Bradesco e Banco Next agora são empresas diferentes. O desmembramento já era esperado e, de acordo com reportagem do Valor Econômico, a intenção havia sido revelada ao veículo ainda no mês de abril.

Nesse sentido, o banco digital será uma das empresas da Organização Bradesco.

Em comunicado divulgado nesta terça-feira, 2, essa é a oportunidade de aumentar a autonomia e velocidade tanto na gestão quanto da atuação do banco digital.

Continua após a publicidade:

Bradesco e Banco Next agora são empresas diferentes e visam competição com fintechs

Além das questões já apontadas pelo comunicado do Bradesco, o movimento é parte de uma estratégia que visa a competição com fintechs e banco digitais.

A introdução do Pix unida aos hábitos digitais dos consumidores, que aumentaram de forma expressiva desde o início da pandemia, também são pontos altos que reforçam a mudança.

Agora, o Next será posicionado como uma empresa de tecnologia. Ainda de acordo com o Bradesco, a plataforma digital já alcançou mais de 3 milhões de clientes e pretende oferecer ainda mais serviços financeiros.

Nota afirma que o banco digital será um correspondente digital com plataforma aberta para a oferta de produtos e serviços financeiros e não financeiros do Bradesco e de terceiros.

De acordo com Octávio de Lazari Jr, presidente do Bradesco, a ideia é “estar presente em todos os momentos da jornada de vida dos clientes”.

Ele considera possível prever uma avaliação do banco de cerca de R$ 20 bilhões até o final do ano. Avaliação de fintechs costuma utilizar métrica para o cálculo.

Sobre uma possível abertura de capital, segundo o presidente, ainda não é uma prioridade.

Faça o download do aplicativo do Banco Next em sistemas operacionais Android ou iOS e conheça mais sobre os serviços da fintech.

Quer continuar acompanhando as novidades sobre o Bradesco e Banco NextEntão, assine a newsletter do iDinheiro e receba tudo em tempo real. 

Publicidade