Custo de oportunidade: entenda o que é e veja exemplos!

Saiba tudo sobre custo de oportunidade, o que é, como ele se aplica no mercado financeiro e por que é tão importante fazer esse cálculo em cada decisão.

melissa nunes perfil
Melissa Nunes

Conhecer e aplicar o conceito de custo de oportunidade pode te ajudar a tomar as melhores decisões financeiras no seu dia a dia. Ao fazer uma escolha, podemos estar abrindo mão de outros benefícios, que, muitas vezes, podem não ser mensurados. No entanto, é importante saber como calcular todos os custos de uma decisão, para ter a segurança de estar escolhendo o melhor produto e as melhores vantagens.

Pensando nisso, o iDinheiro preparou um conteúdo especial sobre custo de oportunidade, para te ajudar a entender o que é esse conceito e como aplicá-lo na sua vida financeira. Acompanhe, na leitura:

Continua após a publicidade

  • o que é custo de oportunidade e por que ele é importante;
  • exemplos desses conceito; e
  • como calcular seu custo de oportunidade.

O que é custo de oportunidade

O conceito de custo de oportunidade representa o que você perde quando faz uma escolha. Em teoria, sua concepção aborda a relação direta entre renúncia e escassez, e pode ser usada para medir, principalmente, as perdas qualitativas.

No entanto, na prática, trata-se de uma ideia simples: ao tomar uma decisão entre dois elementos, você estará abrindo mão de um deles, e, com isso, também das suas vantagens (e desvantagens). Também é possível entender o custo de oportunidade como algo que “pagamos” por uma escolha, ou deixamos de ganhar.

Continua após a publicidade

Além disso, é comum que as pessoas diferenciam essa definição do conceito de custo real, que envolve a mensuração de valores e preços, por exemplo. Entretanto, o custo de oportunidade também pode ser usado para avaliar escolhas financeiras.

E, apesar de se chamar “custo” de oportunidade, existe a possibilidade de aplicar esse conceito de forma positiva. Ou seja, avaliar o que foi ganho ao fazer uma escolha, em vez de perdas.

Por que esse conceito é importante?

Conhecer o custo de oportunidade em qualquer decisão é fundamental para avaliar todos os prós e contras de cada escolha. Assim, ao aplicar esse conceito, podemos ter uma visão mais concreta e objetiva das vantagens que cada opção irá proporcionar. Dessa forma, aumentam as chances de satisfação com a escolha feita, além de poder aproveitar a alternativa que apresenta os maiores ganhos.

Além disso, fazer uma escolha também requer avaliar todas as consequências e prejuízos que as opções oferecem. Sem aplicar o custo de oportunidade, essa análise não será completa, o que pode prejudicar a tomada da decisão mais benéfica para o cenário.

Continua após a publicidade

Exemplos de custo de oportunidade

A todo momento, estamos fazendo escolhas, e, com elas, podemos perder ou ganhar coisas.

Por exemplo, ao comprar uma televisão de 42 polegadas por R$2 mil, em vez de um modelo de 50 polegadas por R$3 mil, você estará economizando R$1 mil. No entanto, também estará perdendo no tamanho da televisão, e outras vantagens que ela pode oferecer, como qualidade da imagem.

É comum que muitos associem o custo de oportunidade apenas com ganhos e perdas qualitativas. Entretanto, esse conceito também é fundamental para escolhas financeiras, especialmente investimentos. Isso porque cada produto e modalidade possui suas vantagens e desvantagens. Assim, ao escolher uma opção, inevitavelmente estará sujeito ao custo de oportunidade das demais.

Como escolher entre investir em títulos públicos ou no mercado de ações? Ambos são aplicações distintas, com suas características e benefícios.

Títulos públicosMercado de ações
– Alta segurança, baixo risco– Sem garantias, alto risco
– Potencial de rentabilidade menor– Potencial de rentabilidade maior
– Retorno garantido no longo prazo– Possível retorno no curto prazo
– Opção mais conservadora– Opção mais arrojada

Investir em títulos públicos, uma aplicação de renda fixa, é escolher uma opção mais concreta, de longo prazo, com baixos riscos. No entanto, a rentabilidade pode ser menor, com vencimentos maiores. Enquanto isso, na renda variável, o mercado de ações é volátil, considerado de alto risco. No entanto, sua rentabilidade pode ser alta, com um possível retorno em curto prazo.

Continua após a publicidade

Escolher um desses investimentos é renunciar ao custo de oportunidade do outro. Nesse caso, será necessário avaliar qual atende melhor às suas necessidades.

Em resumo, todas as escolhas apresentam ganhos e perdas, especialmente investimentos e decisões financeiras. Por isso, conhecer o que é custo de oportunidade ajuda a definir as melhores oportunidades em cada caso.

Como calcular o custo de oportunidade

A princípio, a forma mais simples de calcular o custo de oportunidade é através de comparações. Isso é válido para decisões financeiras, como investimentos, e também para escolhas do dia a dia.

Basicamente, é preciso se perguntar: “o que eu ganho se eu escolher isso?” Dessa forma, você será capaz de visualizar os benefícios e prejuízos de cada opção, e definir a melhor para o seu caso.

Continua após a publicidade

No mercado financeiro, alguns especialistas preferem utilizar fórmulas para calcular o custo de oportunidade de seus investimentos. Não é uma regra, mas existe a possibilidade de determinar esse conceito realizando a soma dos benefícios e do custo real. Por exemplo:

custo de oportunidade A = benefícios de B + [custo real de A – custo real de B]

Assim, o investidor poderá ter uma ideia mais clara de seus ganhos e perdas. Entretanto, é possível encontrar esses custos comparando cada opção.

Risco calculado: Best Worst Analysis (BWA)

Entre os conceitos desenvolvidos por especialistas, o Best Worst Analysis é um dos mais simples e mais eficientes. Ele foi criado pelo neurocirurgião Ben Carson, como forma de determinar um panorama completo de decisões arriscadas e entender o custo de oportunidade de cada uma delas.

O método consiste em apenas quatro perguntas:

  1. qual a melhor coisa que pode acontecer se eu tomar essa decisão?
  2. qual a pior coisa que pode acontecer se eu tomar essa decisão?
  3. em seguida, “qual a melhor coisa que pode acontecer se eu não tomar essa decisão?
  4. por fim, “qual a pior coisa que pode acontecer se eu não tomar essa decisão?

Dessa forma, você poderá ter uma visão muito mais clara e concreta de todas as suas escolhas, bem como o custo de cada uma. Você pode, inclusive, fazer quatro quadrantes em uma folha de papel e visualizar os prós e contras de maneira mais dinâmica, assim:

Continua após a publicidade

exemplo de análise BWA para medir custo de oportunidade feita em quadrantes

Além disso, ele também indica o questionamento de toda decisão pelo menos uma vez. “Por que estou fazendo essa escolha?”. Isso ajudará a calcular os riscos e entender a resolução por completo.

Afinal, vale a pena calcular o custo de oportunidade?

No dia a dia, precisamos tomar uma série de decisões, que podem trazer diferentes benefícios e prejuízos. Por isso, é importante avaliar com firmeza cada uma dessas opções, para garantir o melhor cenário de vantagens.

Assim, conhecer e calcular o custo de oportunidade antes de fazer uma escolha é essencial para confirmar os ganhos e perdas existentes. Isso é válido especialmente para decisões financeiras, que oferecem um impacto significativo no futuro.

Dessa forma, considerar esse conceito e determinar todos os riscos é uma maneira de assegurar a melhor decisão, e também diminuir as chances de prejuízo. Essa avaliação irá proporcionar maior segurança nas suas escolhas, bem como permitir que você tenha um maior conhecimento sobre seus ganhos em todas as áreas.

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de ativar as notificações do Push e assinar a newsletter do iDinheiro para receber todas as novidades do universo financeiro.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.