Notícias

Inscrições para certificadores do Enem 2020 começam nesta quarta-feira (9/9)

Heloísa Vasconcelos
sala de aula, representando certificadores do enem

Podem se inscrever para certificadores do Enem servidores públicos federais e professores das redes públicas estaduais e municipais. Inscrições vão até o dia 29.

As inscrições para certificadores do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começaram nesta quarta-feira, 9. O edital para a Rede Nacional de Certificadores (RNC) foi publicado na última sexta-feira, 4, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Podem se inscrever servidores públicos federais e professores das redes públicas estaduais e municipais. As inscrições vão até o dia 29 de setembro e podem ser feitas pela internet.

Continua após a publicidade:

Pagamento para os convocados será de R$ 342 por dia. O resultado da chamada pública e o endereço eletrônico com a relação da homologação das inscrições e dos colaboradores convocados serão divulgados no Diário Oficial da União, no dia 14 de outubro.

Informações são da Agência Brasil.

Como funciona inscrição para certificadores do Enem?

Para se inscrever no edital, candidatos devem:

  • ser servidor público, efetivo e em exercício, do Executivo Federal ou ser docente, em exercício, das redes públicas de ensino estaduais e municipais e estar devidamente registrado no Censo Escolar 2019;
  • ter formação mínima em ensino médio;
  • não estar inscrito como participante no Enem 2020; 
  • não ter cônjuge, companheiro ou parentes de até 3º grau inscritos no Enem 2020;
  • possuir smartphone ou tablet, com acesso próprio à internet móvel.

As inscrições podem ser feitas por meio do site certificadores.inep.gov.br ou no aplicativo móvel, disponível para Android e iOS.

Convocados terão de participar de uma capacitação a distância promovida pelo Inep para divulgação de normas, procedimentos e critérios técnicos da RNC.

Quais as funções?

Algumas das funções dos certificadores do Enem são:

  • certificar in loco, sob demanda do Inep, a efetiva e correta realização dos procedimentos de aplicação nos dias de realização do exame; 
  • registrar, em sistema eletrônico, as informações coletadas com base em sua atuação;
  • informar ao instituto possíveis inconsistências identificadas. 

Segundo o Inep, o cadastramento prévio não garante a inscrição para atuação como certificador no Enem 2020.

O edital ainda prevê que os certificadores deverão portar obrigatoriamente nos dias da prova álcool em gel e máscara de proteção pessoal. O Enem impresso está marcado para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

Quer continuar acompanhando as novidades sobre o Enem? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba tudo em tempo real. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *