Aplicativos oficiais do auxílio emergencial: baixe os apps corretos e evite cair em golpes!

 

Desde o anúncio do auxílio emergencial, muitas são as formas de golpes arquitetadas em torno do assunto.

E com a divulgação das regras e dos aplicativos associados à ajuda do governo para boa parte da população, novos golpes estão surgindo.

Continua após a publicidade:

Diversos apps falsos estão levando pessoas a informarem dados pessoais importantes para possíveis criminosos.

Por isso, trouxemos uma lista dos aplicativos oficiais da Caixa Econômica Federal e do governo, para evitar que suas informações sigilosas caiam nas mãos de pessoas mal intencionadas.


Os 15 melhores apps para controle financeiro pessoal


Lista de aplicativos oficiais do Auxílio Emergencial

1. Aplicativo CAIXA Auxílio Emergencial

Esse app tem como função registrar os pedidos de auxílio emergencial, através de um passo a passo bem simples.

Continua após a publicidade

  1. Cadastro dos dados pessoais: nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe.
  2. Validar o número de celular: informe o número e a operadora.
  3. Composição familiar: número de membros da família.
  4. Onde receber: deve ser escolhida uma conta bancária (se o solicitante tiver) ou optar pela abertura automática de uma conta-poupança digital, exclusiva para movimentação do auxílio.
  5. Abertura da conta digital: esta conta é sem custos e pode ser aberta diretamente neste passo.
  6. Acompanhamento da situação: terminado os passos, é o momento de aguardar até que a solicitação seja analisada.

Para baixar o aplicativo auxílio emergencial da Caixa, basta clicar em um dos links (de acordo com o sistema operacional do seu smartphone): Android ou iOS.

Site oficial do auxílio emergencial

2. Aplicativo Cadastro Único

O app chamado “Meu CadÚnico” tem entre suas funcionalidades:

  • Emissão de comprovante de cadastramento;
  • Consulta ao número de integrantes de cada família, além de seus respectivos NIS;
  • Verificar pendências no cadastro;
  • Indicar locais de cadastramento no mapa, ou seja, mostra qual está mais próximo de você;
  • Informações sobre vários programas do governo para o desenvolvimento social.

Para baixar o app Meu CadÚnico, basta clicar em um dos links (de acordo com o sistema operacional do seu smartphone): Android ou iOS.

3. App Bolsa Família

O aplicativo do bolsa família serve, prioritariamente, para que os beneficiários deste programa do governo acompanhem o calendário de liberação dos valores mês a mês.

Vale ressaltar que não há cadastramento por esta ferramenta, apenas acompanhamento.

Para baixar o aplicativo do Bolsa Família, basta clicar em um dos links (de acordo com o sistema operacional do seu smartphone): Android ou iOS.

Continua após a publicidade

Outros aplicativos oficiais importantes

4. Aplicativo FGTS

Com este aplicativo, o usuário pode acessar o saldo de todas as suas contas, além de consultar o extrato de depósito das mesmas.

Informações como saque-aniversário e imediato também são disponibilizadas na ferramenta.

Para ficar por dentro de todas as novidades envolvendo o FGTS, baixe o app do FGTS na Play Store ou na Apple Store.

5. Aplicativo Caixa Trabalhador (PIS e Abono)

Informações como seguro-desemprego, abono salarias e PIS estão reunidas neste aplicativo.

Nele, é possível acessar o calendário de pagamentos e a situação de seus benefícios.

Para baixar o app Caixa Trabalhador, basta clicar em um dos links (de acordo com o sistema operacional do seu smartphone): Android ou iOS.

6. App Carteira de Trabalho Digital

Outro aplicativo bem útil, para não dizer necessário, é o da carteira de trabalho digital, já que a física foi aposentada.

Continua após a publicidade

Ou seja, para novas contratações ou qualquer situação que exija as informações da CTPS, a apresentação da carteira no app será suficiente.

De todo modo, as autoridades aconselham que a antiga carteira, chamada carinhosamente de “azulzinha”, seja guardada como um documento de comprovação das informações digitais e, para o caso de um possível erro no sistema, possa ser usada como meio de alteração dos dados.

Entretanto, tirando isso, a carteira física não tem mais tanta utilidade.

Para baixar seu aplicativo Carteira de trabalho digital, basta clicar em um dos links (de acordo com o sistema operacional do seu smartphone): Android ou iOS.

7. Aplicativo Meu INSS

Com funcionalidades como indicação da agência da previdência social mais próxima e agendamento para atendimento presencial, o app é mais uma forma de driblar parte da burocracia que envolve os serviços do governo.

Continua após a publicidade

Para baixar o aplicativo Meu INSS, basta clicar em um dos links (de acordo com o sistema operacional do seu smartphone): Android e iOS.

8. Aplicativo CPF

A Receita Federal do Brasil possui um aplicativo específico para consultas de CPF e emissão de segunda via do mesmo.

Com ele, é possível acessar informações do imposto de renda bem como restituições, dentre outros serviços.

Baixe para Android ou iOS.

Dicas para não baixar aplicativos falsos

No início do texto, citamos que o que nos motivou a fazer uma lista de aplicativos oficiais foi o aparecimento de vários apps falsos, criados logo após as notícias de que o cadastro e solicitação para o auxílio emergencial aconteceria também através de um aplicativo.

Continua após a publicidade

Uma dessas ferramentas falsas teve mais de 100 mil downloads em apenas um dia.

Imagine quantas das pessoas que baixaram-na forneceram uma quantidade significativa de dados antes de desconfiar que o aplicativo não era oficial, ou pior, não duvidaram em nenhum momento e forneceram várias informações importantes.

Então, para ajudá-los em situações futuras a identificar se um aplicativo é ou não seguro, separamos algumas dicas, veja a seguir:

1. Confira o nome do fabricante

Em geral, os aplicativos oficiais são da: Caixa Econômica Federal, Dataprev, Serpro ou Governo do Brasil.Print do aplicativo auxílio emergencial da Caixa no Google Play

2. Não clique em links suspeitos

Ou seja, aqueles recebidos via WhatsApp ou de portais não confiáveis.

Faça sempre uma busca rápida sobre o assunto (em sites confiáveis) e prefira baixar os aplicativos direto nos sites aos quais estão relacionados.

Continua após a publicidade

3. Não forneça dados pessoais por telefone, e-mail ou SMS

Esta é uma forma muito utilizada por golpistas para acessar informações.

No caso do auxílio emergencial, os dados devem ser fornecidos apenas pelo site ou aplicativo oficial.

Conclusão

Criminosos desenvolvem muitas maneiras de tirar vantagem das situações.

No entanto, com regras básicas de segurança na internet, é possível desarticular boa parte dos golpes.

Buscar sites e fontes oficiais é sempre a melhor saída para uma maior segurança na rede.

Dessa maneira, a orientação final é que você aplique nossas dicas e busque sempre pela confirmação de informações no iDinheiro!

P.s.: Gostou do artigo sobre os aplicativos oficiais do auxílio emergencial, Cadastro Único, Bolsa Família e outros?

Então, compartilhe com seus amigos, familiares e outras pessoas que possam estar interessadas.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas, deixe seu comentário.

Publicidade