciar em breve os detalhes deste novo produto. 

Na primeira instituição financeira, será possível antecipar até três parcelas do FGTS, o que poderia ser estendido de acordo com a demanda solicitada pelos consumidores do banco. 

Já o vice-presidente de Agronegócios e Governo do Banco do Brasil, João Pinto Rabelo Júnior, já adiantou que a instituição está reforçando as medidas para trabalhar na redução de juros para o crédito pessoal, para atender a toda demanda necessária. 

Aproveitando, Rabelo Júnior informou que o BB conta com uma carteira de crédito consignado de R$ 85 bilhões e 4,3 milhões de clientes.

Quer continuar acompanhando as novidades sobre empréstimo pessoal e sobre o saque aniversário do FGTS? Não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro. 

Publicidade