Black Friday brasileira oferece descontos de até 70% a partir da próxima quinta

 

Começa na próxima quinta-feira, 3, a Semana Brasil, uma espécie de Black Friday brasileira. O evento, que segue até o dia 13, tem como objetivo aquecer o comércio. 

Serão oferecidos descontos de até 70% em compras presenciais e, sobretudo, online, devido à pandemia. 

Continua após a publicidade:

Milhares de lojas participam da iniciativa, criada pela Secretaria de Comunicação do governo federal (Secom) e pelo Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV).

Informações são da Exame.

Black Friday brasileira oferece descontos

No ano passado, evento se chamou “Black Friday verde e amarela” e contou com a participação de cerca de 3 mil lojas.

Então, a edição deste ano terá bastante foco no e-commerce, que cresceu bastante durante a pandemia. Lojas como Magazine Luiza, Extra e Kalunga participam da iniciativa.

A Magazine Luiza ofertará descontos de até 70% e dará frete grátis aos clientes. No Extra, os descontos são de 40% utilizando o cupom BRASIL. 

A Kalunga, por sua vez, irá colocar em oferta centenas de produtos de Escritório, Informática, Rede, Impressoras, Notebooks, PCS, Móveis e Eletrônicos.

“Estamos mobilizando todo o varejo para buscar as melhores formas de viabilizar as ações promocionais. Esta é uma ação totalmente suprapartidária, que trará benefícios para a economia do país como um todo”, afirma o conselheiro do IDV, Marcos Gouvêa de Souza.

A expectativa é que o evento consiga aquecer o comércio, com aumento de 10 a 15% nas vendas, mesmo com as medidas de segurança da Covid-19. No ano passado, a iniciativa aumentou 41% das vendas online e 11,3% do varejo.

Momento de crise

O evento ocorre após queda do Produto Interno Bruto (PIB) em 9,7% no segundo trimestre de 2020. O dado foi anunciado nesta terça-feira, 1º, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Desta queda, a área que mais sofreu foi o consumo das famílias, que representa 56% do PIB, e teve recuo de 12,5% no segundo trimestre ante o primeiro.

A situação não é tão ruim desde 2009, auge dos impactos da crise financeira global de 2008.

Quer continuar acompanhando as novidades sobre a Black Friday brasileira? Então, assine a newsletter do iDinheiro! 

Publicidade