Previdência Privada

Como resgatar previdência privada? Entenda as condições!

Luana de Oliveira
Luana de Oliveira
Imagem de uma mulher em casa usando o computador para aprender como resgatar previdência privada

Precisou do dinheiro antes da hora? Entenda, neste conteúdo, como resgatar previdência privada de acordo com o plano contratado.

Como resgatar previdência privada? Entenda as condições!

Apesar da previdência privada ser um investimento a longo prazo, algumas pessoas sentem a necessidade de fazer o seu resgate antes do prazo previsto.

Este é o seu caso? Se sim, não se preocupe!

Apesar de existirem várias condições específicas de acordo com o tipo de previdência contratada e a empresa em questão, você pode seguir por um caminho inicial.

Continua após a publicidade

Pensando nisso, então, fizemos um conteúdo completo que vai te auxiliar a fazer o resgate, entendendo e analisando as implicações principais.

Vamos lá? Tenha uma ótima leitura!

Saiba o que é previdência privada

Vamos relembrar o conceito para iniciar o conteúdo de forma ainda mais completa.

Conhecida como um investimento seguro e simples, a previdência privada é muito conhecida e utilizada entre os brasileiros que buscam um investimento a longo prazo, como alternativa de aposentadoria particular.

Continua após a publicidade

Este é um investimento, da mesma maneira que o sistema previdenciário do governo.

Isto é, a instituição financeira que administra esta aplicação, paga ao investidor o capital investido acrescido de juros.

Dessa forma, a empresa consegue obter recursos para realizar suas atividades internas.

E como toda aplicação financeira, ela também possui risco.

Imagine que o governo não possua dinheiro suficiente para pagar as aposentadorias dos seus beneficiários.

Nesse sentido, o banco escolhido para adquirir este investimento terá dificuldades financeiras e até mesmo poderá não conseguir cumprir com o contrato.

É, por exemplo, como aconteceu com o banco americano Lehman Brothers, em 2008.

Como resgatar previdência privada

O procedimento de resgate é bastante simples. Basta acessar o site da instituição financeira que adquiriu o ativo e fazer o pedido de resgate.

Continua após a publicidade

Dessa forma, na maioria dos casos, existe o botão “Resgatar”.

Dependendo das regras do plano estipuladas pela instituição, você pode se beneficiar deste resgate de 5 formas diferentes:

  • resgate total: o investidor realizar o resgate de todo o dinheiro assim que se aposenta;
  • renda mensal vitalícia: mensalmente o investidor recebe uma quantia estipulada, até o seu falecimento;
  • renda mensal temporário: assim que o investidor se aposentar, inicia o recebimento do benefício até o fim do contrato ou do seu falecimento;
  • renda mensal vitalício (com prazo mínimo): o investidor receberá mensalmente a quantia estipulada da data da sua aposentadoria até o seu falecimento, posteriormente o seu beneficiário passa a recebê-la;
  • renda mensal vitalício (transferível a um beneficiário): a diferença para o caso 4, é a possibilidade de transferir o benefício para o beneficiário, em caso de morte do investidor.

Dessa forma, precisamos destacar que o valor do benefício depende diretamente de vários fatores.

Eles podem ser a quantia investida, duração do investimento, modalidade e rentabilidade da previdência, por exemplo. Por isso é importante verificar as condições específicas do seu contrato.

Resgate vs Portabilidade da previdência privada

É possível transferir este investimento para outra instituição com nenhum custo. Esta situação é conhecida como portabilidade.

Normalmente, a portabilidade é utilizada quando as taxas cobradas em outra instituição estão mais em conta.

Continua após a publicidade

Ainda assim, também é possível fazê-la quando outros planos de previdência apresentam melhor rentabilidade.

O pedido para a portabilidade também é muito simples.

Primeiramente, é preciso entrar em contato com a nova instituição e fazer a solicitação. Lembrando que a portabilidade só é permitida para a mesma modalidade do plano.

Ou seja: se você tem uma previdência VGBL em uma instituição, só pode fazer a portabilidade para um VGBL de outra empresa financeira.

Então, se você tem um plano e acredita que não está rendendo de forma adequada, antes de fazer o resgate para investir em outros investimentos, considere avaliar uma portabilidade antes.

Previdência Privada e Previdência Social – entenda a diferença

Muitas pessoas possuem dúvidas sobre a diferença da previdência privada para a Previdência Social. Neste bloco vamos abordar algumas diferenças dessas duas previdências.

Continua após a publicidade

Diferente da Previdência Social, o investidor tem a liberdade para decidir o valor e o período na modalidade privada. O valor investido está ligado diretamente ao valor final, que será resgatado pelo investidor.

Outro ponto é sobre a idade mínima para começar a investir. No investimento tratado por este conteúdo, não existe idade mínima.

Nesse sentido, os pais os responsáveis podem começar este investimento desde o primeiro dia de vida dos filhos, por exemplo.

E para finalizar, a vantagem que muitos investidores almejam da previdência privada é a possibilidade de resgatar todo o valor investido.

Continua após a publicidade

Assim, fica necessário apenas entender sobre as taxas cobradas para a devolução do valor aplicado.

Principais dúvidas sobre previdência privada

Listamos, agora, as principais dúvidas que envolvem os planos de previdência privada. Veja só!

Como cancelar a previdência privada?

Não existe burocracia para cancelar a previdência privada. Basta entrar em contato com a instituição que adquiriu a aplicação e seguir as instruções sobre o processo que cada empresa adota.

É possível resgatar o dinheiro da previdência privada antes do tempo?

Sim. Você pode fazer o resgate da Previdência Privada fora do prazo estipulado.

No entanto, isto pode gerar uma perda de rendimentos. Por isso o recomendado é que se faça o resgate antecipadamente apenas em situações emergenciais.

O que significa aporte na previdência privada?

Aporte é o pagamento mensal feito para o seu plano de previdência privada que, se for do tipo PGBL, pode até ser deduzido em sua declaração do Imposto de Renda.

Continua após a publicidade

Posso perder dinheiro investido na previdência privada?

Como todo investimento, existe sim o risco. Por isso, é preciso ter o risco de perder dinheiro em caso de falência do banco, retirando o dinheiro antecipadamente e com as tributações do Imposto de Renda.

Qual a carência para resgate de previdência privada?

De acordo com as normas da previdência privada, o resgato do valor total pode ser realizado no prazo mínimo de 60 dias e o prazo máximo de 24 meses.

Conclusão: como resgatar previdência privada?

Agora que você chegou ao fim deste conteúdo, já sabe tudo sobre a forma de prosseguir ao resgatar a previdência privada.

Todavia, além de ter um panorama geral, indicamos que você entre em contato com a instituição em que contratou o seu plano. Caso deseje aplicar em uma nova empresa, faça o mesmo!

Quanto mais informações você tiver, melhor será realizado todo o processo. Tenha certeza disso!

E aí? Gostou do nosso conteúdo? Esperamos que sim! Se quiser receber outros materiais completos, tudo em primeira mão, não perca tempo e assine a nossa Newsletter!

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *