Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Como tirar segunda via do RG? Tire suas dúvidas e conheça o novo RG Digital!

Precisa tirar a segunda via do RG? Considere então o RG Digital!

perfil
Camille Guilardi Estagiária de Finanças e Investimento

Você perdeu seu Registro Geral (RG), foi roubado ou furtado? Nós sabemos como isso é uma dor de cabeça. Afinal, além da preocupação com o que pode ser feito com seu documento em mãos desconhecidas, será necessário tirar segunda via do RG.

Para ajudá-lo nessa tarefa, preparamos um post para que você saiba como tirar segunda via do RG e conhecer o novo RG Digital. Boa leitura!

Continua após a publicidade

Documentos necessários para a segunda via do RG

Para tirar a segunda via do RG, você precisará dos seguintes documentos:

  • duas fotos 3×4 originais e recentes;
  • certidão de nascimento original ou cópia simples;
  • certidão de casamento original ou cópia simples (caso você seja casado);
  • boletim de Ocorrência original ou cópia simples (em caso de roubo ou furto);
  • CPF original ou comprovante de inscrição da Receita Federal para pagamento da taxa da segunda via ou caso você queira que o número conste no RG;
  • Cartão do Cidadão original se você quiser que o número conste no novo RG. Ele pode ser substituído por PIS ou PASEP.

Preciso pagar a segunda via do RG?

Se o seu RG foi roubado ou furtado e você tiver registrado o Boletim de Ocorrência (BO), não será necessário pagar a segunda via do documento no prazo de até 30 dias. Mas, se essa não for a sua situação, é preciso pagar uma taxa, cujo valor varia de cidade para cidade.

Quem pode tirar a segunda via do RG de graça?

Confira, abaixo, quem e em quais circunstâncias se pode tirar a segunda via do RG de graça:

Continua após a publicidade

  • em caso de roubo ou furto do documento em até 30 dias após o registro do BO;
  • idosos, espeficamente mulheres acima de 60 anos e homens acima de 65 anos;
  • em caso de erro na digitação do RG constatado no prazo de 90 dias;
  • quem está desempregado em um período superior a três meses, entretanto, é necessário apresentar a Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • cidadãos sem condições de pagar, que se autodeclaram pobres, entretanto, é preciso apresentar o Número de Identificação Social (NIS);
  • quem teve o documento danificado ou extraviado devido a desastres naturais, entretanto, é necessário apresentar o BO em até 90 dias após a ocasião.

Como tirar a segunda via do RG?

A segunda via do RG pode ser solicitada nas Secretarias de Segurança Pública (SSP) dos estados ou nos postos da Polícia Civil do seu município.

Assim, é necessário que você se dirija até o local, tendo em vista que é necessário que o processo se dê presencialmente. Entretanto, atente-se ao fato de que, em alguns lugares, é comum que se precise agendar horário para o atendimento.

Conheça o RG Digital

O RG Digital tem como proposta ser um cadastro único para o cidadão, tornando-se o principal documento de identidade. Ele terá o número do CPF, um QR Code para identificação eletrônica e será emitido em formato reduzido em papel ou digitalmente.

Informações de outros documentos poderão ser incluídas nele como:

  • títulode de eleitor;
  • carteira de trabalho;
  • carteira de motorista;
  • documento de identidade profissional;
  • carteira nacional de saúde;
  • número do NIS/PIS/Pasep;
  • reservista;
  • nome social;
  • e outros.

Como fazer o RG Digital

Para fazer o RG Digital, é preciso que o seu estado já tenha aderido ao novo modelo. Assim, se a resposta for positiva, siga o passo a passo abaixo:

Continua após a publicidade

  1. vá ao órgão emissor do seu estado;
  2. apresente a sua certidão de nascimento ou casamento;
  3. a identificação é conferida pelo GOV.BR;
  4. o órgão emissor do seu estado informará o prazo para a retirada do documento em papel;
  5. por fim, ao recebê-lo, é possível acessar sua versão digital pelo aplicativo gov.br (disponível para Android e iOS).

Segundo o Executivo, a emissão deverá ser gratuita. Dessa forma, as secretarias de Segurança Pública de cada estado e do Distrito Federal têm até março de 2023 para se adequar ao novo modelo e iniciar a emissão do RG Digital.

Quem deve fazer o novo RG Digital?

O RG Digital será obrigatório para todos os cidadãos brasileiros. No entanto, a troca será gradativa. Assim, o RG atual continua válido por até dez anos para quem tem até 60 anos de idade. E, para quem tem mais de 60 anos, o prazo é indeterminado.

Entretanto, o aconselhado é que a transaição seja feita por todos. Tendo em vista que o novo documento serve para facilitar a vida do cidadão, ao incluir todas as suas informações em um lugar só.

Vantagens do RG Digital

Como já dissemos, a proposta do RG Digital é simplificar a vida do brasileiro e evitar fraudes. Assim, algumas vantagens são:

Continua após a publicidade

  • numeração única, já que somente o CPF será considerado;
  • autenticidade checada por QR Code, dimunuindo o número de falsificações;
  • troca do papel pelo online, que, inclusive, irá permitir consultas offline.

E essas são apenas algumas das vantagens que o documento digital pode proporcionar para você. Imagina, afinal, nunca mais se esquecer de algum documento importante em casa, já que eles estarão todos disponíveis no seu celular, por exemplo.

Conclusão

Agora que você já sabe como tirar a segunda via do RG, não perca tempo e providencie o seu novo documento. Vale conferir se o seu estado já está emitindo o RG Digital para que você já passe a tê-lo no celular. Lembre-se de que as secretarias de Segurança Pública de cada estado e do Distrito Federal têm até março de 2023 para se adequar a esse novo modelo, ok?

Ademais, conta pra gente o que achou do nosso artigo! Ficou com alguma dúvida? Aproveita e conta pra gente nos comentários, será nosso prazer responder!

Perguntas Frequentes

  1. Como fazer o RG virtual?

    Veja se o seu estado já aderiu ao RG Digital. As secretarias de Segurança Pública de cada estado e do Distrito Federal têm até março de 2023 para isso.

  2. O que precisa para tirar a segunda via do RG?

    É preciso apresentar seus documentos nas Secretarias de Segurança Pública (SSP) dos estados ou nos postos da Polícia Civil do seu município e, caso você não esteja na lista das isenções, pagar taxa referente à segunda via do RG.

  3. Como ver o RG pelo CPF?

    Basta entrar no site Meu INSS, fazer o login e, na aba “Extrato Previdenciário (CNIS)”, clicar em “Dados”. Caso não tenha um, faça o seu cadastro na hora. Para mais informações, clique aqui.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.