Hoje o cartão de crédito é um método de pagamento muito comum, possibilitando o parcelamento de compras. Por meio de uma concessão de crédito, o consumidor pode usufruir do seu limite e adquirir bens para pagamento na sua futura fatura. Porém, muitas vezes, é necessário a solicitação de estorno do limite gasto.

O estorno do cartão de crédito é a devolução do valor gasto, e deve ser pedido em casos de cobranças indevidas e também arrependimento quanto a compra. É um procedimento comumente rápido, e sempre deve ser solicitado para que, na fatura que irá ser cobrada, o indivíduo não pague um valor indevido.

Continua após a publicidade:

Estorno no cartão de crédito

O estorno do cartão de crédito é uma forma de você receber de volta o limite e dinheiro que foram gastos. Esta função do cartão de crédito está disponível para quando você quer cancelar uma compra ou despesa no cartão, e também contestar uma cobrança indevida.

Assim, o valor contestado fica disponível novamente em sua fatura. Porém, caso ela já tenha sido fechada o valor poderá ficar disponível na próxima fatura ou em até nas duas seguintes. É uma devolução de crédito.

A solicitação de estorno no cartão de crédito deverá ser feita junto com a empresa para a qual a cobrança foi gerada. Porém, não é apenas a empresa para a qual a cobrança foi gerada que poderá suspender a cobrança efetuada por ela no cartão de crédito. A administradora do cartão também pode ser contatada. Deve-se analisar qual a situação que levou ao estorno, para que busque a resolução mais adequada aos seus problemas.

Como obter estorno no cartão de crédito.
Saiba como obter o estorno no seu cartão de crédito.

Quando houve erro na fatura na compra presencial, é recomendado que o estabelecimento que realizou a venda estorne o dinheiro. Assim, após o estorno, deve ser realizada uma nova cobrança, no valor correto. Porém, caso o estabelecimento comercial se recuse, contate a administradora do cartão.

Em relação à desistência de uma compra, deve-se se certificar primeiro de que ainda está no prazo de cancelamento da compra. Muitas lojas dão um prazo ao cliente, para ele repense sobre a sua compra. Caso este prazo tenha passado, o lojista não é obrigado a lhe devolver o dinheiro. Porém, caso ainda esteja no prazo ou queira tentar o estorno mesmo fora deste, contate o estabelecimento diretamente.

No caso da compra ter sido feita em loja física, pode-se tentar a negociação com o comerciante, para que ele aceite a desistência tardia. Porém, quando a loja é online, após os 7 dias de prazo para desistência, é impossibilitado o estorno.

Após a data da solicitação do estorno do crédito o crédito referente ao valor deverá constar em até duas faturas. Porém, normalmente o crédito fica disponível em até 7 dias úteis.

Se a sua fatura já tiver sido fechada, o valor do crédito ficará disponível na próxima fatura. Assim, você deverá pagar a fatura em valor integral, para que na próxima fatura você tenha o estorno como crédito. Dessa forma, você evita o pagamento de juros altos na próxima fatura. E na fatura seguinte, você terá um crédito, valor positivo na fatura seguinte.

Se você não tiver todo o valor para pagar integralmente a fatura do seu cartão de crédito, sem o crédito do estorno, ligue para a Central de Atendimento do seu cartão e converse.  O número costuma está disponível no verso do seu cartão de crédito. Assim, você pode entrar em acordo com a emissora do cartão que irá verificar que existe um estorno (crédito) disponível para você e talvez pode reduzir o valor da fatura.

Apesar do estorno nos cartões ser algo relativamente fácil de ser resolvido, é necessário reafirmar que todos os consumidores devem ter cuidado com as suas compras. Antes de confirmar uma compra online tenha atenção ao valor, se ele está sendo cobrado corretamente e se não foram selecionados dois produtos iguais no seu carrinho.

Em compras físicas, tenha sempre cuidado na hora de passar o seu cartão. Confira o valor, e se caso a operação dê erro, se certifique de que o valor não foi descontado de seu limite de crédito antes de tentar o pagamento novamente.

Ressaltando que devemos sempre tentar a aproximação inicial com a empresa, antes de partir para o contato com a administradora do cartão.

Publicidade