Após o oitavo corte consecutivo da taxa Selic pelo Comitê de Políticas Monetárias (COPOM), chegando ao patamar histórico de 2,25% ao ano, instituições bancárias como Itaú e Banco do Brasil anunciam reduções de juros para pessoas física e jurídica.

Para auxiliar os consumidores de acordo com o novo cenário econômico, o Itaú anunciou que, a partir da próxima segunda feira (22), o repasse integral de redução será aplicado em algumas linhas de crédito para a pessoa física e jurídica, reduzindo os juros em 75 pontos-base. 

Em relação à pessoa física, a linha de crédito se tornará mais acessível. Porém, a renegociação de possíveis financiamentos ainda não foi mencionada. 

Já para clientes de pessoa jurídica, as taxas para o capital de giro serão diretamente impactadas, onde os valores serão aplicados de acordo com o perfil de cada cliente da instituição.

Os clientes do Banco do Brasil também poderão contar com novas condições de juros a partir de segunda feira, repassando integralmente o corte de 0,75% para seus consumidores.

Para pessoa física, algumas taxas tiveram impacto direto, como a de compras de veículos novos e seminovos, caindo de 0,54% ao mês para 0,48%. As linhas de crédito consignado também apresentaram apresentaram diminuições entre 0,82% e 0,77% ao mês.

Enquanto isso, pessoas jurídicas do Banco do Brasil também irá liberar novas condições para linhas de antecipação a lojistas, que teve sua taxa reduzida de 0,82% para 0,74%.

O crédito rotativo do cartão de crédito empresarial também sofreu impacto com a redução da Selic. Com taxa mínima de 2,05%, para 1,83%.

Até o momento, as duas instituições foram as únicas que divulgaram novas condições com a mudança da taxa selic nesta quarta feira (17/06).