Consórcios

Consórcio de Imóveis: como funciona essa modalidade de aquisição de imóvel?

Isabella Proença

Confira todas as informações sobre o consórcio de imóveis.

Consórcio de Imóveis: como funciona essa modalidade de aquisição de imóvel?

A compra de uma casa própria é o principal objetivo na vida de muitas pessoas, porém nem todos possuem uma condição financeira que permita adquiri-la à vista.

Por esse motivo, optam pelo financiamento

No entanto, o consórcio de imóveis é uma outra alternativa que pode igualmente transformar esse sonho em realidade.

Continua após a publicidade:

Se você tem interesse em saber mais sobre essa modalidade de compra, continue lendo este artigo para conhecer todos os detalhes sobre ela e averiguar se é uma boa opção para o seu caso.

O que é o consórcio de imóveis?

O consórcio de imóveis é uma opção de crédito que consiste na junção de um grupo de pessoas que possuem um interesse em comum: adquirir uma casa própria.

Continua após a publicidade

No consórcio, todos os participantes pagam um valor mensal antes de comprar o bem.

Diferentemente do financiamento tradicional, que consiste em pegar o dinheiro emprestado para realizar a aquisição e, posteriormente, devolver o valor com juros embutido.

Como o consórcio de imóveis funciona?

Um determinado valor a ser pago mensalmente por todos os integrantes desse grupo é estipulado, formando um tipo de poupança conjunta.

Além disso, até o fim do consórcio, há a realização de sorteios mensais, onde um integrante do grupo é contemplado com a carta de crédito. Ou seja, ele recebe o valor necessário para efetuar a compra do seu imóvel.

Para aqueles que não querem ficar dependendo da sorte, existe outra maneira de adquirir essa carta mais rapidamente, que é a através da opção do lance livre.

Continua após a publicidade

Nesta opção, o consorciado pode ofertar lances de valor ilimitado, e o que oferecer o maior valor entre todos será contemplado com a carta de crédito.

Quais são os custos totais do consórcio?

Apesar de não haver a cobrança de juros, existe um custo para manter o consórcio bem administrado e, por isso, ocorre a cobrança de algumas pequenas taxas.

Fique ciente de todas elas, abaixo. 

Fundo comum

O fundo comum é uma parte da parcela que compreende todos os recursos que serão utilizados para custear as cartas de crédito.

Ou seja, essa taxa é reservada para a criação do caixa do grupo e será utilizada para efetuar a compra do bem pelo consorciado contemplado.

Continua após a publicidade

Fundo reserva

O fundo reserva é uma medida para se prevenir de adversidades, como a inadimplência de alguns integrantes, por exemplo.

Esse fundo tem como objetivo manter o bom funcionamento do consórcio mesmo em casos de situações inesperadas. 

Taxa de administração

A taxa de administração é o valor que a administradora cobra para fazer a gestão de todos os consorciados.

O montante embutido em cada parcela é calculado por meio da divisão da taxa total pelo período de duração do consórcio.

Continua após a publicidade

Esse valor varia de acordo com cada administradora. Por isso, deve ser levado em consideração na escolha da mesma.

Seguro

A taxa do seguro incluído na parcela é uma forma de garantir que os consorciados sejam capazes de honrar as cartas de crédito.

Através disso, é possível cobrir imprevistos como inadimplências derivadas de morte ou desemprego de algum consorciado.

Taxa de adesão

Em casos do consórcio ter sido adquirido por intermédio de algum vendedor, ocorre a inclusão de uma pequena taxa de adesão, que é designada como forma de pagamento para esse profissional.

Continua após a publicidade

Quais as vantagens do consórcio de imóveis?

O consórcio de imóveis é uma opção de crédito que oferece inúmeras vantagens para o participante, sendo o método ideal para aqueles que valorizam a disciplina e uma boa economia.

Veja abaixo as principais vantagens proporcionadas pelo consórcio.

Não ocorre a cobrança de taxa de juros

A principal vantagem do consórcio de imóveis é a isenção de juros, e é por isso que essa opção de crédito está sendo cada vez mais escolhida.

Os consumidores, cada vez mais, buscam fugir das taxas de juros cobradas pelo financiamento tradicional.

Além disso, os valores cobrados pela administração do consórcio são diluídas nas parcelas durante todo o período do contrato.

Continua após a publicidade

E, no fim, são bem inferiores se comparadas as taxas de juros impostas pelos bancos e demais instituições financeiras.

Não precisa dar um valor de entrada

Outra vantagem bastante considerável do consórcio de imóveis é a não obrigatoriedade de um valor de entrada.

O valor total será, portanto, parcelado, sendo necessário pagar apenas as mensalidades até o fim do consórcio.

Este é um fator preponderante para aqueles que não possuem o montante necessário para dar de entrada no imóvel.

Continua após a publicidade

Autonomia na hora de utilizar o crédito

Ao ser contemplado com a carta de crédito, o consorciado possui um leque de opções para utilizá-lo da forma que preferir, desde que faça parte da categoria do bem desejado.

Dentre as opções, o consorciado pode optar por imóveis comerciais ou residenciais — podendo ser novo ou usado — ou, se preferir, também pode utilizar a quantia para adquirir terrenos, reformar ou construir.

Pouca burocracia

Geralmente, não é necessário comprovar renda para fazer parte do consórcio, o que acaba sendo uma ótima vantagem para aqueles que trabalham de maneira informal.

Alta variedade de planos e prazos

As administradoras têm buscado proporcionar uma grande variedade de planos e prazos, para que o consumidor possa optar por um consórcio que enquadre perfeitamente no seu perfil. 

Continua após a publicidade

Atualmente, a duração máxima de um consórcio de imóveis é 17 anos, ou seja, 200 meses.

Quais as desvantagens do consórcio de imóveis?

Apesar de possuir muito mais vantagens, o consórcio de imóveis também pode apresentar alguns aspectos menos vantajosos.

Veja abaixo algumas das desvantagens do consórcio.

Prazo maior para o recebimento do bem

Diferentemente do financiamento, onde é possível adquirir o imóvel logo no pagamento inicial das parcelas, no consórcio demora um pouco mais.

Isso porque depende tanto do participante ser sorteado quanto do lance livre ofertado por ele.

Continua após a publicidade

Caso nenhuma dessas situações venha a ocorrer, a carta de crédito só é concedida ao fim do prazo determinado para o pagamento do consórcio. 

Risco maior de inadimplência

O risco de inadimplência no consórcio de imóveis é alto, pois você fica na dependência de que todos os integrantes do grupo paguem corretamente.

Por essa razão, na hora de assinar o contrato é extremamente importante procurar saber como o grupo será atingido pela inadimplência de outro integrante.

Além disso, o consórcio não permite o atraso de muitas parcelas e, caso você deixe de efetuar o pagamento dessas parcelas, estará correndo risco de perder tudo que foi investido.

Continua após a publicidade

Possibilidade de golpes

É preciso ter noção que em todo tipo de negócio existem aproveitadores com interesse em aplicar golpes e no consórcio de imóveis não é diferente.

Por isso, é extremamente importante pesquisar sobre a reputação da empresa que irá contratar.

Você deve, ainda, prestar bastante atenção caso algum vendedor ofereça contemplação em um curto espaço de tempo.

Para evitar golpes, tire todas as suas dúvidas diretamente com a empresa.

Vale a pena contratar um consórcio de imóveis?

Para saber se vale a pena contratar um consórcio de imóveis, é preciso avaliar quais são as suas necessidades, visto que essa modalidade de crédito apresenta  vantagens e desvantagens. 

Mas, resumidamente, pode-se dizer que o consórcio é uma opção interessante para quem não tem pressa em se mudar, não quer arcar com juros, tem o desejo de se educar financeiramente e busca garantias para o futuro.

Se esse for o seu caso, não hesite em considerar essa possibilidade. Reflita sobre as informações dispostas acima para tomar a melhor decisão. 

Gostou deste artigo? Então assine a newsletter do iDinheiro para receber nossas atualizações diretamente no seu e-mail e tenha informações sobre tudo o que tange o mercado de finanças.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *