Consórcio para cirurgia plástica: Vale a pena? Descubra!

Conheça mais sobre o consórcio para cirurgia plástica, como esse procedimento funciona e quais os benefícios para o seu bolso!

Design sem nome (1)
Mariana Vieira

O consórcio para cirurgia plástica é uma modalidade que vem se tornando cada vez mais popular entre os consumidores, e pode ser uma alternativa mais acessível para realizar o procedimento estético desejado.

Geralmente, operações dessa modalidade apresentam um custo mais elevado, e muitas pessoas podem encontrar dificuldades em se planejar financeiramente para atingir esse objetivo.

Continua após a publicidade

Por esse motivo, novas opções do mercado chamam a atenção, principalmente se apresentarem benefícios como praticidade e autonomia para pagamento.

Assim, vale a pena conhecer mais sobre o consórcio para cirurgia plástica se você está em busca de possibilidades diferenciadas para o seu procedimento.

Continua após a publicidade

Confira mais detalhes sobre como funciona essa compra e quais os benefícios que ela pode trazer para quem quer planejar a mudança física almejada.

O que é o consórcio para cirurgia plástica?

O consórcio para cirurgia plástica é uma modalidade de compra planejada com financiamento coletivo voltado para a realização de serviços de estética.

Nesse caso, ele funciona como um consórcio convencional, como é comum de serem realizados para a compra de imóveis ou automóveis, por exemplo.

Aproveite e saiba quais são os 7 melhores consórcios do Brasil!

Entretanto, a diferença é que as cartas de crédito objetivam financiar procedimentos estéticos diversos, de acordo com o desejo do consumidor que busca essa alternativa.

Continua após a publicidade

Após aderir a essa possibilidade, o consorciado poderá ser sorteado todos os meses, até o final do pagamento, ou realizar lances que antecipem sua contemplação.

Assim, poderá utilizar o valor para pagar o procedimento e todos os serviços relacionados.

Trata-se de uma forma de realizar uma compra planejada, uma vez que cirurgias plásticas costumam apresentar um valor mais elevado.

Além disso, esse tipo de consórcio também permite escolher diferentes planos para cada tipo de procedimento, sem necessidade de dar uma entrada.

Outro ponto positivo é que não ocorre a incidência de juros, permitindo que o interessado planeje sua cirurgia de forma mais concreta.

Continua após a publicidade

Embora seja uma modalidade mais específica, o consórcio para cirurgia plástica não apresenta características muito distintas das demais categorias.

Os grupos são formados da mesma maneira, e os contratos são similares, descrevendo os direitos e deveres do consorciado, com as datas de início e término da contratação.

No entanto, existem algumas características que chamam a atenção nesse modelo, pois, ao contrário dos consórcios convencionais, o valor não pode ser utilizado para a compra de um bem, somente para o serviço estético.

Ainda, seus prazos e valores são mais baixos do que as cartas de crédito tradicionais, uma vez que os procedimentos podem não se equiparar ao valor de um imóvel ou veículo, por exemplo.

Continua após a publicidade

Como o consórcio de cirurgia plástica funciona?

Inicialmente, o consórcio para cirurgia plástica é igualmente administrado por uma empresa de serviços nessa modalidade.

Dessa forma, ela reúne um grupo de pessoas com o mesmo interesse, no caso o procedimento estético. Ainda, é costume que os participantes busquem as mesmas intervenções, ou semelhantes.

Cada uma das pessoas que estão participando devem pagar o valor correspondente da cota, definida em contrato.

O dinheiro será reunido para disponibilizar a carta de crédito para um dos consorciados a cada mês.

Continua após a publicidade

Com isso, ele poderá seguir com seu procedimento, caso o valor seja suficiente para cobrir todo o serviço.

Além disso, para ter acesso à carta de crédito é preciso ser contemplado, e isso pode acontecer de duas maneiras.

A princípio, por meio de sorteios mensais, que ocorrem durante toda a vigência do consórcio para cirurgia plástica.

No entanto, se o indivíduo não quiser esperar tanto tempo, pode arriscar fazer um lance, oferecendo um valor adicional para acessar a carta mais rápido.

Continua após a publicidade

Se o lance for o mais alto, também existe possibilidade de contemplação.

Contudo, vale reforçar que ser escolhido não tira a responsabilidade de pagar o consórcio, uma vez que ele apenas antecipa a possibilidade de fazer a cirurgia mais cedo.

Assim, o primeiro contemplado deverá pagar o consórcio até o último mês de vigência.

Qual é o valor de um consórcio para plástica?

O valor de um consórcio para cirurgia plástica pode variar, pois depende de quanto cada administradora disponibiliza.

No entanto, a carta de crédito costuma cobrir as despesas médicas de:

  • cirurgião anestesista;
  • equipe de enfermagem;
  • local de internação;
  • profissionais de cirurgia;
  • medicamentos que podem ser necessários;
  • e outros que estejam relacionados ao procedimento.

Por esse motivo, o valor também varia de acordo com o procedimento, uma vez que cada cirurgia estética demanda tempo e recursos diferentes.

Contudo, o consórcio para cirurgia plástica conta com uma flexibilidade maior, uma vez que o consorciado pode mudar de ideia e usar a carta para outro procedimento, se desejar.

Continua após a publicidade

Nesse caso, é necessário confirmar com cada administradora, para verificar as possibilidades que acompanham o uso do valor da carta.

Uma avaliação média determina, ainda, que as cartas de crédito podem variar entre R$5 mil a R$30 mil, com períodos de até 30 meses para pagar.

Esse também é o valor médio do mercado para procedimentos mais simples e comuns, de modo que o consorciado pode utilizar essa cotação no momento de escolher seu consórcio para cirurgia plástica.

Quais tipos de cirurgia podem ser feitas?

O consórcio para cirurgia plástica também pode apresentar algumas restrições quanto ao procedimento autorizado.

Por isso, é importante verificar quais os tipos mais comuns são aceitos para utilização das cartas de crédito.

Continua após a publicidade

Confira quais os tipos de cirurgia contemplados por essa alternativa de pagamento:

ModalidadeDescrição
Cirurgia de siliconeA mais comum é feita para levantar ou aumentar os seios, mas também permite cirurgias de silicone para panturrilhas, braços e glúteos
Cirurgia de narizConhecida como rinoplastia, é um dos procedimentos estéticos mais populares, e serve para alterar o formato do nariz de modo a harmonizá-lo com o resto do rosto. É importante ressaltar que a carta de crédito cobre somente cirurgias estéticas, de modo que cirurgias no nariz para correção de desvios ou motivos de saúde não estão inclusos.
Cirurgia de lipoaspiraçãoEsse procedimento visa retirar o excesso de gordura, normalmente na barriga, mas também pode ser feita em outras partes do corpo sobressalentes.
Cirurgia de abdominoplastiaAjuda a retirar o excesso de pele da barriga, muitas vezes resultante de um processo de emagrecimento rápido. No caso de acompanhar uma cirurgia bariátrica, pode englobar ambos os procedimentos.
Cirurgia para plástica no rostoInclui retirada de rugas, por exemplo, levante nos olhos, aplicação de produtos na testa e outras regiões faciais.
Cirurgia para plástica na orelhaMuitas pessoas se incomodam com o formato das orelhas, e esse procedimento estético também pode ser coberto pelo consórcio para cirurgia plástica.

Contudo, é fundamental reforçar que as cirurgias contempladas podem variar de acordo com cada administradora.

Assim, é essencial confirmar as autorizações por parte da responsável antes de fechar o consórcio para cirurgia plástica.

Quais são as vantagens desse tipo de consórcio?

Depois de conhecer mais sobre o consórcio para cirurgia plástica, vale a pena conferir algumas das vantagens que acompanham esse procedimento.

Dessa forma, será possível decidir pela adesão de maneira mais concreta, permitindo que o interessado avalie a alternativa.

Continua após a publicidade

Por isso, veja os principais pontos positivos que acompanham essa opção:

Sem juros e entrada

Um dos benefícios do consórcio de cirurgia plástica é a possibilidade de planejar a compra do procedimento sem pagamento de juros ou necessidade de entrada.

Muitas alternativas de pagamento podem apresentar um acréscimo a cada parcela, o que aumenta o valor final a ser pago.

No entanto, com o consórcio, é possível saber exatamente o total das mensalidades, permitindo um planejamento mais eficiente e redução nos custos finais.

Além disso, existem diversas possibilidades de contratação, de modo que o cliente pode escolher o total das parcelas e quitar sua dívida ainda mais rapidamente.

Continua após a publicidade

Ainda, algumas clínicas também oferecem descontos para o pagamento à vista.

E, uma vez que o paciente estará com o valor total em mãos, também pode ter essa oferta e reduzir ainda mais o valor final da operação.

Flexibilidade

Enquanto isso, o consórcio de cirurgia plástica também é uma alternativa mais flexível, pois o consorciado tem a liberdade de escolher o grupo com duração e valores que se adequam às suas necessidades.

Caso esteja planejando uma compra de longo prazo, pode optar por um grupo com mais meses para pagar.

Além disso, algumas administradoras também permitem que o consorciado altere o procedimento desejado, podendo destinar o valor do contrato para outra cirurgia.

Continua após a publicidade

Essa flexibilidade de escolha é ideal para pessoas que ainda estão pensando na possibilidade, ou desejam ter mais opções em aberto.

Os grupos também podem optar pelas parcelas que melhor combinam com o perfil de cada um, sem precisar ter a cobrança de altas mensalidades.

Possibilidade de antecipar a cirurgia

Ainda, com um consórcio para cirurgia plástica, é possível planejar o procedimento e contar com a possibilidade de antecipá-lo ainda mais.

Isso porque a contemplação pode ocorrer logo nos primeiros meses, por sorteio, o que permite que o consorciado realize sua operação antes do final do período de pagamento.

Continua após a publicidade

E embora seja necessário continuar quitando as cotas, estar com o procedimento feito pode ser um incentivo.

Enquanto isso, a possibilidade de antecipar a carta com um lance mais alto também é interessante para pessoas que tem pressa.

Dessa forma, com um valor adicional maior do que os demais participantes, é possível adiantar o procedimento, ideal para pessoas mais ansiosas pela sua realização.

A carta de crédito do consórcio de cirurgia plástica é entregue em dinheiro?

Um ponto fundamental para reforçar ao analisar o consórcio para cirurgia plástica é como a carta de crédito é entregue ao contemplado.

Continua após a publicidade

Isso porque essa modalidade não funciona como as convencionais, onde o dinheiro é depositado diretamente para o beneficiário.

Quando o titular for escolhido, ele deve procurar o médico responsável pelo procedimento e fazer a programação do seu procedimento.

Com isso, a administradora entrará em contato com a equipe, para realizar o pagamento. 

A carta de crédito será entregue como uma garantia, e, posteriormente, a administradora realizará a compensação pelo dinheiro.

Dessa forma, o total da carta de crédito não cairá na conta do consorciado, ocorrendo a entrega do valor diretamente para o médico responsável e sua equipe.

Continua após a publicidade

Afinal, o consórcio para cirurgia plástica vale a pena?

Finalmente, depois de conhecer o consórcio para cirurgia plástica, é possível avaliar se vale a pena investir nessa alternativa para realizar o pagamento de um procedimento estético.

Esse tipo de operação costuma ser mais cara, além de ser mais burocrático conseguir o suporte de planos e convênios, por não se tratar de incidências que afetem a saúde do titular.

Nesse caso, interessados em cirurgias estéticas devem procurar opções que permitam planejar a compra do procedimento com mais folga e autonomia.

Assim, optar pelo consórcio de cirurgia plástica pode ser uma boa escolha, especialmente para quem planeja a operação a longo prazo.

Continua após a publicidade

A flexibilidade das parcelas e de escolher um grupo que combine com as suas necessidades também facilita para o consorciado, que pode optar pelo plano ideal para o seu perfil.

Enquanto isso, também pode aproveitar outros benefícios que acompanham essa alternativa, incluindo a não existência de juros e entrada no pagamento, somado à possibilidade de ser contemplado antes.

De forma geral, o consórcio para cirurgia plástica pode ser uma boa opção para pessoas que se interessam por procedimentos estéticos e desejam se planejar para pagar esse tipo de operação.

No entanto, é importante se atentar para alguns pontos, como uma organização de finanças eficiente.

Continua após a publicidade

Isso porque mesmo com a contemplação é necessário continuar pagando as cotas até o final do período do contrato, sob risco de negativação do nome.

Dessa forma, o consorciado deve ter responsabilidade e planejamento, para aproveitar sua carta de crédito sem obstáculos e realizar a operação estética que deseja.

Contudo, considerando os benefícios dessa opção, o consórcio para cirurgia plástica vale a pena, e pode ser uma escolha interessante para você.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.