Cartão de Crédito, Notícias

Compras internacionais com cartão pré pago são autorizadas pelo BC

Karina Carneiro
Karina Carneiro
homem no computador com cartão, representando compras internacionais com cartão pré pago

Autorização para compras internacionais com cartão pré pago chega ao mercado para facilitar o acesso a produtos do exterior

Na última quinta-feira, 17, o Banco Central concedeu a autorização para compras internacionais com cartão pré pago em sites online. As operações poderão ocorrer por meio de empresas especializadas em transações e carteiras digitais, como PagSeguro e PayPal.

A partir de agora, as compras serão realizadas em reais e a conversão para o desconto será feita de maneira automática no momento da transação.

Continua após a publicidade

Em nota oficial, o Banco Central informou que essa é uma medida estratégica que visa “ampliar as possibilidades disponíveis de compras para os cidadãos e às empresas, principalmente exportadoras para realizarem operações no exterior”.

Sobre as compras internacionais com cartão pré pago

Até o anúncio oficial do Banco Central, não era possível realizar as compras internacionais com cartão pré pago por meio dessas empresas digitais. 

A permissão, portanto, facilitar o acesso às compras fora do país, permitirá aos usuários sem acessos à cartões de crédito tradicionais continuarem consumindo produtos e serviços sem maiores problemas. 

Mudança de regulamentação de contratos de câmbio

Além disso, a autoridade monetária também divulgou algumas mudanças em relação à regulamentação de contratos de câmbio. Elas devem entrar em vigor a partir de 1º de outubro de 2020.

Entre elas está a permissão para usar gravações de imagens de voz ou sinalizações gráficas para a concordância e envio de contratos a serem assinados.

“A partir de agora, os meios de coleta de manifestação entre empresa e consumidor poderão ser acordados da melhor maneira para ambas as partes”, afirmou o banco em nota. 

Entretanto, a responsabilidade sobre a comprovação da validade da assinatura e fechamento de contrato continua sendo de responsabilidade da empresa prestadora de serviço. 

Gostou do conteúdo? Não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro para se manter informado sobre tudo o que acontece no universo financeiro. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *