Notícias

Eleitores poderão justificar voto pelo celular nas eleições de 2020

Karina Carneiro
Karina Carneiro
close de mão e celular, representando justificar voto pelo celular

Eleitores que não puderem comparecer na zona eleitoral poderão justificar o voto pelo celular ou por meio do aplicativo de tablet.

Os eleitores que não puderem comparecer às eleições municipais em 2020 poderão justificar o voto pelo celular. A solução se tornou possível por meio da nova atualização do aplicativo e-Título, disponibilizado para Android e iOS.

O novo recurso permitirá que o eleitor que não puder comparecer nas votações de 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno) consiga fazer esse processo por meio de celulares e tablets, evitando aglomerações para a justificativa.

Continua após a publicidade

Quem estiver fora do domicílio eleitoral poderá realizar o processo. Pessoas impedidas de comparecer à zona de votação por serem grupo de risco diante da pandemia ou por qualquer outra razão também poderão utilizar a ferramenta. 

Por que justificar o voto pelo celular?

Essa medida foi implantada pela primeira vez em 2018 e acabou surtindo um bom resultado, segundo informações divulgadas pelo Supremo Tribunal Eleitoral (STE). 

Diante da atual situação ocasionada pela pandemia, o governo federal decidiu implantar com maior eficiência esse processo. O objetivo é proteger a população que esteja no grupo de risco e não possa sair para participar da votação. 

Justificativa de voto é obrigatória

A justificativa de voto é obrigatória para eleitores que não possam comparecer na data marcada em sua zona eleitoral. O não cumprimento poderá ocasionar em multas ou até mesmo no cancelamento do título de eleitor.

Somente no primeiro turno das eleições presidenciais de 2018, 29,9 milhões de pessoas não fizeram a justificativa de voto. No segundo turno, foram 31,3 milhões sem cumprir as obrigações eleitorais. 

Caso esteja com pendências diante do STE, é necessário fazer o pagamento por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU) em qualquer agência do Banco do Brasil. 

De acordo com a Justiça Eleitoral, o cidadão que não votar por três pleitos consecutivos e não justificar a sua ausência, terá o título cancelado automaticamente. 

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push para receber todas as informações que importam para o seu dinheiro. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *