Empréstimos, Notícias

BB disponibiliza 56,6 bi à empresas e aposta em volta de mercado de capitais

Karina Carneiro
empréstimo a empresas

WhatsappLinkedInTwitterFacebookO crédito direcionado à pessoas jurídicas continuará ativo na segunda metade do ano, de acordo […]

O crédito direcionado à pessoas jurídicas continuará ativo na segunda metade do ano, de acordo com informações divulgadas pelo Banco do Brasil. Porém, as emissões de dívida do mercado de capital voltará a ganhar espaço em relação aos empréstimos bancários, que tiveram um aumento significativo no início da pandemia provocada pelo COVID-19.

Para o vice presidente da instituição no setor de atacados, Walter Malieni, o propósito desta segunda metade do ano deve ser diferente. “A demanda por soluções financeiras deve continuar, acompanhando uma nova fonte de receita. Ao invés de um funding próprio, o banco entrará como assessor de operações de mercado de capital”, disse. 

Continua após a publicidade:

Apenas na área de atacados do BB, que é responsável por atender companhias com um faturamento superior a R$ 40 milhões, a empresa concedeu aproximadamente R$ 12 bilhões a mais do que o previsto somente no primeiro semestre do ano.

Entre as renovações de contrato e reposição de dinheiro, o Banco do Brasil liberou um valor aproximado de R$ 54,6 bilhões apenas para esse segmento. 

Outra ação tomada pelo banco, foi a prorrogação das parcelas de empréstimos de médias e grandes empresas. Com isso, o adiamento das parcelas resultou em um montante aproximado de R$ 6,6 bilhões para a instituição, onde metade deste volume de prestações, se refere a empresas com receitas de até R$ 400 milhões por ano. 

Afinal, ainda de acordo com os responsáveis pelo BB, a estratégia atual do banco é a de atuar no financiamento direto das cadeias produtivas, como no caso dos nichos automotivos e aeros.

Algumas outras apostas estão sendo realizadas na oferta de serviços para gestão de caixa e soluções para empreendimentos que precisem trabalhar com a transição digital, necessidade cada vez mais aparente, principalmente depois da implantação do home office por conta do isolamento social. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *