Notícias

Bricksave busca mercado brasileiro: R$ 40 mi estão em jogo

Ana Júlia Ramos
Ana Júlia Ramos
Imagem da chave de uma residência, simbolizando o financiamento de imóveis, para simbolizar a notícia de que a Bricksave busca mercado brasileiro

A plataforma de financiamento coletivo Bricksave busca mercado brasileiro para investir em imóveis. Agora, empresa aguarda aval da CVM para atuar.

A empresa global de financiamento coletivo Bricksave busca mercado brasileiro. O foco está no mercado de imóveis e gestão mundial conta com R$ 40 milhões nas mãos da empresa.

O diretor de vendas, Jorge Castellar, afirmou para o Valor Investe que o mercado brasileiro “tem potencial para alcançar o mesmo patamar até 2021”.

Continua após a publicidade

No entanto, a empresa ainda não tem uma estrutura regulatória no país. Ela aguarda desde março pelo aval da Comissão de Valores Imobiliários (CVM) para viabilizar sua entrada no mercado.

Saiba mais informações sobre a empresa e sua proposta.

Bricksave busca mercado brasileiro, mas aguarda aval da CVM

Ainda de acordo com Castellar, a recuperação da economia neste momento de pós-crise da Covid-19 seria fundamental para ampliar os negócios no Brasil.

Agora, a empresa está em busca de esclarecer a proposta do negócio e como ele se encaixa nos regulamentos junto aos órgãos reguladores.

De forma geral, podemos dizer que ela atua no seguimento de crowdfunding, em português “financiamento coletivo”. Nesse sentido, ela segue a Instrução Normativa que poderia regularizar suas atividades.

Após o aval dos órgãos brasileiros, a empresa acredita que o mercado brasileiro tem a capacidade de atingir o mesmo patamar dos R$ 40 milhões sob gestão até 2021.

A Bricksave foi fundada no Reino Unido em 2016. Seu propósito é oferecer investimentos em projetos imobiliários ao redor do mundo.

Conheça mais sobre o crowdfunding

Chamado no Brasil de “financiamento coletivo”, o mercado consiste em uma modalidade de arrecadação de fundos para um projeto específico. 

O funcionamento costuma ser bastante simples. Através de uma plataforma de crowdfunding a pessoa irá divulgar a sua ideia com todos os detalhes especificados. 

Nesse sentido, também será necessário preencher qual é a meta de valor a ser arrecadado, além do prazo limite para a arrecadação dos recursos.

Para garantir o funcionamento e a segurança das transações de pagamentos, é comum que a plataforma contratada para administrar a campanha de crowdfunding cobre uma taxa sobre os valores arrecadados, que pode variar de 5 a 20%, dependendo da escolha.

Este trecho foi retirado do nosso conteúdo que tem como objetivo explicar o crowdfunding de maneira detalhada, e você pode acessá-lo por este link.

Gostou desta notícia sobre a notícia de que a Bricksave busca mercado brasileiro? Então, assine a newsletter do iDinheiro para receber mais conteúdos do tipo diretamente no seu e-mail.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *