Está em dúvida de qual seria a opção ideal de cartão para você? Separamos todas as vantagens e desvantagens do cartão de crédito e do cartão pré-pago, para que você faça a sua melhor escolha!

Na hora de escolher um método de pagamento, é comum que surjam algumas dúvidas sobre qual seria a melhor opção para atender a sua necessidade. Quando se trata de cartões, os questionamentos se tornam ainda maiores — principalmente por causa das taxas que envolvem as operações.

Continua após a publicidade


Neste post, vamos ajudar você a esclarecer o que é cartão de crédito e cartão pré-pago para que possa fazer a sua escolha com mais tranquilidade. Afinal, independentemente do meio de pagamento, o importante é tomar decisões que sejam as ideais para manter seu planejamento financeiro em dia!

O que é um cartão pré-pago?

O cartão pré-pago tem função de realizar pagamentos, assim como o tradicional. O limite dele é você quem define, afinal, o cartão precisa ser recarregado com o valor que deseja utilizar para fazer suas compras ou, até mesmo, para sacar quando mais precisa em um caixa eletrônico.

Você pode adquirir tanto o cartão físico quanto o virtual. Por contarem com bandeiras conhecidas no mercado, como Visa, Elo, American Express e Mastercard, você consegue utilizar na maioria dos estabelecimentos e, ainda, para fazer as suas compras online.

Quais são as vantagens do cartão pré-pago?

Uma das principais vantagens do cartão pré-pago é que você não precisa de uma aprovação de crédito para poder utilizá-lo, o que torna o processo bem menos burocrático e permite que até mesmo pessoas negativadas possam ter o seu. Além dessas, podemos listar:

  • comparado com o dinheiro, é um método muito seguro, justamente por precisar de uma senha para utilizar;
  • caso você seja roubado ou perca o cartão, é possível bloqueá-lo e solicitar uma nova via;
  • pode ser usado tanto para compras nacionais quanto internacionais;
  • você não precisa ter uma conta bancária para solicitar o seu cartão;
  • é possível acompanhar todas as transações pelo aplicativo no celular ou site;
  • não há idade limite para solicitar o cartão e, inclusive, algumas bandeiras oferecem a opção de cartão-mesada para ser utilizado por crianças — basta ter um CPF válido;
  • dependendo da bandeira escolhida, você ainda conta com todos os benefícios exclusivos que ela oferece aos clientes, como descontos especiais em lojas parceiras.

Quais são as desvantagens do cartão pré-pago??

A maior desvantagem do cartão pré-pago é o fato de não permitir o parcelamento de compras, que é um dos principais motivos pelos quais as pessoas desejam utilizar um cartão. Você precisa ter créditos suficientes nele para realizar as suas compras à vista, o que pode ser um problema para que não tem dinheiro suficiente no momento.

Além disso, há uma limitação de movimentações mensais que podem ser realizadas com esse tipo de cartão, o que pode ser um fator limitante para quem costuma gastar muito ou para quem está programando uma viagem cujo foco é fazer compras.

Apesar dele também oferecer a opção de saque em caixas eletrônicos no exterior, é importante destacar que há uma taxa extra a ser paga por esse tipo de operação e, para não ser tarifado várias vezes, é necessário que você faça retiradas de maior valor — o que quebra toda a dinâmica de segurança que envolve o uso do cartão.

Como adquirir e recarregar um cartão pré-pago?

É preciso que você entre em contato com uma empresa emissora ou com o seu próprio banco, caso tenha uma conta corrente, para conseguir adquirir o seu cartão pré-pago.É possível encontrar a relação nos sites oficiais das bandeiras de cartão.

Quanto a recarga, essa varia de acordo tanto com a bandeira, quanto com a emissora. Em alguns casos, você poderá fazer as recargas por meio de maquininhas de cartão disponibilizadas nos estabelecimentos credenciados; em outros, o recurso está disponível via internet, boleto bancário e, até mesmo, com aplicativos de pagamento.

Para quem pretende usar fora do país, uma outra opção é conferir junto às casas de câmbio e agências de viagens, pois elas costumam ter algumas parcerias para emissão do cartão e para recarga, inclusive, em outras moedas além do real.

Como funciona o cartão de crédito?

O cartão de crédito é aquele já conhecido pela maioria dos brasileiros — inclusive, segundo o Banco Central do Brasil (BCB), apenas em 2019 foram emitidos mais de 180 milhões de novos cartões. Você conta com um limite de gastos para fazer as suas compras antecipadamente, com o pagamento da fatura acontecendo cerca de 40 dias depois.

Assim como o pré-pago, você pode ter a versão física ou virtual do cartão e utilizá-lo em diversas lojas, supermercados, farmácias e outros estabelecimentos, além de efetuar pagamentos e compras online.

Quais são as vantagens?

A possibilidade de parcelar as suas compras e, ainda, contar com um prazo para o pagamento é o grande diferencial do cartão de crédito, principalmente para quem está com o orçamento um pouco apertado ou precisa fazer uma compra de alto custo. Outros destaques são:

  • a segurança, garantida pelo uso de senha e pela possibilidade de bloqueio do cartão em caso de perda ou roubo;
  • os programas de benefícios e pontuações, que permitem você ter descontos em lojas parceiras ou acumular milhas para trocar por passagens aéreas, produtos e serviços;
  • é uma ótima opção para quando surge algum imprevisto financeiro, mas você não pode deixar de adquirir um determinado produto.

Quais são as desvantagens?

A principal desvantagem associada ao uso do cartão são as taxas de juros, que no mercado financeiro, são algumas das mais altas existentes. Se por algum motivo você não conseguir pagar a sua fatura em um determinado mês, poderá ver sua dívida aumentar substancialmente e, ainda, acabar virando uma bola de neve.

Outros problemas são ligados à possibilidade de mal uso desse recurso. Algumas exemplos são: 

  • fazer do cartão de crédito uma extensão da renda, o que acaba comprometendo todo o orçamento com uma dívida que não é capaz de pagar;
  • utilizar para compras pequenas, acreditando que é pouca coisa, e se esquecer completamente do montante que juntou para a fatura final;
  • a chance de fazer compras com mais facilidade também pode conduzir para compras sem nenhuma necessidade, atrapalhando o planejamento financeiro.

Como solicitar o meu cartão de crédito?

Até alguns anos, só era possível ter um cartão de crédito se você fosse correntista de um banco. Porém, com as novas demandas de mercado e os avanços tecnológicos, outras instituições financeiras, estabelecimentos e as fintechs também passaram a oferecer esse produto para os clientes.

Por isso, é possível solicitar o seu cartão de crédito de várias maneiras diferentes e as opções que você tem são muitas! É importante pesquisar bastante para encontrar cartões cujas taxas e vantagens melhor se enquadrem nas suas demandas atuais.

Qual é a melhor opção para mim?

Apesar dos dois métodos de pagamento apresentarem algumas semelhanças, os pontos que os diferenciam são fundamentais para a tomada de decisão. Se você tem problemas financeiros relacionados à baixa disponibilidade de crédito e está negativado, usar um cartão pré-pago pode ser uma solução mais rápida e prática para manter seu dinheiro seguro em um cartão.

Porém, se o seu objetivo é conseguir parcelar as suas contas e ter um maior conforto em relação aos prazos de pagamento, o cartão de crédito é, sem dúvidas, a opção ideal — inclusive, é só ele que oferece essa comodidade. Vale lembrar que já existem muitas opções de cartões de crédito sem taxas, o que gera muito mais economia para você e permite acumular as vantagens e benefícios.

Caso essa sua dúvida esteja acontecendo porque você vai realizar uma viagem internacional, saiba que ambas opções tem Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 6,38%. Porém, no cartão pré-pago você paga pelo valor da cotação do dólar no dia, enquanto no cartão de crédito o valor da fatura é baseado na cotação do dólar no dia do fechamento — ou seja, ainda tem a chance de você ser surpreendido com um gasto maior do que o estimado.

Independentemente da sua escolha, é preciso que você tenha bastante cuidado com a sua saúde financeira, pois o gasto descontrolado em ambas modalidades podem trazer mais dívidas e ir contra a proposta dos cartões de crédito e cartões pré-pagos, que é a de facilitar a sua vida e a jornada de compra.

Agora que você já tem as informações sobre cartão de crédito e cartão pré-pago, basta entrar em contato com as empresas emissoras ou bancos e fazer a contratação daquele que pode atender ao que você mais precisa!

Assine a Newsletter do iDinheiro e receba toda semana conteúdo exclusivo sobre o que importa para o seu dinheiro.