Ser buy and hold é melhor que ser trader?

Comprar e segurar ou comprar e vender para lucrar no curto prazo? Entenda o que funciona melhor!

Tiago Reis Suno
Tiago Reis

As operações de day trade estão muito na moda nos últimos tempos. Quem me acompanha sabe o que eu penso disso, certo? É uma grande forma de perder dinheiro.

Se você está pensando em começar a investir na bolsa de valores, escolher este caminho não é o indicado. Além de ser muito arriscado, sua experiência – que eu já te adianto que não será muito positiva – pode fazer você querer ficar bem longe da bolsa para o resto da vida. E, por consequência, cada vez mais longe da sua independência financeira. A bolsa não é o vilão da história.

Continua após a publicidade

Outra coisa que não canso de repetir é que não existe fórmula mágica, não existe enriquecimento rápido, da noite para o dia. Tentar obter grandes lucros no curto prazo é o caminho certo para cair em grandes ciladas, como pirâmides e tudo o que não é legal no mercado financeiro.

Fuja, corra, vá para longe sempre que alguém fizer propostas de ganhos magníficos para você na velocidade da luz. Combinado? Isso não existe. 

Bom, já deu para entender que ser buy and hold é muito, mas muito melhor que ser trader. Este assunto é tão importante que resolvi ser direto aqui neste artigo. Mas, se você ainda não se convenceu, vamos aos números. 

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) encomendada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula e fiscaliza as operações financeiras no Brasil, revelou que é quase impossível sobreviver fazendo day trade.

Segundo o estudo, que monitorou 19.696 pessoas que começaram a operar com day trade de 2012 a 2017, desse total, apenas 1.558 (7,9%) tentaram operar no médio-longo prazo. Ou seja, continuaram no day trade por mais de 300 pregões. 

Cerca de 91% desse grupo registrou prejuízo. No total, as perdas acumularam R$ 68,4 milhões. Uma média de R$ 35,90 por dia para investidor, com picos de mais de R$ 1 mil. Apenas 13 pessoas, ou o 0,8% desse grupo, tiveram lucro médio diário acima de R$ 300 (o valor médio diário de R$ 300 é considerado como o ganho de um motorista de um aplicativo de transporte particular). 

Ou seja, day trade é uma mamata que não é para todo mundo. Sabe quem ganha? Dois gigantes: o RLP (Retail Liquidity Provide), que nada mais é do que a sua corretora ser contraparte de você em seus negócios, algo extremamente lucrativo para a corretora. E o HFT (High Frequency Trading), que são fundos de alta frequência, ultra sofisticados, que fazem o que mais ou menos a mesma coisa que as corretoras fazem. Aqui explicamos melhor o que é RLP e o que é HFT

Assim, se você é um investidor de longo prazo, que consegue poupar um pouco todo mês, comprar ações, comprar fundos imobiliários e investe na renda fixa, tenho certeza que você vai ter muito mais sucesso na bolsa de valores do que lutando contra esses dois gigantes tentando fazer day trade com seu dinheiro suado. 

Agora, uma coisa importante. Buy and hold (comprar e segurar) não é o mesmo que buy and forget (comprar e esquecer), ok? Mesmo para quem é adepto a essa estratégia de investimentos, na qual você compra um ativo, de preferência quando ele está com múltiplos baratos, com o objetivo de manter ele em sua carteira por um longo prazo e acreditando em sua valorização futura, é necessário acompanhar o mercado, ficar de olho em suas ações, fazer ajustes em suas posições, para que você não perca dinheiro por nem saber mais ao certo qual a composição da sua carteira. 

Comprar e segurar quer dizer adquirir as melhores empresas e mantê-las em sua carteira por um período indeterminado, enquanto elas forem de altíssima qualidade e não segurar um ativo quando ele não apresenta a qualidade operacional pelo qual foi motivo para escolhê-lo como um bom investimento. As coisas mudam, por mais que o foco do seu investimento seja em empresas de valor.

E você, ainda tem alguma dúvida se ser buy and hold é melhor que ser trader?

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.