Seguros

Como fazer cotação de seguro? Aprenda a escolher a melhor opção.

Amanda Gusmão
cotação de seguro

Fazer uma cotação de seguro objetiva é muito importante para encontrar a melhor condição de contratação. Veja o que não pode faltar.

Como fazer cotação de seguro? Aprenda a escolher a melhor opção.

Chegou a hora de fazer a cotação de seguro? Significa que você comprou um bem recentemente ou, está procurando soluções que tragam mais segurança profissional e familiar.

Isso é ótimo, e, mesmo que pareça “mais uma despesa” para seu orçamento, eles são mais importantes do que você imagina.

Continua após a publicidade:

Aliás, tão importante como ter uma apólice de seguro, é saber como fazer uma cotação e encontrar o melhor serviço para você. Neste conteúdo, separamos dicas essenciais. Confira.

Por que é preciso contratar um seguro?

Você pode contratar seguros em diversas ocasiões. Quando contrata um empréstimo no banco, adquire seu automóvel, imóvel, vai fazer uma viagem, para proteger a sua vida, por exemplo.

Continua após a publicidade

Cada um dos seguros, como você pode deduzir, tem um propósito, mas todos vão trazer alguns benefícios para o segurado, como:

  • Proteção para você e seus familiares;
  • Garantia de um custo-benefício melhor em situações em que eles precisam ser acionados, como o conserto de um carro depois de uma batida;
  • Preservação dos seus bens;
  • Segurança financeira;
  • Cumprimento de obrigatoriedade em alguns casos;
  • Tranquilidade;
  • Assistências extras.

Ou seja, você deve contratar um seguro para garantir sua tranquilidade, preservar seu bem contra os riscos e também para atender algumas leis, em casos específicos.

Quais tipos de seguros podem ser cotados?

No Brasil existem, oficialmente, 89 ramos em 12 segmentos regulamentos e fiscalizados pela Supep, além dos seguro de saúde, que são acompanhados pela ANSS.

Os mais comuns são seguros para automóveis, residências e vida.

Quais os canais mais usados para fazer cotação de seguro?

É possível fazer cotação de seguros online ou presencial. Além das empresas especializadas, bancos e outras instituições financeiras também oferecem esse tipo de produto.

Continua após a publicidade

Mas, aqui vai uma dica: é preciso entender que a cotação é uma das etapas da contratação do seguro.

Nela os riscos da proteção do bem ou vida são estimados para o cálculo do seguro, assim como também serve para estimar o valor do bem e da apólice. Por isso, as demais etapas, como a avaliação de um veículo, podem ser presenciais.

Agora que você já sabe porque contratar um seguro, quais são seus principais tipos e canais de contratação, é hora de se preparar para fazer suas cotações, certo? Então, veja a seguir seu passo a passo.

Qual o passo a passo da cotação de seguro?

Além dos diversos tipos de seguro, também temos muitas instituições que oferecem esse tipo de produto.

Continua após a publicidade

Ou seja, se você estiver procurando opções para segurar seu bem, vai encontrar valores e condições diferentes. E como proceder nesse caso? Fazer, pelo menos, duas ou mais cotações.

Aqui vão algumas dicas na sequência para uma cotação de seguro:

  • Peça indicações de empresas e corretores de seguros para seus amigos e parentes, a boa experiência é valiosa;
  • Liste todas as empresas e corretores que deseja consultar;
  • Verifique se as instituições e profissionais são autorizados pela SUSEP e, elimine aqueles que não estiverem regularizados com o órgão regulador responsável, evitando transtornos;
  • Solicite uma proposta de seguro para cada uma delas;
  • Compare os diferenciais e benefícios que cada proposta oferece;
  • Agende a vistoria do bem, se necessário;
  • Escolha a opção mais alinhada com suas condições de pagamento.

Como escolher o seguro ideal para seu perfil?

A contratação de seguros tem alguns detalhes que precisam ser observados, por exemplo, o que a apólice contempla.

Veja os detalhes da apólice do seguro

Uma cotação de seguro auto deve listar quais os serviços estariam cobertos em caso de sinistro, valor da cobertura total em situações de perda total e também condições de renovação, já que cada seguro pode ter uma proposta diferente.

Saiba quais documentos são necessários para fazer a cotação de seguro

Cada tipo de cotação de seguro tem um grupo de documentos e informações diferentes.

No caso da cotação de seguro auto é preciso colocar dados sobre o proprietário do carro, quem vai dirigir o veículo, assim como informações sobre o bem.

Continua após a publicidade

Essas informações vão ser analisadas e mapear o grau de risco de sinistro do carro. Quanto menor a probabilidade de sinistro, mais barata ficará a cotação do seguro.

Entenda como funciona a vistoria na cotação do seguro

A vistoria do bem funciona como uma forma de confirmação das informações transmitidas na cotação do seguro. Por isso, é importante passar os dados corretamente.

Ela pode ser feita em qualquer local para o caso de automóveis, porém, é comum que o proprietário tenha que levar seu veículo até á rede credenciada.

Considere os seguros oferecidos nos bancos

Os bancos oferecem opções de seguros de outras seguradoras, por isso, podem oferecer duas ou mais cotações de valores para o serviço.

Continua após a publicidade

São pacotes básicos, ou seja, tem um grau de personalização limitado.

Porém, os bancos consideram o grau de relacionamento do correntista para liberar outras condições e serviços, como a oferta de empréstimos com juros mais baratos, por exemplo.

Por isso, se existe interesse em outros serviços do banco, considere a opção de contratar o seguro pela instituição.

E, não se assuste. É comum que todas as empresas que você cota um seguro, além daquela que você vai fechar o negócio, entrem em contato com você depois de um ano.

Isso acontece porque é o tempo de vigência do seguro, e, na sequência, você deve optar pela renovação com desconto ou a migração do seu plano para outra seguradora.

Continua após a publicidade

Seja qual for sua decisão, isso só vai acontecer depois que você contratar o seguro que precisa, certo? Então, melhor começar pela cotação do seguro.

Conclusão

O processo de cotação de seguro pode ser um pouco desgastante, mas é essencial para a sua segurança e do seu patrimônio.

Ninguém quer precisar acionar sua seguradora, mas se for preciso, que pelo menos, o serviço seja prestado com excelência.

Por isso, escolher entre as opções aquela que traz melhor custo-benefício para você é essencial.

Se você precisa de mais dicas para a contratação de produtos e serviços financeiros, continue acompanhando as publicações do iDinheiro por nossa newsletter. Assine gratuitamente.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *