Empréstimo e Financiamento, Notícias

Itaú lança opção de crédito imobiliário corrigido pela poupança

Heloísa Vasconcelos
mão com chave, representando crédito imobiliário corrigido pela poupança

WhatsappLinkedInTwitterFacebookO Itaú lançou nesta quinta-feira, 10 nova linha de crédito imobiliário corrigido pela poupança. A […]

O Itaú lançou nesta quinta-feira, 10 nova linha de crédito imobiliário corrigido pela poupança. A opção permitirá financiamento de até 90% do valor do imóvel.

A cobrança de juros terá taxa fixa de 3,99% somados à remuneração da poupança, hoje em 1,4%. Dessa forma, serão cobrados 5,39% ao ano, considerando a Selic hoje a 2%.

Continua após a publicidade:

Financiamento segue a tendência das quedas contínuas da Selic e dos bancos em aumentar a participação de créditos com prazos mais longos e com maiores garantias na carteira. Nesta linha, o prazo para pagamentos chega a 30 anos.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Nova linha de crédito imobiliário corrigido pela poupança

O diretor executivo do Itaú, Alexandre Zancani, pontua que o lançamento da nova linha libera um potencial de taxas menores que antes não eram viáveis devido ao cenário econômico. 

“Ao mesmo tempo, ainda que a Selic venha caindo bastante ao longo dos últimos meses, o mercado não conseguia repassar [toda a queda] dado o risco estrutural e os modelos de crédito nos quais os bancos atuam”, justifica.

Como o rendimento da poupança varia em relação à Selic, banco estabeleceu limite máximo de juros cobrados ao ano de 10,16%. Essa variação, porém, não será avisada aos clientes, que devem acompanhar o andamento da taxa básica de juros.

A opção de crédito está disponível apenas para os imóveis residenciais. Nela, é possível que a renda seja composta por mais de uma pessoa e que parte do pagamento seja feito com o uso do FGTS. 

Linha de crédito com garantia de imóvel financiado

Nesta quinta-feira, 10, também foi lançada uma linha de crédito com garantia do imóvel financiado. Medida possibilita aumentar liberação de crédito no sistema financeiro e diminuir juros para o tomador.

“Como usaremos como garantia o arcabouço do próprio imóvel já alienado, trazemos a possibilidade de que o cliente tenha o crédito com o valor saldo remanescente do financiamento imobiliário anterior e com as taxas anteriores também”, destaca Zancani.

Nessa nova linha será possível a portabilidade de créditos feitos com outros bancos.

Outras mudanças anunciadas

Além das duas linhas de crédito, foram anunciadas mudanças nas taxas do crédito imobiliário já existente no banco. O Itaú reduziu os juros de 7,3% ao ano mais TR (Taxa Referencial, cujo rendimento atual é 0%), para 6,9% ao ano mais TR. 

O banco ainda aumentou o percentual financiável do imóvel de 80% para 90% do valor do bem.

O crédito com garantia de imóvel, antes disponível apenas para público de alta renda, foi popularizado para todos os clientes do banco. Nessa opção, taxas de  juros são de de 0,94% ao mês mais TR e prazo de pagamento é de até 10 anos.

Gostou do conteúdo? Então não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *