Como vender como afiliado: 7 dicas para aumentar seus ganhos

O mercado de afiliados é um dos segmentos que mais crescem atualmente, e essa pode ser uma atividade bastante lucrativa se trabalhada da forma correta.

lucas proenca
Lucas Proença

Juntamente com o avanço da tecnologia, surgem também novas profissões e, entre elas, está a de afiliado digital, que basicamente é o profissional que vende e/ou divulga produtos ou serviços de terceiros. Mas afinal, como vender como afiliado?

Essa é uma das principais perguntas feitas por quem é novo na área ou pretende começar a trabalhar com esse tipo de atividade, e preparamos este artigo justamente para respondê-la e mostrar que é possível faturar uma boa grana divulgando produtos de afiliados.

Continua após a publicidade

Meliuz_Extensao

Sendo assim, acompanhe a leitura e confira 7 dicas essenciais sobre como vender como afiliado e, consequentemente, aumentar os seus ganhos.

1. Defina um nicho de mercado para atuar

Existem alguns nichos que já estão saturados ou são amplos demais. Portanto, para conseguir vender bem como afiliado, tente fugir deles.

Continua após a publicidade

O ideal é sempre inovar e buscar por novas soluções que as pessoas estejam procurando, pois esse é caminho do sucesso.

Quanto mais segmentado for sua área de atuação, melhor. Aqui, a ideia é bem simples, se você fala para um público mais restrito, possivelmente ele vai comprar seu produto, uma vez que já sabem que precisam dele.

Exemplificando: se você quer trabalhar com o nicho de moda e se filiar a um produto deste ramo, evidentemente muitas pessoas irão procurar por essa palavra-chave, no entanto, sua concorrência também será maior.

Agora, se você for mais específico e divulgar um produto sobre moda country, por exemplo, seu público será menor, porém, bem mais assertivo. Vale a pena pensar nesse ponto, antes mesmo de escolher um produto para se afiliar ou de criar seu blog ou site.

Continua após a publicidade

Além disso, algumas características em um determinado produto devem ser consideradas. A principal delas, é que nem sempre um produto com valor e comissão elevados pode ser o melhor para você promover. Especialmente se você está começando e ainda não construiu sua reputação no mercado.

Isso porque para promover um produto mais caro, você precisa de uma boa reputação e de uma lista de contatos relativamente grande.

Já um produto de menor valor, desde que tenha boa qualidade e que entregue um valor percebido muito maior ao cliente, trará uma reputação melhor para você na internet e consequentemente irá gerar uma conversão maior em vendas para o seu negócio.

Nesse sentido, a Lomadee se torna uma excelente opção para se afiliar, seja para quem deseja trabalhar com um produto mais caro ou mais em conta, afinal de contas, a plataforma é líder nesse segmento e nela você pode divulgar produtos de diversas marcas conhecidas, como Nike, Shoptime, Americanas, etc.

Continua após a publicidade

2. Conheça seu público-alvo

Basicamente, o serviço de um afiliado é servir de ponte entre o produto ou serviço e o consumidor final. Sendo assim, é fundamental que esse profissional conheça bem o seu público-alvo a fim de facilitar a comunicação com ele.

E uma das formas mais eficientes de conhecer melhor a sua audiência é definindo uma persona. Ela funciona como uma espécie de representação ideal de um serviço ou produto, que possui um nome, profissão, interesses e necessidades.

Essas informações são muito importantes para te ajudar a entender quais os principais problemas e dúvidas que os seus clientes possam estar enfrentando.

Considerando esses pontos, fica mais fácil oferecer as soluções que eles necessitam no momento certo, o que irá aumentar consideravelmente as chances de efetuar a venda.

Continua após a publicidade

3. Crie conteúdo de valor nos seus canais

Tentar simplesmente “empurrar” vários produtos para o seu público, pelo simples fato de estar em vários programas de afiliados não adianta muita coisa, pois é necessário oferecer bem mais do que isso para vender bem como afiliado.

Para que isso seja possível, você deve elaborar um conteúdo de valor para a sua audiência. Desta maneira, você se tornará referência no assunto e consequentemente venderá mais.

Mas você pode estar se perguntando, como criar um conteúdo de valor? É isso que vamos mostrar a seguir, confira:

Ensine a sua audiência

Fazer vídeos, artigos, tutoriais, infográficos com Do It Yourself (DIY) ou até mesmo um passo a passo, pode ser de grande valia para o seu leitor, uma vez que além de ensiná-lo, você agrega valor ao resolver um problema dele.

Continua após a publicidade

Procure fazer conteúdos de qualidade

Conteúdos muito pequenos dificilmente ensinarão alguma coisa ao leitor. Porém, isso não quer dizer que você precisa escrever algo muito extenso somente para cumprir um requisito.

Aqui, o importante é responder com clareza todas as dúvidas do seu público, sejam eles poucos ou muitos.

Para isso, você pode utilizar algumas ferramentas gratuitas, como o Answer The Public, por exemplo, e investigar quais são as principais perguntas do usuário para um determinado tema.

Faça publicações frequentemente

Você não é obrigado a fazer publicações diariamente, porém, não publicar com uma certa frequência pode fazer com que o seu público acabe se esquecendo de você.

Continua após a publicidade

Da mesma maneira como a quantidade de palavras em um artigo depende de alguns fatores, a frequência de publicação acompanha esse raciocínio, porém, depende da sua audiência e do que você quer entregar.

Você pode, por exemplo, realizar um teste durante um mês, fazendo publicações diárias, mas em horários distintos. Dessa maneira, você conseguirá entender se o seu público prefere uma frequência diária ou não.

Procure utilizar uma linguagem próxima aos seus leitores

Obviamente, não faz nenhum sentido falar com um público mais seletivo usando gírias e informalidades, não é mesmo? Embora seja um ponto menos considerado, o tom de voz que você utiliza também faz diferença na comunicação com a sua audiência.

Aqui, uma dica é observar a forma como o seu público faz comentários ou ainda estudar a possibilidade de realizar uma pesquisa com ele. Tenha em mente que tudo deve ser considerado para saber se comunicar da melhor forma possível com a sua audiência.

Continua após a publicidade

4. Faça bom uso das técnicas de copywriting

O copywriting nada mais é do que uma técnica onde você cria um texto focado na conversão de vendas de um serviço ou produto.

Ou seja, você escreve um artigo com a intenção de envolver um público específico e convencê-lo a tomar uma decisão que pode ser comprar um produto ou fazer download de um determinado material.

Você pode utilizar diversas estratégias de copywriting como afiliado. Entre elas, destacamos quatro. Confira:

Encontre o problema que você quer resolver

Se você vende um curso de marmitas delivery, você não vende somente porque acha interessante e quer ganhar dinheiro com isso, você também vende para resolver um problema, que pode ser a oportunidade para alguém desempregado ganhar dinheiro, por exemplo.

Percebeu a diferença disso para somente mostrar um produto com preço? Portanto, foque no problema e como resolvê-lo, desta forma você conquistará o seu público.

Continua após a publicidade

Fale do produto, mas só no momento oportuno

O Copywriting também é a arte de saber o momento oportuno de falar do seu produto. Se você está empenhado em resolver um problema, evidentemente você deve ter uma solução. É justamente nesse momento que o seu produto entra.

Estimule a sua audiência a tomar uma decisão

Se você já expôs um problema, trouxe a solução e falou do seu produto, essa é a hora de fazer com que sua audiência tome uma decisão.

Ao usar o copywriting você deve ser objetivo e procurar usar palavras simples de serem entendidas, ou seja, evite usar falas muito técnicas.

5. Invista em tráfego pago

Você precisa ter em mente que um afiliado não deve viver somente de tráfego orgânico, afinal de contas, se você quer vender mais, precisa investir mais, não tem jeito.

Continua após a publicidade

Portanto, é importante sim investir algum dinheiro em tráfego pago, pois essa é uma forma do seu produto chegar em um número maior de pessoas e não se restringir apenas ao seu círculo de conhecidos, clientes e vísitas orgânicas alcançadas com seu canal do YouTube ou blog.

Ao utilizar anúncios pagos , você consegue alcançar um público maior e, sabendo trabalhar bem suas campanhas nesse meio, certamente suas vendas aumentarão consideravelmente. Veja a seguir os principais canais de mídia paga:

  • Google Ads;
  • Instagram Ads;
  • Facebook Ads;
  • LinkedIn Ads;
  • Twitter Ads;
  • Youtube Ads.

6. Construa uma boa audiência em seus canais

Para construir uma boa audiência em seus canais, você precisa ter um bom relacionamento com o seu público, bem como estabelecer e manter um contato próximo com ele.

Trabalhar com o intuito de construir uma boa audiência reflete diretamente na captação e fidelização do público que irá adquirir seus produtos, sejam eles físicos ou digitais. Confira algumas dicas importantes para começar a construir sua audiência:

Continua após a publicidade

  • crie sessões de perguntas e respostas a fim de solucionar suas principais dúvidas e evidentemente engajar a sua audiência;
  • promova algo exclusivo para o seu público (brindes, premiações ou descontos);
  • use as datas comemorativas (feriados, aniversários de cidades ou campanhas mensais) a seu favor, para criar conteúdos.

Desta maneira, será possível atrair um público fiel, que vai se interessar pelo seu conteúdo e também pelos seus produtos.

7. Divulgue o seu conteúdo em diversos lugares

Mesmo seguindo todas as dicas até aqui, para potencializar ainda mais suas vendas trabalhando como afiliado, você também deve distribuir o seu conteúdo corretamente.

Isso se deve ao fato da importância de saber onde seu público está e se mostrar presente. Confira alguns canais que você pode utilizar:

  • redes sociais (Instagram, Twitter, Facebook, Tik Tok, LinkedIn, Pinterest, entre outros);
  • email marketing;
  • blog;
  • mídias pagas Instagram Ads, Google Ads, Facebook Ads, LinkedIn Ads, entre outros).

Perguntas frequentes sobre como vender como afiliado

  1. Quanto um afiliado pode ganhar por mês?

    Um afiliado pode ganhar menos de R$ 100 por mês ou até mesmo mais de R$10 mil. Tudo dependerá da quantidade de produtos que ele vender na plataforma e, também, da porcentagem de comissões disponibilizadas pelos produtos em questão.

  2. Vale a pena trabalhar como afiliado?

    Embora sua renda como afiliado possa ser imprevisível, considerando a possibilidade de trabalhar quando e de onde quiser, além do baixo custo inicial e da possibilidade de altos ganhos, podemos dizer que sim, vale a pena trabalhar como afiliado.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.