Cartão BNDES para MEI: aprenda a solicitar e aproveite as condições de parcelamento em 48 vezes

 

Os Microempreendedores Individuais (MEIs) foram um grupo muito afetado na pandemia do Coronavírus.

Com as medidas de isolamento social implementadas ao redor do Brasil, muitos deles não tiveram condições financeiras para manter as empresas funcionando.

Continua após a publicidade:

Sabendo disso, a busca por crédito se tornou uma opção necessária para milhares de empreendedores.

O cartão BNDES é uma das opções que podem ser contratadas no momento, com taxa de juros de 1,05% e parcelamento em até 48 vezes. Saiba mais agora mesmo.

Quem pode solicitar o cartão BNDES para MEI

Conforme já adiantamos, as condições de 1,05% e parcelamento em até 48 vezes são atrativas para quem busca por formas de recorrer ao crédito.

Empreendedores que tenham faturamento anual de até R$81 mil (ou média de R$6.750 por mês) ao longo dos últimos 12 meses podem solicitar o cartão.

Além disso, é preciso estar com os documentos em dia e ter residência fixa no Brasil.

Por fim, um outro requisito é que o cartão seja usado para despesas exclusivamente da empresa, não podendo servir para uso pessoal.

Como solicitar o cartão

Para solicitar o cartão, é preciso ter conta corrente em algum desses bancos:

  • Banco do Brasil
  • Banco do Nordeste
  • Banrisul
  • Banestes
  • Bradesco
  • BRDE
  • Caixa Econômica Federal
  • Itaú
  • Sicoob
  • Sicredi

Depois, é só entrar no site do BNDES e clicar em “solicite o seu cartão”. Você deverá preencher um formulário e, por fim, a proposta é enviada.

Caso a proposta seja aprovada, é preciso ir até a agência do banco informado no momento da solicitação com alguns documentos específicos. Você tem acesso a todos eles no site.

A instituição bancária terá até 30 dias para enviar o cartão de crédito para o endereço estipulado no formulário do requerimento.

Se a sua solicitação não for aprovada, você pode realizar um novo pedido em outras instituições bancárias. Isso acontece porque as políticas para concessão de crédito são diferentes de banco para banco.

Publicidade