Como saber se uma financeira é confiável? Alguns pontos podem ajudar a avaliar as instituições. Veja quais são eles!

Que tal aprender a como saber se uma financeira é confiável? Listamos 7 pontos que você não pode deixar de conferir antes de assinar um contrato!

Julyana Andrade
Julyana Andrade

Como saber se uma financeira é confiável? Neste artigo, mostramos alguns pontos que você precisa ter atenção antes de contratar um empréstimo (ou qualquer outro tipo de crédito). Veja quais são eles, como evitar o golpe do empréstimo e algumas opções de instituições seguras!

No Brasil, 6 em cada 10 pessoas são vítimas de golpes financeiros. Para você ter uma ideia, uma quadrilha de estelionatários conseguiu usurpar de milhares de brasileiros um total de R$ 30 milhões após divulgar falsas propostas de empréstimos em sites e anúncios na internet.

Continua após a publicidade

Embora essa realidade seja de conhecimento de muitos, ainda sim existe o risco de sermos alvos da ação de um golpista. Afinal, sabemos que nem sempre é possível manter o controle da situação e o desespero por uma solução financeira é o principal responsável por fazer com que os riscos de uma proposta não sejam analisados devidamente.

No entanto, diante de tantas ofertas, como saber se uma financeira é confiável? Para ajudar você a identificar empresas sérias para pedir empréstimos e evitar o risco de cair no golpe do empréstimo, reunimos neste conteúdo 7 pontos importantes para você conferir antes de tomar a decisão. Você verá:

Continua após a publicidade

  • Uma financeira confiável não solicita depósito antecipado;
  • A empresa é regulamentada pelo Banco Central;
  • O CNPJ da financeira está ativo;
  • A instituição financeira investe em segurança de dados;
  • Ofertas muito atraentes são um sinal de alerta;
  • Documentações devem sempre vir completas;
  • Uma visita nas redes sociais da empresa e no site Reclame Aqui pode ajudar;
  • Bônus: lista de opções de financeiras confiáveis para pedir empréstimo.

Vamos lá?

1. Uma financeira confiável não solicita depósito antecipado

Nesse caso, estamos nos referindo às propostas de empréstimos que solicitam um depósito antecipado. Ao se deparar com uma oferta com essa condição, ignore. Uma financeira idônea não utiliza esse tipo de abordagem, que é um grande indício de golpe do empréstimo.

Em geral, essas solicitações vêm disfarçadas de taxas como:

  • avaliação de crédito;
  • pagamento de cartório;
  • assinatura digital do contrato;
  • liberação do dinheiro em conta.

Caso o atendente se apresente como representante de um banco ou financeira que já são consolidados no mercado, aconselhamos que você finalize a conversa. Em seguida, entre em contato com a instituição diretamente pela central de atendimento para verificar se, de fato, existe uma proposta de empréstimo disponível com as condições que foram apresentadas. 

2. A empresa é regulamentada pelo Banco Central

Viu um anúncio de empréstimo ou recebeu uma proposta atraente, mas desconhece a instituição financeira que entrou em contato? Então, você precisa verificar se a empresa tem autorização do Banco Central (Bacen) para conceder empréstimos. 

Normalmente, instituições financeiras falsas ou não autorizadas pelo Banco Central oferecem propostas de empréstimo com muitas facilidades e ainda solicitam uma entrada em dinheiro como garantia.

Continua após a publicidade

Por esse motivo, é importante que, antes de aceitar qualquer acordo, você verifique se a empresa possui autorização para oferecer esse tipo de serviço. 

Para isso, basta consultar o site do Banco Central e inserir nos campos de pesquisa algum dado da financeira, como nome, CNPJ, município e segmento. 

3. O CNPJ da financeira está ativo

Outra ponto valioso que ajuda você a ter mais confiança em estabelecer um acordo com uma financeira é verificando se o CNPJ existe no site da Receita Federal e se o registro está ativo.

Ao fazer essa verificação você consegue saber se financeira atua de forma regularizada. Além do Bacen, agora já se sabe se a empresa também está em dia com a Receita.

Continua após a publicidade

Normalmente, a informação sobre o número do CNPJ fica no rodapé do site. Caso você esteja negociando por telefone ou qualquer outro canal, solicite o atendente que passe essa informação. Se necessário, peça para retomar o contato em outro momento para que a pesquisa seja feita com calma.

Buscar por essas informações é extremamente necessário, pois te ajuda a não cair em golpes ou aceitar acordos que resultam em dores de cabeça no futuro. Sendo assim, para fazer a verificação, basta acessar o site da Receita Federal e na opção “serviços” clicar em “cadastro e registros especiais” e realizar a consulta. 

4. A instituição financeira investe em segurança de dados

Uma financeira de confiança preza pela proteção dos dados de seus clientes. Sendo assim, é muito importante observar se durante a negociação a empresa apresenta um termo se responsabilizando por manter seguro os seus dados pessoais.

Ter atenção a esse detalhe é essencial principalmente se a solicitação do empréstimo é totalmente feita por meio de um site, aplicativo ou qualquer outro canal online.

Continua após a publicidade

5. Ofertas muito atraentes são um sinal de alerta

Como mencionamos nos tópicos anteriores, as propostas feitas por golpistas costumam ser muito atraentes devido à facilidade de obter o empréstimo. Então, quer saber se uma financeira é confiável? Observe se ela oferece muitas vantagens que se destacam das demais.

Por esse motivo, ao se deparar com um anúncio prometendo empréstimo facilitado para negativados, com taxas de juros abaixo da média do mercado e facilidade de aprovação (às vezes sem consulta aos órgãos de proteção ao crédito) fique atento, pois tem grandes chances de ser uma armadilha.

6. Documentações devem sempre vir completas

Mesmo que você tenha seguido todas as orientações já citadas anteriormente e confirmado a credibilidade da empresa, é crucial ler todo o contrato.

Assim, é possível conferir se os dados referente a empresa e as condições do empréstimo — como taxas de juros, custo efetivo total, prazos, entre outras premissas — estão corretas e claras. Ter esse cuidado evita desentendimentos e surpresas desagradáveis.

Continua após a publicidade

Caso perceba que existe um dado ou uma informação que não condiz com a proposta que foi feita, não aceite o acordo. Aliás, aconselhamos que em caso de dúvidas, busque uma orientação de um profissional para explicar melhor os termos da negociação.

7. Uma visita nas redes sociais da empresa e no site Reclame Aqui pode ajudar

Por fim, verifique se a financeira possui conta nas redes sociais como Instagram e Facebook. Isso porque na maioria das vezes as empresas que utilizam essas ferramentas mantêm um relacionamento mais próximo com os clientes. Logo, você consegue perceber o nível de confiança que o público tem com a marca por meio dos feedbacks que são registrados nos comentários. 

Além dessa opção, é possível verificar a reputação da empresa em sites como o Reclame Aqui. Nele, os consumidores podem registrar uma reclamação sobre a compra de produto ou serviço de uma marca. 

Sendo assim, além de conferir as experiências de outros consumidores, o site disponibiliza o total de reclamações feitas e respondidas pela marca e apresenta uma nota referente a reputação da empresa.

Continua após a publicidade

Por isso, vale muito a pena fazer uma visita ao Reclame Aqui, pois saber quais são os principais motivos das reclamações pode evitar que você tenha prejuízos e dores de cabeça no futuro.

Afinal, quais financeiras são confiáveis?

Veja, abaixo, uma lista com algumas das financeiras confiáveis para solicitar crédito.

CategoriaInstituição
Empréstimo pessoal1. Bom Pra Crédito
2. Empréstimo Sim
3. Geru
4. Lendico (Provu)
5. Rebel
Empréstimo consignado6. Banco Pan
7. Bxblue
8. PB Consignado
Empréstimo com garantia9. Creditas (empréstimo com garantia de veículo)
10. Pontte (empréstimo con garantia de imóvel)
Lista de financeiras confiáveis

Agora que você aprendeu como saber se uma financeira é confiável, lembre-se de analisar com cuidado as propostas de crédito que recebe. Por mais que alguns momentos demandem a necessidade de um empréstimo urgente, ter calma e saber avaliar a situação ajuda a evitar cair em furadas.

Assine nossa newsletter e continue recebendo outros conteúdos como este. Assim, você tem as suas finanças cada vez mais protegidas!

Perguntas frequentes

  1. Como saber se a proposta é de um falso empréstimo?

    Geralmente, em caso de falso empréstimo, as empresas e golpistas solicitam depósito antecipado. Além disso, eles costumam oferecer vantagens muito suspeitas (como limite muito altos ou taxas de juros bem abaixo da média do mercado).

  2. Caí no golpe do empréstimo, o que fazer?

    O primeiro passo é registrar um boletim de ocorrência e denunciar a fraude. Se possível, obtenha mais informações para ajudar nas investigações. Se achar necessário, peça orientações para um advogado.

  3. Como saber se uma financeira é confiável?

    O mais importante é saber se ela tem autorização do Banco Central e se ela segue a regulamentação imposta pelo órgão. Depois disso, avaliar as redes sociais e o site do Reclame Aqui também pode ajudar.

  4. Quais financeiras são confiáveis?

    Existe uma série de empresas idôneas e que prestam um serviço sério, como a BV, Bom Pra Crédito, bxblue, Creditas, Crefisa, EasyCrédito, Geru, Lendico, Rebel, entre outras.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.