Bancos, Notícias

Nubank é a primeira instituição bancária do país a zerar emissão de carbono

Heloísa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos
fábricas com fumaça, representando emissão de carbono

O banco digital vai zerar emissão de carbono ao apoiar apoiar três projetos no Brasil e um no México que, juntos, irão compensar o equivalente a 4,3 mil toneladas de CO2.

A emissão de carbono do Nubank será zerada, anunciou a fintech nesta quarta-feira, 23. O banco zerou todas as emissões de gás carbônico produzidas desde a sua fundação, em 2013 ao apoiar três projetos no Brasil e um no México.

Os projetos apoiados irão compensar o equivalente a 4,3 mil toneladas de CO2. Com decisão, o banco digital é o primeiro do setor bancário do Brasil e México a fazer isso, conforme dados analisados pela suíça BSD Consulting.

Continua após a publicidade

O objetivo é minimizar o máximo possível o impacto ambiental causado pela operação da empresa.

Emissão de carbono do Nubank

Os projetos escolhidos para zerar a emissão de carbono têm alto grau de inovação e impacto social e ambiental para as economias locais. No Brasil, foram escolhidas fábricas de tijolos e telhas que substituíram o uso de lenha de vegetação por biomassa em São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco.

O programa mexicano, por sua vez, oferece fogões mais eficientes para famílias em condição de pobreza, a fim de diminuir o uso de lenha. 

“Por sermos digitais e mais eficientes, causamos naturalmente menos impacto para o meio ambiente. Mesmo assim, queremos minimizá-lo o máximo possível. Por isso, damos mais um passo e assumimos o compromisso de sempre ser carbono neutro”, disse em nota o CEO do Nubank, David Vélez.

O valor investido nesses projetos não foi divulgado pelo banco.

Preocupação ambiental

Segundo Vélez, o banco se compromete a não deixar os impactos ambientais causados pela operação se acumularem, prejudicando o meio ambiente.

“Isso faz parte do nosso compromisso de ter as melhores práticas ambientais, sociais e de governança no Nubank – e minimizar nossos impactos no meio ambiente, construir um mundo mais justo para as pessoas e manter os melhores processos de administração”, destacou.

Gostou do conteúdo? Então não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push para receber todas as notícias em tempo real.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *