Caixa atualiza aplicativo Caixa Tem mais uma vez para evitar filas de espera online por auxílio emergencial

Criado em 2019, Caixa Tem tem quase 82 milhões de downloads de brasileiros que buscam o auxílio de até R$ 1.200 reais em meio à pandemia do novo coronavírus. Atualização permitirá 5.000 usuários por minuto.

Heloisa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos

Caixa atualiza aplicativo Caixa Tem mais uma vez para evitar filas de espera online por auxílio emergencial

 

A Caixa Econômica Federal atualizou mais uma vez o aplicativo Caixa Tem, o qual permite transferência do auxílio emergencial e pagamento de boletos sem sair de casa.

Continua após a publicidade

Devido à alta demanda, quem acessava a ferramenta estava enfrentando tumultos e filas de espera, com relatos de usuários há dias sem conseguir acessar a plataforma e, assim, utilizar os recursos. 

O app já tem quase 82 milhões de downloads de brasileiros que buscam o auxílio emergencial cedido pelo Governo Federal em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Continua após a publicidade

Com a nova atualização, será permitido o acesso simultâneo de 5.000 usuários por minuto.


Aplicativos oficiais do auxílio emergencial: baixe os apps corretos e evite cair em golpes!


Filas longas e erros no aplicativo

Criado em 2019, o aplicativo Caixa Tem foi aprimorado às pressas devido à crescente demanda em busca do auxílio emergencial de R$ 600 até R$ 1.200 (para mães chefes de família). 

No primeiro mês de funcionamento, muitos brasileiros tiveram que recorrer às agências presenciais para realizar saque do recurso por não conseguir movimentá-lo pelo app.

Nas lojas App Store e Play Store, usuários relatam filas de até uma semana para conseguir atendimento. 

Os usuários também citam erros e travas no aplicativo, como problemas de conexão com o servidor e de validação dos dados.

Continua após a publicidade

O Caixa Tem foi pensado para atender a clientes do banco e, até antes da pandemia, funcionava na versão beta.

A expectativa inicial era atender 1 milhão de pessoas em um ano, mas, em menos de 30 dias, a ferramenta começou a receber até 4 milhões de acessos diariamente.

Atualizações

A Caixa realizou 15 atualizações no aplicativo em menos de um mês. 

A versão 1.20.4 do aplicativo, disponível para Android e IOS, já tem comentários positivos de usuários que conseguiram realizar transações após dias de espera e erros.

O banco reconhece as falhas e afirma que o sistema como um todo foi sobrecarregado com a demanda.

Continua após a publicidade

“De fato é legítima a reclamação, mas a cada dia estamos implantando melhorias no Caixa Tem e, agora, temos o conforto de dizer que estamos quase lá”, reconhece Cláudio Salituro, VP de Tecnologia da Caixa.

Apesar das melhorias, ainda existem críticas sobre a dificuldade de instalação da ferramenta em aparelhos mais antigos e a inexistência de especificação de requisitos mínimos para o uso da aplicação.

Sobre a reclamação, o banco informou em nota à Folha de S. Paulo que o app foi projetado para ser o mais leve do mercado financeiro, de forma a funcionar em qualquer modelo de smartphone. 

A Caixa divulgou na semana passada que intensificou o atendimento às pessoas que estão nas filas, com prestação de informações e geração de códigos para a realização de saques.

Para obter as correções, o usuário deve atualizar o app nas configurações do celular ou na loja de aplicativos do sistema Android ou iOS.

Os horários de maior acesso ao Caixa Tem são das 7h30 às 18h e das 20h às 21h30. Então, é recomendável tentar usar o aplicativo em outros momentos. 

Com informações da Folha de S. Paulo.

Continua após a Publicidade

3 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.