Como crescer no youtube? Confira nossas 10 dicas!

Veja como impulsionar o seu canal no YouTube para ter sucesso como criador de conteúdo ou até mesmo se tornar um influenciador digital.

lucas proenca
Lucas Proença

Nos últimos anos, o trabalho em plataformas digitais aumentou significativamente. Para se ter ideia, em 2019, esse novo modelo de trabalho gerou uma renda de US$ 52 bilhões. Diante disso, muitas pessoas buscam aprender como crescer no YouTube, afinal, trata-se de uma das plataformas digitais mais populares do mundo.

Com mais de 10 bilhões de downloads, o YouTube é uma plataforma bem diversificada. Nele, é possível encontrar vídeos com diferentes temáticas e formatos, logo, é um espaço perfeito para se tornar um influenciador digital e faturar lucros bem positivos.

Continua após a publicidade

Meliuz_Extensao

Todavia, para ser notado na plataforma e conquistar o seu espaço, é preciso colocar algumas estratégias em prática. Nesse artigo, vamos contar os segredos para você crescer no YouTube e começar a ganhar dinheiro. Acompanhe a leitura.

1. Monetize seu canal

Quanto mais visualizações, curtidas e compartilhamentos um vídeo tiver no YouTube, maiores são as chances dele ser monetizado. Isso acontece por causa do programa de parceria que a plataforma tem com seus criadores de conteúdo — o YPP.

Continua após a publicidade

No entanto, para que você receba por esse programa é importante se atentar aos seguintes requisitos:

  • ter, no mínimo, 4 mil horas de conteúdo assistido nos últimos 12 meses;
  • o canal precisa ter, no mínimo, mil inscritos;
  • os conteúdos precisam ser originais;
  • ser maior de 18 anos;
  • criar uma conta no Google Adsense.

O pagamento é feito por meio de uma análise individual do vídeo. Ou seja, o YouTube utiliza o sistema chamado de CPM (Custo Por Mil visualizações) para decidir o valor que será pago pelo vídeo. Logo, cada canal possui um valor de CPM diferente. 

Além disso, é preciso deixar claro que mesmo que o seu canal atenda todos os requisitos mencionados, ainda sim corre o risco de o vídeo não ser monetizado por não estar de acordo com as diretrizes de conteúdo consideradas adequadas para a publicidade.

2. Tenha anúncios nos vídeos

Para os usuários da plataforma, os anúncios podem ser vistos como algo irritante, mas para os criadores de conteúdo eles são muito lucrativos. Isso porque os anúncios geram bons retornos financeiros.

Continua após a publicidade

Assim como a monetização por cliques e visualizações, os anúncios também são pagos conforme a interação do usuário com o vídeo. Ou seja, quanto mais tempo o usuário assistir a propaganda ou até mesmo clicar no botão de interação para saber mais sobre o assunto maior será o valor pago. 

3. Escolha bem o tipo de anúncio

Devido a correria do dia a dia, muitas vezes optamos por clicar no botão de “pular o anúncio” e, por isso, não notamos que existem maneiras diferentes de fazer uma divulgação. Para que o anúncio atraia as pessoas certas, o YouTube faz a intermediação entre o anunciante e o criador de conteúdo de maneira que o perfil e o objetivo de ambos sejam semelhantes.

De maneira geral, o anunciante escolhe o canal que deseja ter parceria para divulgação de seus produtos e/ou serviços e o YouTube estabelece as diretrizes para que isso aconteça. Nesse processo de decisão, é escolhido o modelo de anúncio. Os mais comuns, são:

  • anúncio de vídeo ignorável: pode ser divulgado em qualquer momento do vídeo (antes, durante ou depois). Após 5 segundos, o usuário pode optar por pular o anúncio;
  • anúncio de vídeo não ignorável: nesse modelo, o usuário não tem a opção de “pular” a propaganda. Além disso, o tempo de duração do anúncio é de no máximo 30 segundos;
  • anúncio de sobreposição: trata-se de um banner que aparece sobre o vídeo convidando o usuário a saber mais sobre o assunto.

4. Crie um Clube de membros

Se você já tem uma quantidade significativa de inscritos e sabe que eles são fãs dos assuntos abordados pelo seu canal. Então, a criação de um clube de membros pode ser uma opção interessante para aumentar os lucros.

Continua após a publicidade

Isso porque quando o usuário tem interesse em fazer parte do clube de membros, ele se compromete em ajudar mensalmente o canal. Logo, tem como retorno o acesso a conteúdos exclusivos, lives, figurinhas para usar nos comentários e outros mimos. 

Vale deixar claro que o valor da mensalidade e os benefícios que são oferecidos para os assinantes são definidos pelos responsáveis do canal. Ok?

5. Faça uso do super chat e super sticker

O super chat e o super sticker são recursos que funcionam de forma semelhante ao clube de membros, pois trata-se de um tipo de monetização fornecida pelos usuários. Nesse caso, o valor pré-determinado pelo canal é pago pelos inscritos durante a realização de uma transmissão ao vivo para que o seu comentário fique em destaque.

Ou seja, o super chat e super sticker só funcionam durante uma transmissão ao vivo. Se o seu canal utiliza esse tipo de interação com frequência, essa modalidade de monetização pode ser uma boa para você crescer no YouTube.

Continua após a publicidade

6. Ganhe comissão por vendas

Quem já está familiarizado com o marketing digital sabe que as plataformas digitais são ótimas vitrines para a divulgação de um produto ou serviço.

Sendo assim, conforme você crescer no YouTube e o seu canal for ganhando espaço, é possível fazer parcerias para divulgar produtos e ganhar comissão por cada venda feita.

7. Seja original e criativo

É fato que o YouTube é uma plataforma que contém uma infinidade de vídeos com diversos tipos de conteúdos. No entanto, muitos apresentam formatos e assuntos que já estão saturados.

Além de não conseguir prender a atenção do telespectador, pois o usuário já terá visto uma dezena de vídeos como o seu, a falta de originalidade também prejudica a monetização.

Continua após a publicidade

Quando o YouTube interpreta o seu vídeo como plágio, por exemplo, seu canal pode ser seriamente prejudicado por isso.

Dependendo do conteúdo criado, você não só perde a monetização do vídeo, como também corre o risco de ter o canal excluído da plataforma. Por esse motivo, procure inspirações e tente criar conteúdos originais que surpreendam os inscritos do seu canal. 

8. Defina o seu nicho

Pode parecer que abordar diversos assuntos seja uma estratégia eficiente, pois você tem maiores chances de alcançar um público maior, mas pensar dessa forma pode ser bem prejudicial para o crescimento do seu canal.

Isso porque quando você não foca em um nicho específico, as chances de criar conteúdos rasos com pouca qualidade são bem grandes, e quando isso acontece, você não consegue estabelecer autoridade no assunto e tão pouco atrai a atenção dos usuários.

Continua após a publicidade

Por esse motivo, reforçamos que além da originalidade, é importante escolher o nicho principal do canal para criar conteúdos ricos em informações e promover o seu crescimento na plataforma.

9. Busque patrocinadores

Na medida que o seu canal ganhar visualizações e se tornar relevante dentro do nicho que atua, é possível conseguir patrocinadores.

Dependendo do engajamento do seu canal e da parceria que você conquista, o retorno financeiro pode ser muito satisfatório para ambos.  

10. Divulgue o seu próprio produto

Essa dica pode ser considerada um extra, já que existem outras formas de ganhar dinheiro no YouTube. Mas se você tem um produto ou serviço, saiba que a plataforma pode ser uma ótima ferramenta para você divulgar o seu trabalho e expandir o seu público alvo.

Ou seja, se você tem um salão de beleza, por exemplo, é possível utilizar o canal para abordar assuntos específicos da área da estética, mostrar o dia a dia desses profissionais, divulgar o seu trabalho e assim por diante. 

Viu como é possível ganhar dinheiro no YouTube? Além de seguir todas as dicas mencionadas neste artigo, precisamos deixar claro que a chave para o sucesso está na dedicação e empenho. Por isso, tenha em mente que o retorno financeiro será apenas uma consequência de todo seu trabalho e dedicação.

Perguntas frequentes sobre como crescer no Youtube

  1. Como o YouTube paga?

    O YouTube monetiza o vídeo conforme a quantidade cliques e interação que o usuário tiver com o conteúdo.

  2. Vale a pena ganhar dinheiro no YouTube?

    Sim. Afinal, o YouTube permite que você explore sua criatividade e crie conteúdos diversificados que atraiam a atenção do público.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.