E-wallet: veja as vantagens e desvantagens das carteiras digitais

Uma e-wallet traz praticidade na hora de fazer pagamentos, mas também tem suas desvantagens. Entenda suas vantagens e desvantagens, e decida se ela é uma boa solução para você.

Amanda Gusmao
Amanda Gusmão

Uma e-wallet — também conhecida como carteira digital — é um aplicativo que permite fazer pagamentos instantâneos de produtos ou serviços. Alguns bancos digitais e tradicionais oferecem a solução como um serviço adicional, assim como sistemas operacionais dos smartphones mais famosos.

Ainda assim, as e-wallets ainda causam dúvidas. Será que elas são essenciais? Com a evolução do open banking, acredite, elas podem ser a solução perfeita!

Continua após a publicidade

Então, mais do que saber o que é carteira digital, vale a pena entender suas vantagens e desvantagens para saber como ela pode ser aplicada na sua vida. É o que vamos mostrar por aqui.

O que é e-wallet (carteira digital)?

A e-wallet é similar a uma carteira tradicional, com cartões e dinheiro. Porém, é totalmente digital. Os pagamentos são realizados a partir dos dados armazenados e com a ajuda da tecnologia. Alguns exemplos são Google Pay, Samsung Pay e Paypal, mas não para por aí.

Continua após a publicidade

Principais carteiras digitais 2021

As carteiras digitais mais conhecidas, são:

  • Apple Pay;
  • Google Pay;
  • PagBank;
  • Ame Digital;
  • BanQi;
  • Mercado Pago;
  • Paypal;
  • Picpay.

Além disso, boa parte dos bancos tradicionais e digitais também oferecem carteiras digitais, assim como outras marcas como Samsung Pay e Mercado Pago.

Como funciona a e-wallet?

As carteiras digitais guardam os dados pessoais e financeiros do usuário. Assim, sempre que é preciso fazer um pagamento, é possível utilizá-la por meio da aproximação do celular a uma maquininha ou da leitura de um QR code.

Você também pode ter dinheiro guardado na e-wallet. Basta transferir da sua conta ou pagar um boleto.

E o processo é feito de forma geral, é simples: o app armazena os dados do seu cartão de débito e/ou crédito e a transação é autorizada na hora. Em alguns casos, você pode pagar com dinheiro virtual ou sacar nos caixas eletrônicos sem cartão.

Continua após a publicidade

Todas as compras são finalizadas por meios digitais, como computador, celular ou smartwatch. Assim, você adquire produtos ou serviços em estabelecimentos físicos e virtuais de forma rápida e segura. Tudo isso já faz parte do nosso cotidiano, certo?

Vantagens das carteiras digitais

Para começar, vale a pena saber que as e-wallets podem ser usadas por qualquer pessoa. Mesmo que você não tenha cartão de crédito ou de débito, pode fazer a sua conta.

Como? Basta fazer um depósito ou pagar um boleto para mandar o dinheiro para a sua wallet eletrônica. Muito chique, né?

A partir disso, você pode usar aquela grana como quiser. Quer comprar um Mc Donald’s? Aceita. Quer pagar um Uber? Também está tudo certo, assim como usar sua carteira digital nos e-commerces ou para pagar boletos de consumo.

Continua após a publicidade

E não são só as grandes empresas que usam essa tecnologia. Muitos estabelecimentos menores já oferecem essa possibilidade, afinal, isso atrai clientes.

Para fazer o processo funcionar e tornar as transações mais seguras (o que é muito importante), três tecnologias são adotadas na carteira de dinheiro digital:

  • criptografia: permite criar uma identidade digital para armazenar os seus dados com segurança. Em caso de invasões ao sistema, é mais difícil das suas informações serem lidas pelo hacker;
  • NFC (Near Field Communication): é aquela tecnologia de aproximação, que permite colocar o celular próximo à maquininha de cartão para fazer o pagamento;
  • QR codeé uma alternativa ao NFC em que a câmera do celular lê o código e finaliza a operação. Com as contas digitais e o PIX oferecendo o QR Code como possibilidade, fica bem mais fácil. No entanto, a transação é mais lenta.

Qualquer que seja o caso, essa breve explicação já mostra que há benefícios ao usar as carteiras digitais. Mas existem outras vantagens.

E-wallets são seguras

O uso da carteira digital é cada vez maior porque evita que você precise andar com dinheiro físico e até com cartões de crédito e débito. Todas as informações estão à sua disposição em poucos cliques.

Continua após a publicidade

Além disso, seus dados ficam bastante seguros no sistema. Em alguns casos, é possível até cadastrar a biometria e dispensar o uso de senhas. 

Promovem economia nas suas finanças

Já pensou em conseguir descontos em produtos e serviços só por usar uma e-wallet? É exatamente isso que acontece em muitos casos.

Várias empresas fazem parcerias com os estabelecimentos e dão descontos e benefícios para quem compra lá. Ainda há o retorno via cashback. Ou seja, você recebe de volta parte do que gastou e pode usar essa quantia para outra coisa.

E-wallets são práticas de usar

Ao usar essa tecnologia, as compras e os pagamentos são feitos com rapidez. Você pode, por exemplo, pagar vários boletos de uma só vez. Assim, tudo é feito de forma simples e sem burocracia.

Continua após a publicidade

Cobram tarifas reduzidas para o uso da carteira digital

Com a grande quantidade de e-wallets no mercado, é fácil pesquisar a melhor para você. Algumas opções isentam a cobrança de taxas para usar os serviços. Outras oferecem um limite gratuito mensal.

Desvantagens das carteiras digitais

Por outro lado, existem pontos que precisam ser contornados para que as carteiras digitais continuem interessantes para você, afinal, usar uma e-wallet também implica em administrar seus pontos negativos — e é preciso conhecê-los para ter certeza de que esse serviço é bom para você.

A seguir, listamos as principais desvantagens do uso das carteiras digitais. Veja!

Não oferecem atendimento presencial

Ok, o objetivo de uma e-wallet é justamente fazer operações por meios eletrônicos. Mas pode acontecer de você precisar de um suporte rápido. Nesse caso, precisará fazer tudo por chat, e-mail ou telefone.

Talvez você não se incomode com isso. Porém, se gostar de um atendimento presencial, pode ser que as carteiras digitais não sejam as melhores opções.

Continua após a publicidade

Dependência da tecnologia

Novamente, a ideia da e-wallet é utilizar mais a tecnologia. No entanto, inconsistências e interrupções nos serviços digitais podem acontecer e você ficar sem acesso em momentos cruciais, como na hora de pagar uma conta.

Outras possibilidades são acabar a bateria do seu celular, a tecnologia parar de funcionar, a internet interromper etc. Em qualquer um desses casos, você fica na mão se não tiver dinheiro ou cartão físico.

Nem todos estabelecimentos estão preparados para aceitar este tipo de pagamento

Os estabelecimentos precisam usar maquininhas especiais que realizam transações com carteiras digitais ou, estarem preparados para gerarem QR Code, o que ainda não é uma unanimidade em alguns estabelecimentos ou prestadores de serviços.

Vale dizer que nesse sentido, a chegada do PIX contribuiu para fortalecer ainda mais a rede de estabelecimentos em que você pode usar sua e-wallet. Isso porque a tecnologia dos pagamentos instantâneos oferece o QR Code como uma das formas de identificação da conta da loja ou profissional. Ou seja, ficou mais fácil.

Continua após a publicidade

Limitações de serviços nos diferentes modelos de carteira digital de dinheiro

Existem diferentes tipos de e-wallet e cada uma delas tem pontos positivos e negativos. Veja quais são os principais modelos:

  • carteira para desktop ou computador: o programa funciona no próprio dispositivo. Apesar de ser prática, tem essa restrição, além de depender da segurança do aparelho, que pode ser fraca;
  • carteira mobile: o programa é executado como aplicativo para tablet e smartphone. É bastante prática, mas é preciso tomar cuidado com os backups para garantir acesso ao dinheiro, caso o aparelho seja perdido;
  • carteira online: é executada na nuvem e pode ser acessada por qualquer dispositivo com internet. Por outro lado, os provedores armazenam as chaves privadas e isso exige cuidado com o vazamento de informações;
  • carteira hardware: tem formato de dispositivo físico, como um pendrive. É seguro, mas tem custo maior e é preciso sempre estar com o dispositivo para fazer as transações;
  • paper wallet: o armazenamento é feito em formato impresso, sendo uma cópia das chaves privadas e públicas. É segura, mas pode ser difícil recuperar o dinheiro, se você perder o papel.

Então, vale a pena usar e-wallet?

As carteiras digitais são mais uma facilidade para quem deseja pagar produtos e serviços. Elas permitem que você faça transações e aquisições sem ter dinheiro ou cartões físicos à mão, o que pode ser muito interessante para algumas pessoas.

Além disso, elas trazem benefícios de empresas parceiras, promovem ações para fidelizar seus usuários como cashback nas compras e trazem soluções que outros serviços ainda não contemplam integralmente, por exemplo a gestão de criptomoedas.

Apesar disso, é preciso considerar o seu perfil antes de tomar a decisão de abrir a sua conta em uma e-wallet. Você gosta de usar a agência do seu banco? Tem sempre acesso à internet no celular? Tem facilidade em usar essas tecnologias?

Continua após a publicidade

Essas são apenas algumas perguntas que precisam ser respondidas antes de decidir se vale a pena ter a sua carteira digital. Além disso, você precisa pensar na sua gestão financeira.

Pense em como o seu orçamento pessoal é dividido e gasto. Você acha que, diante da sua rotina, seria mais fácil contar com esse recurso? Ou ele é dispensável?

De toda forma, uma e-wallet ajuda a controlar as despesas, já que tudo fica registrado. Portanto, esse é um ponto bastante favorável para quem deseja contar com a tecnologia.

Perguntas frequentes sobre a e-wallet

  1. Carteiras digitais são seguras?

    Sim, as e-wallets têm recursos de criptografia e outros para garantir a segurança das informações. Em alguns casos, o usuário também pode cadastrar a biometria, o que evita o acesso de pessoas não autorizadas.
    Ainda assim, é importante que os usuários da carteira digital tomem cuidados com a segurança de seus dispositivos e informações, sempre escolhendo senhas fortes, não emprestando seus equipamentos para terceiros etc.

  2. Todo smartphone tem uma Wallet?

    Smartphones Samgung, ou com sistemas operacionais Android e iOS mais recentes normalmente trazem o aplicativo ewallet já disponível na configuração. Todavia, a decisão de uso é do cliente.

  3. Onde usar a e-wallet?

    É possível usar a e-wallet em estabelecimentos físico ou virtuais, desde que tais locais estejam preparados para receber esse tipo de pagamento.

  4. Carteiras digitais fazem PIX?

    Sim, algumas e-wallets oferecem o PIX como meio de movimentação financeira. É o caso da BanQI, Picpay e Vivo Pay, por exemplo.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

2 comentários

  1. Marcos Souza

    Boa tarde hackers podem roubar nosso dinheiro aí?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.