Planejamento Financeiro

Aprenda a economizar dinheiro criando metas e orçamentos

Victor Leitão
Victor Leitão
Caneta, gráficos e calculadora simbolizando metas e orçamentos

Quando estiver tudo sob controle, continue reavaliando periodicamente seus gastos e defina metas mais desafiadoras.

Artigo originalmente publicado em blog.mobills.com.br. Conteúdos e comentários foram integralmente mantidos.

Aprenda a economizar dinheiro criando metas e orçamentos

 

Nesse artigo vou falar sobre como podemos elaborar um orçamento poderoso e começar a economizar dinheiro.

Irei explicar desde os conceitos básicos sobre orçamento, sua importância e como criá-lo de maneira eficaz, para que possamos alcançar nossas metas, objetivos e sonhos.

Continua após a publicidade

Aprenda a economizar dinheiro criando metas e orçamentos

Afinal, o que é um orçamento?

De acordo com a definição do dicionário Houaiss, orçamento nada mais é do que o “Cálculo da receita e da despesa; pormenorização da receita e da aplicação de recursos a serem disponibilizados para certa finalidade.”

Ou seja, quando falamos de orçamento estamos falando de todo um planejamento e acompanhamento das nossa finanças, para que possamos direcionar e controlar nossos gastos para um determinado fim.

Continua após a publicidade

No entanto, para que consigamos criar um orçamento poderoso, é necessário entender também sua importância.

A importância de um orçamento pessoal

Segue 4 pontos que mostram alguns dos benefícios para aquelas pessoas que mantêm um orçamento atualizado.

    • Conseguem diagnosticar onde estão seus problemas financeiros; 
    • Têm uma vida financeira mais saudável e sem muitos imprevistos;
    • Tomam melhores decisões financeiras;
    • Conseguem planejar no curto, médio e longo prazo e alcançam seus sonhos.

Como buscar motivação para criar e manter um orçamento?

Agora que conhecemos a importância de ter um orçamento, precisamos buscar motivação para que não desistamos no meio do caminho, pois sabemos que fazer um orçamento e ter a disciplina de manter não é uma coisa fácil, principalmente para quem está começando.

Então, aqui vai um conselho: tente pensar em coisas que possam motivar você a sair da sua situação financeira atual e começar a realizar seus sonhos.

Continua após a publicidade

Essas motivações podem ser objetivos a realizar no curto, médio e longo prazo.

Elas serão de grande importância para que você consiga efetivamente realizar o seu orçamento.

Segue alguns exemplos daquilo que você possa estar desejando no momento e que vai servir para lhe motivar. 

      • Compra de um novo bem (casa, carro, eletrônicos);
      • Fazer uma viagem em família;
      • Ter uma reserva financeira para viver com maior tranquilidade;
      • Garantir uma aposentadoria tranquila;
      • Pagar a faculdade de um filho;
      • Aprender e começar a investir.

Por onde começar?

Depois de entendermos o conceito de orçamento e a sua importância, precisamos saber por onde começar e como devemos fazer isso.

Sendo assim, é necessário dividir a elaboração de um orçamento poderoso nos seguintes passos:

Diagnóstico financeiro

Casal com calculadora, papel e caneta fazendo um diagnóstico financeiro
É importante que o casal analise suas finanças conjuntamente

O primeiro passo para criar um orçamento é descobrir onde estão os problemas.

Para isso, você precisar responder algumas perguntas como: Por que eu não consigo guardar dinheiro? Por que sempre falta no final do mês? Quanto eu gasto com restaurantes a cada mês?

Para responder essas perguntas adequadamente, você precisa anotar todos os seus gastos e ganhos, absolutamente todos eles!

Continua após a publicidade

Utilize uma maneira que seja eficiente para você, pode ser no caderninho, na planilha ou em apps de controle financeiro.

Anote todos seus gastos pelo período de 1 mês.

Análise de resultados

Após um mês anotando todos seus gastos (desde um simples almoço até a compra de uma roupa no shopping), devemos fazer a primeira análise dos gastos, separando eles por categorias.

O ideal é agrupar os gastos por categorias. Assim, você terá uma noção exata de para onde está indo o dinheiro!

Muito provavelmente você irá se surpreender, principalmente se essa for a primeira vez que você faz tal diagnóstico.

Continua após a publicidade

Não se assuste nem desanime, esse é o primeiro passo, garanto para você que com disciplina e metas bem definidas em poucos meses você terá uma melhora significativa em seu orçamento.  

Definir metas e orçamentos

Desenho de um homem subindo os vários degraus de uma escada
Com metas e orçamentos bem definidos fica mais fácil atingir o sucesso financeiro

Agora que você tem noção da sua real situação financeira, podemos passar para o próximo nível e definir metas e orçamentos para que você consiga identificar quais gastos deverão ser cortados ou controlados.  

Nessa etapa, você já deverá ter uma base de quanto gasta em cada categoria por mês.

Com esses dados, é preciso identificar onde você pode cortar custos e fazer metas especificas para cada categoria, lembrando que todas as metas tem que ter em vista a regra de ouro que é “gaste menos do que você ganha”.

Continua após a publicidade

Essa dica simples é essencial para ter uma vida financeira saudável.

Mas então, se eu ganho R$ 3.000,00 devo fazer metas para gastar R$ 2.999,00?!

Claro que não! O ideal é você definir o quanto quer guardar e, a partir daí, fazer orçamento para o que resta.

Algo importante sobre como definir quanto você deve guardar é estipular o valor em porcentagem.

Por exemplo, se você tem rendimentos de R$ 3 mil e deseja guardar 20% do que ganha, quer dizer que deverá guardar R$ 600,00.

Logo, restam R$2.400,00, que é o valor do orçamento total que você deve dividir pelas suas categorias de gastos.

Continua após a publicidade

Outro ponto interessante sobre a porcentagem é que qualquer aumento em seus rendimentos irá afetar de forma positiva o quanto você poupa.

Portanto, se você passou a ganhar 4 mil reais, irá poupar 800 e não mais 600 reais.

Acompanhar suas metas e orçamentos

Nessa etapa do processo, você já tem todas suas metas definidas.

Qual o próximo passo?!

Agora você deve continuar anotando todos os seus gastos por categoria e acompanhar diariamente como está seu desempenho em relação a cada categoria e em relação ao total.

Na tabela abaixo, fica fácil entender como deverá ficar. 

CategoriaMetaGastoPorcentagemRestam
Alimentação200,00120,0060%80,00
Educação400,00360,0090%40,00
Lazer500,00457,0091,47%43,00
Moradia650,00600,0092,31%50,00
Pagamentos450,00400,0088,89%50,00
Transporte200,00180,0090%20,00
Total2.400,002.117,0088,21%283,00

Como podemos ver na tabela, dividimos nosso orçamento total de 2.400 reais em várias categorias.

Continua após a publicidade

Na segunda coluna de gastos consigo acompanhar como está meu desempenho em cada categoria, totalizando já um montante de 2.117 reais, que representa quase 90% da minha meta.

Nessa situação hipotética, você já estaria no limite dos seus gastos e seria necessário controlar melhor suas despesas, para não terminar o mês com a meta estourada.

Na última coluna, conseguimos enxergar o valor restante em cada categoria e também no geral, mostrando de forma clara quanto ainda há disponível para gastar.

Analisar e melhorar a cada mês

Cofrinho com óculos sobre livros
A busca pela melhoria deve ser incansável

A criação e o acompanhamento de orçamentos é um processo contínuo, algo que você deve fazer constantemente. A cada mês fazer uma análise, comparar com os meses anteriores e ver o que pode ser cortado.

Continua após a publicidade

Ou seja, melhorar e enxugar seu orçamento para começar a economizar não é um processo simplesmente a curto prazo, onde em um mês já se consegue uma organização financeira ideal, mas sim um procedimento constante onde você consegue atingir suas metas mês a mês, reduzir custos e utilizá-los de forma mais sábia e equilibrada.

No decorrer dos meses, nunca deixe de fazer novas análises e busque sempre melhorias. Será que não se pode reduzir alguma coisa a mais?

Será que para o próximo ano não se pode aumentar o objetivo da poupança? Tente fazer esses questionamentos sempre que possível.

Após algum tempo de controle de orçamento, você será capaz de saber quanto gasta em média com cada categoria, o que lhe ajudará a planejar os próximos meses.

Continua após a publicidade

Talvez seja necessário reservar algum dinheiro agora para aquisição de um bem no futuro, e esse planejamento financeiro será de vital importância.  

Analise o acumulado do ano e faça uma média de seus gastos.

Com o passar do tempo, faça comparações entre anos, reavalie se sua capacidade de controle e poupança continua como era no passado, se melhorou, se piorou etc.

Utilize gráficos para lhe auxiliar na visualização de tais informações.  

Conclusão

Em resumo, anote todos os seus gastos durante 30 dias e após esse período comece o controle diário efetivo de seus gastos, devidamente categorizados e organizados.

Em seguida, avalie se em aproximadamente 3 meses ou menos esse tipo de prática já se tornou um hábito.

Continua após a publicidade

Durante esse período você já deverá ter criado metas e orçamentos para cada uma das suas categorias, visando sempre gastar menos do que ganha para economizar.

Quando estiver tudo sob controle, continue reavaliando periodicamente seus gastos e defina metas mais desafiadoras.

Não deixe de comparar com meses e anos anteriores. Faça um planejamento antecipado, organize suas compras futuras tentando poupar para elas no presente.

Vale ressaltar que um app de controle financeiro ou uma planilha podem te ajudar bastante nesse sentido.

E aí, achou o texto interessante?!

Esperamos que esse artigo tenha sido esclarecedor de alguma forma e que seja o pontapé para começar seu controle financeiro, definir metas e orçamentos e para começar a economizar hoje. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *