Como sacar o Auxílio Brasil: veja o passo a passo

Quer saber como sacar o Auxílio Brasil? Neste post, explicamos as etapas para fazer esse procedimento e também como resolver casos em que o benefício foi bloqueado.

Amanda Gusmao
Amanda Gusmão

O programa Bolsa Família foi descontinuado, mas já existe outro no lugar. A questão é que ele gera muitos questionamentos. Especialmente, sobre como sacar o Auxílio Brasil.

A boa notícia é que existem várias possibilidades: sacar o Auxílio Brasil no Caixa Tem, agências da Caixa, cartão do Bolsa Família e mais. Por isso, vamos explicar todo o passo a passo neste post. Assim, você tem certeza do que deve ser feito para ter seu dinheiro em mãos. Acompanhe.

Continua após a publicidade

Como sacar o Auxílio Brasil no Caixa Tem

O Caixa Tem é uma conta poupança social digital e serve apenas para o recebimento de benefícios sociais. Portanto, também vale como aplicativo para quem quer saber como sacar o Auxílio Brasil.

Nesse caso, é preciso estar em frente a um caixa eletrônico, atendente de lotérica ou correspondente Caixa Aqui. Então, chega a hora de realizar o seguinte passo a passo:

Continua após a publicidade

  • baixe o aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS;
  • faça o login com seu CPF e senha dos serviços Caixa;
  • pressione a opção “Saque” e digite o valor a ser resgatado;
  • selecione o menu “Gerar código de saque”. Ele tem validade de 1 hora. Caso você não faça o saque do dinheiro nesse prazo, precisará gerar outra numeração. Outra opção é anotar o código (por isso a importância de já estar em um atendimento presencial Caixa);
  • no terminal de autoatendimento, toque no botão “Entrar”;
  • clique no menu “Saque Auxílio Emergencial”;
  • coloque o número do CPF e clique em “Confirmar”;
  • digite o código autorizador de saque diretamente no caixa eletrônico ou apresente para o atendente da lotérica ou correspondente Caixa Aqui;
  • digite o valor do saque do Auxílio Brasil e finalize a operação.

Além de fazer o resgate, você também pode optar por outros serviços. Por exemplo, pagar boletos e contas, inclusive por cartão de débito virtual, e fazer transferências via PIX.

Vale a pena observar que o prazo para saque do Auxílio Brasil é de 120 dias após o depósito na conta. Se o dinheiro não for retirado, será devolvido aos cofres públicos.

Como sacar o Auxílio Brasil com o cartão Bolsa Família

Se você sabe como sacar o Bolsa Família no caixa eletrônico, também conhece esse processo. Ainda assim, vamos apresentar o passo a passo. Veja:

  1. compareça a uma agência da Caixa Econômica Federal levando o cartão do Bolsa Família;
  2. vá a um caixa eletrônico e passe o cartão;
  3. informe seus dados de identificação e a senha da conta;
  4. digite o valor que pretende sacar;
  5. confirme a operação e aguarde a liberação do comprovante.

Como fazer o saque do Auxílio Brasil na Caixa Econômica Federal

Além de saber como sacar o Bolsa Família no caixa eletrônico, saiba que o novo programa também permite fazer o resgate dos valores na própria agência da Caixa.

Continua após a publicidade

Nesse caso, você tem duas opções:

  • fazer o resgate com o cartão do Bolsa Família;
  • ter o dinheiro em mãos com a opção “Saque sem cartão”.

No primeiro caso, basta seguir as etapas já repassadas. No segundo, é preciso ter um documento de identificação. Basta você comparecer a uma agência e conversar com um atendente. Ele vai indicar o que precisa ser feito.

Como fazer o saque do Auxílio Brasil no caixa eletrônico sem cartão

O saque do Auxílio Brasil via caixa eletrônico já foi explicada. Porém, existem os casos em que a família não recebeu o cartão do novo programa social.

Isso acontece, geralmente, porque o cidadão não tem conta digital nem dados suficientes no Cadastro Único (CadÚnico). Assim, é impossível fazer a abertura automática da poupança social digital Caixa Tem.

Nesse caso, existe a chance de fazer o saque com o cartão do Bolsa Família, como explicamos, ou pela opção sem cartão com a senha Cidadão, desde que ela esteja cadastrada em uma agência da Caixa.

Continua após a publicidade

Além disso, o beneficiário não pode receber o Auxílio Brasil em conta-corrente ou poupança. Caso você se encaixe nesse caso, deve fazer o seguinte:

  • compareça a um terminal de autoatendimento da Caixa Econômica Federal;
  • insira o cartão do Cidadão no caixa eletrônico;
  • escolha a opção de saque;
  • digite o valor que deseja resgatar;
  • coloque sua senha do cartão do Cidadão;
  • confirme a operação. Pronto! O dinheiro estará em suas mãos.

Todas essas dicas mostram que é fácil saber como sacar o Auxílio Brasil. Afinal, existem várias opções, tanto para quem conhece mais de tecnologia quanto para quem prefere fazer o procedimento por outros meios.

Auxílio Brasil bloqueado: veja os principais motivos e como resolver

Se na hora de sacar o Auxílio Brasil, você perceber que ele consta como bloqueado, é preciso investigar o motivo. Veja aqui os principais.

“Benefício bloqueado para crédito do benefício em sua conta”

Se essa mensagem aparecer na consulta do Caixa Tem ou no caixa eletrônico após uma tentativa de saque, não se preocupe. Trata-se de um aviso que o valor só estará disponível para retirada na data correta que o Auxílio Brasil é disponibilizado para o cidadão. Para saber a data correta, basta consultar o calendário.

Continua após a publicidade

Auxílio Brasil bloqueado por cadastro desatualizado

Um motivo comum para o bloqueio do saque do Auxílio Brasil é o cadastro desatualizado da família no CadÚnico. Por isso, mantenha os dados completos e atualizados.

Qualquer informação desatualizada ou preenchida incorretamente (datas, forma de escrita dos nomes etc) na base de dados do Governo Federal pode bloquear o saque do benefício.

Auxílio Brasil bloqueado por não cumprimento dos requisitos

Outro motivo para o bloqueio do Auxílio Brasil é o não cumprimento dos requisitos para receber o benefício, lembrando que ele é destinado às famílias em vulnerabilidade social com renda familiar caracterizada como extrema pobreza ou pobreza.

Além da renda, a frequência escolar das crianças registradas na família, o acompanhamento nutricional e o pré-natal para as gestantes também são pontos que, se não forem cumpridos conforme a regra, podem bloquear o benefício.

Auxílio Brasil diminuiu o valor

Alguns beneficiários, quando consultam o Auxílio Brasil no aplicativo, relatam que o valor está menor do que o esperado. Isso aconteceu em fevereiro de 2022 e o Ministério da Cidadania explicou na época que a folha de pagamento ainda não havia sido totalmente cadastrada. Porém, também informou que até a data do pagamento, o valor estaria correto.

Esse não é, exatamente, um bloqueio do Auxílio Brasil, mas causa dúvida. Se ao consultar o Auxílio Brasil, você percebeu um valor menor, provavelmente o mesmo está acontecendo, ou seja, o valor do Auxílio Brasil não diminuiu, só está em processamento.

Perguntas frequentes sobre o saque do Auxílio Brasil

  1. Como consultar o Auxílio Brasil?

    O valor do Auxílio Brasil pode ser consultado pelo Caixa Tem, app Auxílio Brasil (disponível para Android e iOS) ou ligando para o Atendimento Caixa Auxílio Brasil pelo número 111. Em seguida, digite o CPF ou o Número de Identificação Social (NIS).

  2. Qual a data do pagamento do Auxílio Brasil?

    O pagamento é feito nos últimos 10 dias úteis de cada mês, de acordo com o final de NIS do beneficiário. A consulta pode ser feita pelo site da Caixa.

  3. Minha parcela do Auxílio Brasil foi bloqueada. O que fazer?

    Na maioria dos casos, o motivo do bloqueio é que o cadastro no CadÚnico da família está desatualizado. Também pode acontecer quando o cidadão e sua família deixem de atender os requisitos do benefício ou descumpram as condições pré-determinadas. Dessa forma, vale atualizar seus dados e consultar o motivo do bloqueio no atendimento.

  4. O Auxílio Brasil diminuiu o valor?

    Não. O Ministério da Cidadania informou que em alguns meses, a folha de pagamento do benefício foi cadastrada de forma gradativa. Assim alguns beneficiários consultaram o saldo no Caixa Tem antes do fim desse processo. Mas, se ainda assim, o valor estiver errado, vale a pena consultar a Caixa.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.