Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Chromecast ou Fire Stick: qual é o melhor? Saiba antes de comprar!

Está em dúvida entre Chromecast ou Fire Stick? Quer saber qual é o melhor? Então não deixe de ver o nosso comparativo completo!

WhatsApp Image 2022-05-06 at 11.57.41
Heloisa Moraes Analista de Marketing Jr.

Os dongles Chromecast ou Fire Stick da Google e da Amazon são concorrentes no mercado de aparelhos que tem como objetivo transformar uma TV comum em smart, permitindo que o usuário acesse diversos conteúdos, como plataformas de streaming, redes sociais etc.

Na hora de decidir entre um Chromecast ou Fire Stick, é importante comparar os dois dispositivos para conhecer as características de cada um e definir qual deles atende melhor às suas exigências.

Continua após a publicidade

Qual é o melhor: Chromecast ou Fire Stick?

Para te ajudar a decidir entre os dois aparelhos, trouxemos pontos que consideramos relevantes para a sua escolha: hardware, disponibilidade de aplicativos, facilidade de instalação, usabilidade, design e preço

Hardware

O hardware é um dos principais fatores que podem pesar na decisão na hora de escolher o Chromecast ou Fire Stick. Afinal, são essas configurações que vão determinar o desempenho do dispositivo e sua capacidade de reprodução dos conteúdos da maneira mais eficiente possível.

Continua após a publicidade

Chromecast

Considerando a 3ª versão do Chromecast — que é um dos mais populares no mercado atualmente —, podemos observar uma boa configuração de hardware, com 512Mb de memória RAM que em conjunto com seu processador quad-core de 1,9Ghz, conseguem entregar um bom desempenho.

Saiba mais: O que é Chromecast? Saiba se vale a pena e entenda a diferença entre as versões!

Este desempenho se torna mais otimizado ao utilizar os aplicativos compatíveis com o aparelho, produzidos pela Google, como o YouTube. Quanto a apps de terceiros, alguns que demandam um alto poder de processamento podem gerar algum gargalo às vezes, havendo a necessidade de reiniciar o dispositivo.

Outra vantagem deste dongle é que ele tem suporte a resolução Full HD (1080p) e consegue rodar a 60 frames por segundo, dando mais qualidade à imagem.

Continua após a publicidade

Ele é compatível com diversos sistemas operacionais. Além disso, sua conexão Wi-Fi suporta tanto a banda 2,4GHz quanto a 5,0GHz, que aproveita melhor uma internet de ultravelocidade. Por não contar com um sistema operacional próprio, o Chromecast não tem aplicativos instalados em sua interface. Sendo necessário utilizar um dispositivo externo para espelhar o conteúdo.

Veja as principais especificações técnicas, a seguir:

CaracterísticasEspecificações
Lançamento no BrasilFevereiro de 2019
DesignPendular
Portas de conexãoHDMI e Micro USB
ResoluçãoFull HD (1080p) 60 fps
ConectividadeWi-Fi 2,4GHz/5,0 GHz
ProcessadorQuad core de 1,9 GHz
Memória RAM512 Mb
Armazenamento2GB
Sistema Operacional compatívelAndroid (4.4 e superior); iOS (9.1 e superior); Mac OS X (10.9 e superior); Windows (7 e superior); Chromebook OS 53

Fire Stick

No Fire Stick — considerando sua versão padrão — o usuário tem acesso a um dispositivo com um processador quad-core de 1,7GHz, pouca coisa abaixo do seu concorrente. Porém, essa desvantagem é compensada com sua memória RAM de 1.5Gb, que permite um desempenho satisfatório.

Leia também: Fire TV Stick: entenda como funciona e saiba se vale a pena comprá-lo!

Ele também tem acesso à rede Wi-Fi 2,4GHz e 5,0 GHz e a resolução suportada é Full HD (1080p), porém apenas em 30 frames por segundo. 

Continua após a publicidade

O Fire Stick vem com um sistema operacional próprio — Fire OS —, que permite que você instale apps diretamente nele, sem precisar de dispositivos externos para reprodução de conteúdo. Para que não haja gargalo diante dessas instalações, o dongle da Amazon conta com 8GB de armazenamento.

Além disso, um outro fator interessante deste aparelho é que todas as suas versões vêm com integração à Alexa, permitindo que você controle o dispositivo por comando de voz.

Confira as especificações do Fire Stick:

CaracterísticasEspecificações
Lançamento no BrasilMaio de 2021
DesignPen drive
Portas de conexãoHDMI e Micro USB
ResoluçãoFull HD (1080p); HDR; HDR 10; HDR 10+; HLG
ConectividadeWi-Fi 2,4 Ghz/5,0 GHz
ProcessadorQuad-core de 1.7GHz
Memória RAM1.5Gb
Armazenamento8GB
Sistema OperacionalFire OS

Disponibilidade de apps

Por depender de um dispositivo externo para funcionar, o Chromecast consegue acessar a grande maioria dos dispositivos presentes na Play Store. Sendo plataformas de streaming, redes sociais e diversos outros. Mesmo que o aplicativo que você deseja utilizar não tenha suporte ao Chromecast, o dongle conta com a função de espelhamento total, reproduzindo a tela do seu celular e os comandos que você envia a ele.

Quanto ao Fire Stick, ele tem a vantagem de contar com um sistema operacional próprio. Assim, ele não exige o uso de dispositivos externos, como celulares ou tablets. Porém, seu acesso a aplicativos é mais limitado, dando prioridade aos que já estão instalados no dongle.

Continua após a publicidade

icon

Atenção

É possível instalar outros aplicativos diretamente da Amazon App Store. Mas há a possibilidade de você não encontrar algumas plataformas de streaming famosas. O usuário até consegue instalar esses apps por meio de soluções de terceiros, mas não há garantias de que eles funcionarão corretamente.

Facilidade de instalação

Seja com o Chromecast ou Fire Stick, o usuário não terá maiores dificuldades para instalação.

No dongle da Google, é necessário instalar e configurar com o suporte do aplicativo Google Home (Android ou iOS), que é o controlador de dispositivos da empresa. Por lá, você vai acessar o Chromecast e inserir as informações de login na rede. Além de ter acesso a diversos outros recursos.

Quanto ao Fire Stick, sua configuração é toda feita por meio do próprio dispositivo. Basta conectá-lo na TV, acessar o canal referente a entrada HDMI e utilizar o controle remoto que veio no Kit para seguir o passo a passo de configuração.

Usabilidade

A usabilidade não é problema em nenhum dos dois dispositivos. No Chromecast, todos os recursos são enviados pelo smartphone ou outro dispositivo conectado ao gadget. Com isso, ao utilizar o modo de espelhamento, o desempenho dos conteúdos vai depender das configurações de seu aparelho.

Continua após a publicidade

No Fire Stick, o usuário tem a facilidade de contar com o auxílio de um controle remoto com Alexa integrado, ou seja, pode ser utilizado com comando de voz. 

Design

O Chromecast manteve um design em forma de pen drive por bastante tempo. Porém, esse formato acabava sendo um problema em algumas TVs, principalmente as que ficavam muito perto da parede. Porém, nos últimos modelos a Google resolveu apostar no modo pêndulo, que é mais prático e elegante.

Quanto ao Fire Stick, o design sempre foi o de pen drive e isso se mantém nos modelos mais novos. Portanto, antes de adquirir um, certifique-se que isso não vai atrapalhar o posicionamento de sua TV.

Preço

O modelo de Chromecast vendido oficialmente no Brasil é o de 3ª geração. Sua faixa de preço atual gira em torno de R$ 250 a R$300 e pode ser facilmente encontrado em lojas online ou físicas de produtos de tecnologia.

Continua após a publicidade

O preço do Fire Stick em seu modelo padrão não foge muito do seu concorrent, com sua faixa de valor também entre R$ 250 e R$ 300. Porém, se você quiser contar com a versão mais recente — que já está sendo vendida oficialmente pela Amazon no país — o preço é um pouco mais salgado, chegando a custar R$420.

Afinal, Chromecast ou Fire Stick? Qual deles é melhor?

Analisando as informações apresentadas podemos definir que seja comprando o Chromecast ou Fire Stick, você conseguirá ter boas experiências na reprodução dos seus conteúdos.

De um lado, temos o Chromecast que depende de dispositivos externos para funcionar, mas que acaba exigindo menos desempenho do hardware e abrindo diversas possibilidade de uso de aplicativo. Do outro, o Fire TV Stick é possível contar com uma interface independente, com acesso direto pela TV.

Sendo assim, cabe a você pesar todos os pontos positivos e negativos dos dois dispositivos para decidir qual é o melhor e qual deles está mais próximo de atender às suas exigências.

Leia também: Qual é a melhor TV por assinatura? Conheça as opções e avalie!

E aí? Gostou do nosso conteúdo? Então não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações!

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.