Consórcio vale a pena? Descubra agora!

Será que consórcio vale a pena? Descubra se esse método alternativo ao financiamento e ao empréstimo é uma boa para você!

Isabella Proença
Isabella Proença

Consórcio vale a pena? Descubra agora!

O setor de consórcios está em constante crescimento. No primeiro trimestre de 2020, a alta apresentada no número de vendas foi de 9,7%.

No entanto, a dúvida de muitos que cogitam contratar essa modalidade de crédito é: consórcio vale a pena?

Continua após a publicidade

Para obter a resposta dessa pergunta, continue lendo este artigo!

O que é um consórcio?

Basicamente, o consórcio é uma modalidade de compra que tem como base o agrupamento de pessoas — sejam elas jurídicas ou físicas — com o objetivo em comum de criar uma poupança para a aquisição de serviços e bens móveis e imóveis

Estes serviços ou bens podem ser veículos, imóveis e até mesmo uma cirurgia plástica.

A formação dos grupos fica a cargo da administradora de consórcios, que deve ser uma empresa autorizada e fiscalizada pelo Banco Central.

Continua após a publicidade

Ademais, a função da administradora é gerir os grupos e tornar funcionamento do consórcio viável. Portanto, é cobrada uma taxa de administração.

Como o consórcio funciona?

No sistema de consórcio, o valor do serviço ou do bem é dividido em um período preestabelecido em contrato e todos os participantes do grupo devem contribuir no decorrer desse prazo. 

Com isso, todos os meses (ou em outro intervalo descrito no contrato) a administradora contempla um ou mais integrantes do grupo com crédito no valor do serviço ou do bem contratado, até que todos os participantes sejam contemplados

Há duas maneiras de obter essa carta de crédito: através de um lance ou por meio de um sorteio. 

Continua após a publicidade

A contemplação através de um sorteio ocorre quando a cota do integrante é premiada, isto ocorre em períodos predeterminados, podendo ser quinzenais, mensais e assim por diante.

Quando o participante é sorteado, ele obtém acesso à sua carta de crédito para adquirir o serviço ou o bem, sem precisar pagar nada além das parcelas do consórcio.

Por outro lado, a contemplação realizada através de um lance ocorre por meio de um leilão, que também acontece periodicamente.

O processo é bastante simples: o integrante que oferecer o maior valor em dinheiro será contemplado com o benefício.

Continua após a publicidade

Consórcio X investimento

Embora muitos creiam que o consórcio é uma modalidade de investimento, essa afirmação não é verdadeira.

O consórcio não é um tipo de investimento. Já que o montante pago é maior do que o valor da compra do serviço ou bem.

Isso ocorre, pois há o valor adicional da taxa de administração que é somado ao custo total.

No entanto, não significa que o consórcio não seja uma boa maneira de viabilizar investimentos.

Continua após a publicidade

Caso você possua uma reserva financeira significativa, porém ainda não suficiente para comprar um imóvel, pode ser interessante consultar a empresa administradora sobre a possibilidade de realizar um lance contemplável em um período curto de tempo.

Isso porque, em geral, as parcelas do consórcio são mais baratas do que as prestações de um financiamento.

E a oferta de um lance contemplável seria algo semelhante a dar uma entrada de financiamento, sem assumir todos os custos envolvidos.

Essa é uma prática comum entre os investidores que têm o objetivo de adquirir imóveis para revender ou alugar. O critério de escolha é que o lucro gerado pela revenda seja maior que a taxa de administração do consórcio. 

Continua após a publicidade

Esse é um tipo de investimento rentável. Porém, lembre-se o investimento em si foi a compra do imóvel. O consórcio, nesse caso, se trata do custo do investimento.

Vantagens e desvantagens da contração de um consórcio

Ainda que a contratação de consórcios seja bastante popular, é preciso avaliar cuidadosamente os prós e os contras envolvidos para ter certeza de que se trata de uma alternativa vantajosa para você. 

Vantagens

Dentre as principais vantagens oferecidas pelo consórcio, as seguintes se destacam:

Economia e disciplina

Adquirir um bem ou um serviço de valor mais elevado sem precisar se comprometer com um financiamento é o desejo de muitos, porém nem todos possuem o dinheiro total em mãos para efetuar o pagamento à vista.

Além disso, também é nítida a dificuldade que as pessoas têm de poupar dinheiro, não conseguindo economizar por si só.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, o consórcio pode ser uma boa opção, pois há o compromisso de pagar as parcelas e, assim, a economia se torna obrigatória.

Ainda, o consórcio também auxilia em relação à disciplina, visto que é necessário aguardar para adquirir o serviço ou bem desejado.

Parcelas mais baixas

A taxa do consórcio tende a ser menor que a taxa de um financiamento. 

Em cada prestação do financiamento há altos juros atrelados. No caso de veículos, por exemplo, esses juros podem ultrapassar a marca de 25% ao ano.

Já no consórcio, os custos são menores e a única taxa que o contribuinte precisa pagar é a taxa de administração para a empresa que gerencia o consórcio.

Continua após a publicidade

Essa taxa gira em torno de 15% a cada 5 anos, que é a duração média de um consórcio. Com isso, pode-se afirmar que o consórcio é 10 vezes mais barato que o financiamento.

Maior flexibilidade

Ao receber a carta de crédito, o contemplado tem a liberdade de utilizá-la da maneira que quiser. Por exemplo, caso o bem contratado seja um automóvel, é possível optar por outra marca, modelo e até mesmo outro tipo de veículo.

O Banco Central define que, desde que faça parte da mesma categoria, qualquer bem pode ser adquirido em um consórcio.

Em relação aos veículos, é possível comprar carros, motos, lanchas, caminhões, aeronaves, etc.

Além disso, também é possível comprar um bem que possua um valor diferente. Caso seja mais caro, é preciso completar a diferença.

Continua após a publicidade

Se o bem for mais barato o saldo restante pode ser utilizado para quitar a dívida com a empresa administradora.

É importante ressaltar que pode-se utilizar até 10% do valor total da carta de crédito para pagar despesas ligadas ao bem ou a serviços relacionados, como documentações, seguros e impostos.

Por fim, também há como retirar o dinheiro em si, caso você não tenha interesse em utilizar a carta de crédito.

Desvantagens

As desvantagens apresentadas pelo consórcio, são:

Prazo longo

Assim como já foi dito acima, a duração média de um consórcio é de 5 anos.

Continua após a publicidade

Logo, se o cotista não for contemplado no sorteio nem no lance livre, terá que esperar até o fim do prazo do consórcio.

Por esse motivo, se você tem a necessidade de possuir o serviço ou bem imediatamente, pode ser mais vantajoso optar pelo financiamento — apesar dos juros altos — ou por um investimento rentável de alta liquidez para juntar o dinheiro e comprar à vista.

Risco de inadimplência

Há um maior risco de inadimplência no consórcio, pois é preciso que todos os consorciados paguem suas prestações em dia para que o recebimento da carta de crédito seja possível.

Dessa forma, é importante se informar sobre os impactos que a inadimplência de outros consorciados causarão no grupo.

Continua após a publicidade

Afinal, consórcio vale a pena?

Para saber se o consórcio vale a pena, é preciso avaliar a sua situação. Mas, no geral, o consórcio é uma ótima alternativa para quem não tem pressa de adquirir o bem ou o serviço.

Ou seja, para as pessoas que podem esperar pela contemplação com tranquilidade.

Também representa uma boa opção para quem não consegue guardar dinheiro sozinho, assim, você pode começar a construir seu patrimônio.

Gostou de saber se consórcio vale a pena? Então assine a newsletter no iDinheiro para receber mais informações relevantes como essa diretamente no seu e-mail. 

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.