Descubra quem são os 10 homens mais ricos do Brasil e como construíram suas fortunas!

Os homens mais ricos do Brasil têm histórias de vida inspiradoras. Quem deseja trilhar o caminho da riqueza não pode deixar de conhecê-las.

Ariane Lopes
Ariane Lopes

Descubra quem são os 10 homens mais ricos do Brasil e como construíram suas fortunas!

 

Se você tem curiosidade a respeito do nome e história dos homens mais ricos do Brasil, saiba que existem veículos de comunicação especializados em manter uma lista atualizada.

Continua após a publicidade

É o caso da Bloomberg e da Forbes.

A primeira tem o seu “Índice de Bilionários”, que nada mais é que uma lista das 500 pessoas mais ricas do mundo. Ela é atualizada em tempo real, tudo isso de acordo com as variações de mercado (já que elas podem alterar os valores das fortunas) e também com base em outras notícias, por exemplo: recebimento de herança, divisão de patrimônio por divórcio, entre outras.

Já a Forbes divulga em períodos mais espaçados uma lista com os 10 brasileiros mais ricos em todo o mundo.

Continua após a publicidade

Ambos os cálculos são diferentes, e neste artigo vamos mostrar a lista a partir das duas visões mescladas.

Da primeira posição até a de número 5, trabalharemos com a fonte da Bloomberg, que é atualizada com mais frequência. Em seguida, mostramos o levantamento da Forbes, apontando aqueles nomes que ficaram de fora da lista dos 500 mais ricos.

Até o mês de dezembro de 2020, quem ocupava o topo da lista era Joseph Safra. Ele faleceu no dia 10 do mesmo mês e, de acordo com fontes oficiais, o motivo teve relação com causas naturais.

Os 10 homens mais ricos do Brasil em 2020

1. Jorge Paulo Lemann
Foto de Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do Brasil

Fortuna Estimada: US$ 24,3 bilhões

Idade: 80 anos

Empresa: 3G Capital

Com uma fortuna estimada em US$ 14,9 bilhões. Jorge Paulo Lemann é o homem mais rico do Brasil.

Nascido no Rio de Janeiro, em 1939, Jorge Paulo Lemann sempre se destacou por onde passava, fosse no esporte (pois foi tenista profissional, ganhando alguns prêmios) ou no mundo corporativo.

Continua após a publicidade

Após se formar em uma das melhores escolas do Rio, Lemann foi aceito em Harvard para cursar economia.

Formou-se em apenas 2 anos e decidiu cultivar novas experiências no exterior, a fim de voltar para o Brasil com a bagagem certa para se destacar no setor financeiro.

De volta ao Brasil, trabalhou em algumas empresas, sempre mostrando um diferencial, fato que o fez ganhar certa participação em seu último emprego e vendê-la por uma quantia considerável de US$ 200 mil.

A compra da Corretora Garantia

Com este dinheiro e com capital de mais alguns investidores, Jorge comprou uma corretora de valores chamada Garantia em 1971.

Continua após a publicidade

Dois outros nomes dessa lista, entraram na vida de Lemann nesta época e acabaram se tornando sócios do negócio e crescendo com ele, são eles: Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira.

Em 1983, o Garantia adquiriu as Lojas Americanas, tornando-se o primeiro banco a adquirir uma empresa de outro setor para atuar diretamente em sua gestão.

Já em 1989, a segunda grande aquisição foi a cervejaria Brahma, que na época não foi bem vista pelos outros acionistas do Garantia, já que a empresa tava quebrada.

No entanto, essa seria a grande jogada da vida de Lemann, pois anos depois de uma história marcante como um grande banco, o Garantia seria vendido e o legado de Jorge estaria nas mãos da ABInBev, a junção de: Brahma, Antártica, Interbrew e Anheuser Busch.

Continua após a publicidade

Essa fusão transformou a ABInBev na maior cervejaria do mundo. E Paulo Lemann em uma referência no Brasil e no exterior.

Juntamente com outros 3 sócios, ele fundou a 3G Capital que administra um grande conjunto de marcas importantes.

Ao longo do texto, falaremos mais dela.

2. Jorge Moll

jorge-moll

Fortuna Estimada: US$ 14,9 bilhões

Idade: 74 anos

Empresa: Rede D’Or São Luiz

Jorge Neval Moll Filho é um médico e empresário. Ele começou sua carreira enquanto cardiologista, além de administrar um grupo de clínicas de diagnóstico de imagem e hospitais.

Sua parte foi vendida em 2010 para o grupo Fleury por R$ 1,19 bilhão. O dinheiro foi usado para comprar hospitais em grandes cidades brasileiras como Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Recife.

Continua após a publicidade

Em dezembro de 2020, a rede D’Or São Luiz se tornou uma companhia de capital aberto e está listada na B3. Moll e sua família são os acionistas majoritários.

3. Eduardo Saverin

Bilionário Eduardo saverin

Fortuna Estimada: US$ 14,9 bilhões

Idade: 38 anos

Empresa: Facebook

Co-fundador do Facebook, Saverin acumula uma fortuna de US$ 14,9 bilhões.

Boa parte desse valor é oriundo de uma ação judicial movida contra Mark Zuckerberg, da qual saiu vitorioso e garantiu uma parcela significativa de ações da empresa.

Atualmente, Eduardo mora em Singapura, onde trabalha como investidor e até financia alguns projetos de startups.

4. Marcel Herrmann Telles

Bilionário Marcel Herrmann Telles

Fortuna Estimada: US$ 11,6 bilhões

Idade: 70 anos

Empresa: 3G Capital

O economista Marcel Herrmann Telles, formado pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), é o quarto homem mais rico do Brasil, com patrimônio de US$ 11,6 bilhões.

Continua após a publicidade

O início de sua vida profissional foi no Banco Garantia, já mencionado aqui na história de Jorge Paulo Lemann.

Ele cresceu rápido e ganhou notoriedade dentro da empresa, o que o proporcionou a tarefa de reerguer a cervejaria Brahma.

Aos comandos de Marcel, a empresa não só saiu de um buraco de dívidas gigantescas, como auferiu lucros nunca antes alcançados, derrubando sua principal concorrente à época: Antártica.

Juntamente com seus sócios: Jorge Paulo Leamman e Carlos Alberto Sicupira, criou o fundo de private equality 3G Capital responsável pelo controle de marcas como Burguer King, ABInBev, Kraft Heinz e Tim Hortons (rede de cafeterias).

Continua após a publicidade

5. Carlos Alberto Sicupira
bilionário carlos alberto sicupira

Fortuna Estimada: US$ 10,2 bilhões

Idade: 71 anos

Empresa: 3G Capital

Com uma fortuna estimada em US$ 10,2 bilhões, o último do trio de sócios da 3G Capital também é carioca e formado pela UFRJ.

Contudo, cursou administração de empresas, diferentemente de Telles e Lemman que são economistas.

Assim como Marcel, começou sua carreira na corretora Garantia, a qual ambos ajudaram a ser elevada ao patamar de banco de investimentos.

Sicupira foi o responsável pela reestruturação das Lojas Americanas, transformando totalmente sua cultura organizacional e posicionando a varejista como uma gigante de mercado inspirada no Walmart.

O sucesso dessa tríade tem diversos fatores, mas o mais gritante é a vontade de aprender, pois quando começaram a expandir os horizontes e adquirir empresas de fora de seu ramo de atuação, a postura tomada foi viajar o mundo conversando e aprendendo com quem tinha expertise na área.

Continua após a publicidade

Se eles tivessem se contentado em atuar no mercado financeiro e na zona de conforto em que se encontravam, hoje não seriam bilionários, pois o Banco Garantia por si só não seria capaz de proporcionar tal feito.

6. Alexandre Behring

bilionário alexandre behring

Fortuna Estimada: US$ 6,9 bilhões

Idade: 53 anos

Empresa: 3G Capital

Alexandre Behring e os nomes listados posteriormente não estão entre os 500 bilionários listados no ranking da Bloomberg, entretanto são considerados como os homens mais ricos do mundo.

Para não sermos injustos, pois o levantamento da Forbes é feito com base em um período de tempo fixo, decidimos incluir os próximos nomes neste ranking, de acordo com os dados disponíveis para o público.

Segundo a Forbes, o patrimônio de Alexandre é de US$ 6,9 bilhões, oriundos de sua atividade como sócio na 3G Capital ao lado de Lemann, Telles e Sicupira.

Continua após a publicidade

Assim como seus outros sócios, Behring é carioca.

Ele é formado pela PUC-RJ em Engenharia Elétrica e fez MBA pela Harvard Business School, EUA.

Durante sua brilhante carreira profissional, se aproximou de seu mentor: Lemann, até chegar a ser seu sócio na 3G Capital.

Dentro da empresa, Alexandre é responsável pelo setor de “Restaurant Brands International”, que gere as redes de fast-food Burguer King e Tim Hortons.

Além desta atribuição, Behring também é presidente da Kraft Heinz desde 2015.

7. Pedro Moreira Salles

bilionário pedro moreira salles

Fortuna Estimada: US$ 5,01 bilhões

Idade: 61 anos

Empresa: Itaú Unibanco e Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM).

Pedro Moreira Salles possui um patrimônio total estimado em US$ 5,01bilhões. 

Nascido em Washington, Estados Unidos, mas filho de pais brasileiros, Salles possui dupla nacionalidade.

Seu pai Walter Moreira Salles foi o fundador do Unibanco, que fundiu-se com o Itaú, formando a maior holding financeira do brasil.

Continua após a publicidade

Formado em economia pela Universidade da Califórnia, Pedro Salles preside o conselho administrativo do Itaú Unibanco e o conselho diretor da Federação Brasileira de Bancos.

8. André Esteves

andre-esteves

Fortuna Estimada: US$ 4,7 bilhões

Idade: 52 anos

Empresa: BTG Pactual

André Santos Esteves é um empresário, filantropo, membro do conselho da Conservação Internacional e sênior Partner do BTG Pactual. 

Ele nasceu no Rio de Janeiro e se formou em Ciência da Computação e Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Começou a trabalhar no Banco Pactual em 1989, no cargo de Analista de Sistemas. Depois de quatro anos, se tornou sócio.

Continua após a publicidade

Sua primeira “aparição” na lista de bilionários brasileiros aconteceu em 2005, quando ele tinha 37 anos. Logo depois, o Pactual foi comprado pelo UBS, um banco suíço, transformando a empresa brasileira na principal divisão da América Latina.

Em 2008, o empresário deixou o UBS Pactual e criou o BTG Investments, focada no ramo de investimentos.

Um ano depois, em 2009, houve a compra da UBS Pactual pelo BTG, criando o conhecido BTG Pactual.

Durante a carreira na empresa, foi responsável pela gestão geral, ocupando também cargos de conselho em empresas como Banco Pan e BM&FBovespa.

Continua após a publicidade

9. Ilson Mateus

ilson-mateus

Fortuna Estimada: U$ 3.8 bilhões

Idade: 57

Empresa: Grupo Mateus

Ilson Mateus é maranhense e começou a trabalhar ainda adolescente, como garimpeiro no estado do Pará. Em 1986, abriu uma mercearia na cidade de Balsas, no Maranhão. A cachaça era o principal produto vendido.

O negócio começou a se expandir na medida em que o empresário trazia itens vindos de cidades maiores para a região. Com o crescimento, a mercearia se transformou em um supermercado.

Hoje em dia, são 137 lojas físicas que estão em mais de 50 cidades principalmente na região norte do Brasil.

Mateus é o presidente e maior acionista da companhia. Em 2019, o faturamento fio de R$ 29,9 bilhões e o lucro de R$ 388 bilhões.

Continua após a publicidade

10. Luciano Hang

luciano-hang

Fortuna Estimada: U$ 3.4 bilhões

Idade: 58

Empresa: Havan

Luciano Hang é co-fundador e proprietário da Havan, rede de loja de departamentos do Brasil.

Ele é filho de operários da indústria têxtil e nasceu na cidade de Brusque, em Santa Catarina. Sua formação foi de tecnólogo em Processamento de Dados.

Aos 17 anos, começou a trabalhar na fábrica de tecidos em que os pais trabalhavam. Aos 21 anos, comprou uma empresa, a Tecelagem Santa Cruz.

Quase nos anos 90, em 1986, Hang percebeu que sua cidade cresceu muito devido ao turismo de compras relacionado com a indústria têxtil. Por isso, abriu uma pequena loja de tecidos, que com o tempo se transformou na Havan.

Continua após a publicidade

Conclusão

Uma das formas mais efetivas de aprender a trilhar o caminho da riqueza é aprender com quem já o fez e chegou ao topo.

As histórias mostradas neste texto são de empreendedores que galgaram degrau por degrau seu sucesso e hoje estão entre os 10 homens mais ricos do Brasil.

Se você se interessa em empreender e quer chegar longe, faça um planejamento financeiro, controle seus gastos e separe um valor para começar a investir nos seus sonhos.

O que achou do artigo sobre os homens mais ricos do Brasil? Quer ter acesso a mais conteúdos sobre mentalidade, riqueza e outros temas relacionados ao universo do dinheiro? Então, não deixe de assinar nossa newsletter!

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.