Nesta última semana foi realizada uma revisão no salário dos aposentados da área de saúde e tiver como comprovar a dupla formada, poderá ter sua aposentadoria com valor corrigido pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Esta nova revisão atinge todos os trabalhadores que mantiveram dois empregos comprovados em carteira assinada após julho de 1994 e tiveram sua aposentadoria registrada até o mesmo período do ano passado, de acordo com a Lei nº 13.846.

Continua após a publicidade


Desde que a nova lei foi autorizada, o INSS vem utilizando essa medida para realizar o cálculo dessas pessoas. Porém, se a sua aposentadoria não tiver sido corrida, será necessário entrar com um recurso auxiliado de um advogado especializado em direito previdenciário. 

Profissionais da saúde beneficiados pela aposentadoria

Mesmo que a medida esteja valendo para todos que se enquadrarem nos requisitos mencionados acima, os profissionais que estão tendo seus pedidos aceitos com maior facilidade, são os da área da saúde.

Profissões como dentistas, médicos, anestesistas, e enfermeiros lideram a lista de revisão de aposentadoria no órgão. 

Justiça favorecendo o trabalhador

Para os advogados especialistas da área, a justiça vem fazendo o papel de reconhecer profissionais da saúde e valorizando a contribuição social dessas pessoas ao final de sua jornada, aumentando o valor da sua aposentadoria.

Entretanto, segundo a advogada Daniela Castro, é necessário ter atenção com alguns critérios antes de solicitar a avaliação do aumento da aposentadoria. 

“Antes de entrar com a solicitação da revalidação do benefício, o segurado precisa ter uma noção do que é necessário para que não tenha problemas com o benefício atual. Apesar de incomum, isso pode acontecer e ser bastante complicado de reverter”, disse.