Empréstimo, Notícias

Consignado com valor maior já está sendo ofertado nos bancos

Heloísa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos
jovem e idosa, representando crédito consignado com valor maior

O INSS publicou no Diário Oficial da União da última quinta-feira, 9, a regra para consignado com valor maior. Com isso, bancos já ofertam modalidade de crédito.

Segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já podem obter crédito consignado com valor maior nos bancos. O órgão publicou na última quinta-feira, 8, no Diário Oficial da União, regra interna que aumenta de 35% para 40% a margem crédito consignado.

Com isso, os bancos devem passar a ofertar a modalidade de crédito. Conforme a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a modalidade de empréstimo já está disponível. As instituições adaptaram seus sistemas às novas regras, tornando o empréstimo maior possível ao público.

Continua após a publicidade

Ao portal Agora, Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander confirmaram o aumento da margem do empréstimo. A Caixa não emitiu resposta.

Regras para consignado com valor maior

A aprovação do aumento da margem de empréstimo consignado foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no início deste mês. A medida foi criada para amenizar a crise econômica causada pela pandemia e é válida até o dia 31 de dezembro. 

Com nova margem, segurados podem comprometer maior parte da renda com empréstimos. 

Antes, os 35% de comprometimento de renda eram divididos permitindo 30% para empréstimo consignado e 5% para cartão de crédito. Agora, limites são 35% e 5%, respectivamente.

Devido a permitir o desconto da dívida diretamente da folha de pagamento, o empréstimo consignado tem taxas menores.

Atualmente, as taxas máximas autorizadas são de 1,80% ao mês, para o empréstimo, e 2,70% ao mês, para o cartão consignado.

Sobre o aumento

O aumento da margem de crédito consignado foi recomendado pelo Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) no final de agosto para ajudar aposentados a enfrentar a crise econômica.

No entanto, medida só foi sancionada no início deste mês, sendo publicada no último dia 2. Ela é válida até o fim do estado de calamidade pública decretado em março, previsto para o último dia deste ano. 

Quer continuar acompanhando notícias sobre empréstimos? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba tudo em tempo real.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *