FGTS emergencial 2020: liberada a consulta pelo aplicativo!

 

A partir desta sexta-feira, 19, o trabalhador já pode ter acesso às principais informações referentes ao dia e valor do saque emergencial do FGTS do ano de 2020.

Para a consulta, que acontece de forma online, é possível acessar o aplicativo Internet Banking da Caixa ou pelo próprio app do FGTS.

Continua após a publicidade:

Quem preferir também pode acessar o site oficial ou ligar para a central de atendimento telefônico da Caixa, pelo número 111. 

Valor e consulta do FGTS emergencial 2020

O valor a ser liberado para cada cotista é de até R$1.045, e os depósitos serão feitos por uma conta digital que será aberta pela Caixa.

Continua após a publicidade

O processo começará a ser realizado a partir do dia 29 de junho, porém, fique atento à data de resgate, que inicia no mês seguinte, a partir de 25 de julho.

Sobre o calendário de saques, as datas foram estruturadas a partir da data de nascimento do trabalhador. 

Quem nasceu no mês de janeiro, por exemplo, será o primeiro grupo a ter acesso, recebendo o crédito em conta no dia 29/06 e sacando a partir do dia 25/07. 

Para quem nasceu em dezembro, os valores estarão disponíveis somente a partir de 21 de setembro, e o saque é liberado a partir de 14 de novembro. 

Continua após a publicidade

De acordo com o presidente da Caixa, o escalonamento dos pagamentos é justificado por questões operacionais.

Uma vez que o banco terá que abrir mais de 50 milhões de contas digitais, é preciso reservar um tempo entre as aberturas. 

Uso do valor do FGTS emergencial

No momento em que o valor fica disponível na conta digital, o trabalhador já pode pagar suas contas e fazer compras em comércios (online ou não) que aceitem como forma de pagamento o aplicativo “Caixa Tem”.

Muitas empresas já vêm aceitando essa modalidade de pagamento em razão do Auxílio Emergencial, que também é depositado nesta conta digital como forma de facilitar a vida das pessoas e agilizar o uso do valor. 

Continua após a publicidade

No caso das transferências, o calendário é o mesmo do saque. 

Quem não deseja receber esses valores, precisa informar a Caixa via qualquer um dos principais canais de atendimento a partir de hoje, 19 de junho. 

Esses recursos terão crédito automático realizado para trabalhadores que tenham contas ativas ou não no FGTS. 

Uma outra possibilidade é solicitar que o valor seja transferido de volta para a conta vinculada ao FGTS.

Se não tiver movimentações da verba até o dia 30 de novembro, o valor será devolvido para a conta original do FGTS. 

Continua após a publicidade

Inscrição no aplicativo

A inscrição pelo APP FGTS não é difícil e pede alguns dados pessoais como CPF, e-mail e data de nascimento.

Quem já era usuário precisa apenas inserir as informações de cadastro já existentes, atualizando a senha de acesso. 

Para fazer o download, é só buscar pelo nome “APP FGTS” na loja de aplicativos do seu celular e seguir os passos.

O aplicativo existe para oferecer consulta ao FGTS, solicitar o saque, indicar outras contas para receber o benefício — conforme já adiantamos — e ficar de olho em todas as etapas do processo, para que ninguém perca nenhuma data ou saia prejudicado.

Continua após a publicidade

Aquela questão que colocamos acima sobre o desejo de não receber o valor no momento também pode ser realizada via app. 

Calendário de crédito e saques do FGTS emergencial 2020

Veja, agora, o calendário disponível para crédito em conta e também para a realização dos saques. 

Calendário de crédito

A data de liberação do crédito varia conforme o mês de nascimento do beneficiário.

  • Janeiro – 29 de junho
  • Fevereiro – 6 de julho
  • Março – 13 de julho
  • Abril – 20 de julho
  • Maio – 27 de julho
  • Junho – 3 de agosto
  • Julho – 10 de agosto
  • Agosto – 24 de agosto
  • Setembro – 31 de agosto
  • Outubro – 8 de setembro 
  • Novembro – 14 de setembro
  • Dezembro – 21 de setembro

Calendário de saque e transferência

A data de liberação do saque também varia segundo a data de nascimento do trabalhador. Confira!

  • Janeiro – 25 de julho
  • Fevereiro – 8 de agosto
  • Março – 22 de agosto
  • Abril – 5 de setembro
  • Maio – 19 de setembro
  • Junho – 3 de outubro
  • Julho – 17 de outubro
  • Agosto – 17 de outubro
  • Setembro – 31 de outubro
  • Outubro – 31 de outubro
  • Novembro – 14 de novembro
  • Dezembro –14 de novembro

A ação emergencial

A liberação dos saques emergenciais do FGTS foi uma das ações realizadas pelo Governo Federal para tentar amenizar a crise instaurada no Brasil em razão do novo coronavírus.

Continua após a publicidade

De acordo com a Caixa, todo trabalhador brasileiro que esteja com um contrato formal via CLT, além de trabalhadores rurais, temporários, intermitentes, domésticos, avulsos, safreiros e atletas profissionais têm acesso ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Esta reserva é debitada mensalmente de forma automática do salário do trabalhador e existe para resguardar aquelas pessoas que eventualmente sofram uma demissão sem justa causa. 

Dessa forma, ao ser desligado do trabalho, você terá um valor monetário na sua conta que é proporcional ao tempo de contribuição. 

Quem está trabalhando atualmente tem acesso a esse recurso e pode optar por fazê-lo ou não. 

Publicidade